Rebocando dentro dos limites legais e técnicos

Que peso meu carro pode rebocar?

Essa é uma pergunta recorrente. Todos que pensam em adquirir um trailer ou mesmo uma carretinha, se perguntam se seu carro pode puxar esse peso e se está dentro da lei. Nos Manuais de Usuário de cada veículo deveria constar, obrigatoriamente, o valor em quilos que tem capacidade para rebocar. Mas isso não ocorre.

Que peso meu carro pode rebocar? 1

Se não aparece no manual, deveria aparecer na coluna da porta, cravado na plaqueta que fica ali fixada. Pode também não aparecer por lá. Mas enfim, onde eu encontro essa informação? A resposta é: Com o fabricante!!

Rebocar implica expor o chassi, os eixos, suspensão, embreagem, caixa de marchas e motor a um esforço que precisa ter sido considerado na fase de projeto. Até mesmo a garantia ou o seguro de seu carro pode não ser pago caso você esteja realizando uma tarefa não prevista tecnicamente e se envolver num sinistro.

Mas como eu fico sabendo o peso que posso rebocar?
Antes vamos entender a sopa de letrinhas.

Que peso meu carro pode rebocar? 2

No CRLV de seu veículo deve constar o valor do PBT (Peso Bruto Total), que é a soma do peso do carro mais o peso que pode ser carregado em sua caçamba ou interior. Vamos tomar como exemplo a nossa Nissan Frontier 2.8 4×4 CD.

CRLV-FRONTIER-Modelo

Percebeu que o PBT não aparece, mas ao menos é informada a capacidade de carga total que você pode carregar, seja na forma de passageiros ou material depositado na caçamba. Sabendo que o peso de sua Frontier é de 1900 quilos, o PBT dela é então de 2.900 quilos.

Mas quanto minha Frontier pode rebocar, puxar?

Vamos então consultar outro documento, que apareceu dias atrás, com o lançamento do aplicativo Carteira Digital pelo SERPRO. Nele, ao se cadastrar, você passa a ter acesso a sua CNH na versão digital, e ao cadastrar os veículos de sua propriedade, você também tem acesso ao CRLV digital. É nele que aparece, além do PBT, o famoso CMT. Veja na imagem abaixo o CRLV digital de nossa Frontier.

CRLV-Digital-Frontier

Apareceu finalmente o famoso CMT que quase ninguém acha. Mas esse valor de 4.400 quilos precisa ser subtraído dos 2.900 quilos de PBT. O resultado é de 1.500 quilos. Esse, então, é o peso que você pode rebocar com seu veículo. Aí você pergunta.

Se eu ainda tenho 1.000 quilos de capacidade de carga, e deles só estou usando 500 quilos (eu, minha esposa e minhas malas), não posso adicionar ao peso de reboque?

Não. São valores independentes. Muito embora sua colocação faça muito sentido, o peso a ser rebocado atende a parâmetros técnicos ligados a chassi, embreagem, suspensão e etc… que impedem que você realize essa transferência de peso entre as tarefas de levar carga sobre o chassi traseiro e puxar uma carga.
E o mais importante, o policial vai respeitar os valores na interpretação fria da lei. Você até pode argumentar, mas aí o resultado final pode resultar na apreensão do trailer, até que você chame um amigo que tenha um rebocador dentro dos limites previstos. Isso sem falar que constitui uma infração grave além de multa.

Portanto,. olhe também no CRLV de seu trailer, se o PBT dele é compatível com aquele que você pensa em rebocar. Mas aí vem a surpresa, pelo menos para aqueles que ainda rodam com trailers antigos. Essa informação não está disponível tanto no CRLV digital quanto no tradicional de papel. Veja abaixo:

CRLV Digital-KC380

Vamos analisar as informações?

  1. Capacidade de 350 quilos de carga somente, mas isso é algo muito difícil de ser checado, já que não há exigência de pesagem em balança para trailers.
  2. Lotação 2 pessoas. Um KC 380 foi desenhado para 4 pessoas
  3. PBT não é informado, mas é de conhecimento geral que um KC380 pesa em torno de 1000 quilos, com caixa d´água vazia
  4. CMT é nenhum, já que não vai puxar nada

Se o PBT não está declarado no CRLV do trailer, como o policial vai poder calcular se o conjunto está dentro dos limites previstos?

Não vai. Contudo, verifique na plaqueta fixada na lança se lá não está declarado o PBT. Já vi alguns dos antigos trazendo essa informação. No CRLV dos mais novos essa informação está presente.

Portanto, meu conjunto Frontier (2900 quilos) + KC380 (1000 quilos) está dentro dos limites operacionais (4.400 quilos) permitidos pelo fabricante do veículo rebocador, o que indica que não devo ter problemas. Pelo menos não tive até hoje.

E o seu conjunto? Já fez essas contas?

Vai rebocar? Aproveite e veja algumas técnicas interessantes.

6 Comments

  1. Mauro Sérgio de Mello agosto 4, 2020
    • carlos agosto 5, 2020
  2. Antonio Girard agosto 6, 2020
    • carlos agosto 6, 2020
  3. Igor setembro 10, 2020
    • carlos setembro 11, 2020

Deixe um comentário