Mostrando postagens com marcador Uruguai. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Uruguai. Mostrar todas as postagens

Sul do Brasil e Uruguai – finalizamos os filmes

junho/2016 – Ufa!!! Finalizamos os últimos filmes de nossa viagem de final de ano ao sul do Brasil e ao Uruguai.

Foram mais de 9200kms de estrada, mais de 21 cidades, mais de 18 campings visitados e uma infinidade de atrativos turísticos, praias, cachoeiras, … Espero que gostem

O planejamento da próxima grande viagem (Chile e Peru) está em andamento. Filmes: Sul do Brasil e Uruguai de Norte a Sul

Parque Nacional de Santa Teresa- Uruguai

pq-sta-teresa-uruguai-logo

fevereiro/2016Fortaleza, Parque, Camping. Um complexo de lazer, registros históricos e atrativos naturais muito apreciado por uruguaios e turistas.

São mais de 3000 hectares, com grandes áreas para acampamento e picnic, trilhas, mercados, restaurantes, posto médico, cabanas para locação e quatro belas praias. Aberto diariamente das 8 às 20h, com entrada gratuita.

O parque fica ao lado do balneário de Punta Del Diablo, por onde passamos rapidamente, vindos de La Pedrera.

O parque é administrado pelas forças armadas uruguaias. Extremamente educados, recebem os turistas com todas as informações necessárias. Veja mais… […]

passando-por-punta-del-diablo-1passando-por-punta-del-diablo-2

camping-punta-del-diablo

No caminho, entramos para circular por Punta Del Diablo. O lugarejo tem a beleza esperada pelo turista. Fizemos um passeio rápido pela sua orla típica de um povoado de pescadores. Contudo, ferve na alta temporada com a forte afluência de turistas e sua agitada vida noturna.

Conta com um camping bem estruturado, mas um pouco distante da orla (3km). Retornamos para a Ruta 9, sentido Parque Santa Teresa, nosso último e principal objetivo desta passagem pelo Uruguai.

chegando-paque-santa-teresa-uruguai

Circulamos bastante (estava muito cheio) para encontrar um local adequado e estacionar nossa Camper. Quando encontrávamos uma vaga, ou não era plana, ou não tinha energia. E quando tinha, já estava sobrecarregada. Tipo aquelas gambiarras que nos assustam. A corrente (220v) é bem instável e fraca. Ficamos com nossa bateria, livres das confusões da vizinhança.

mapa-santa-teresa

Quando, finalmente, definimos nosso canto, concluímos que estávamos no meio do caos. O que em tese era uma vaga azul, com direito à luz, mais parecia uma passagem. A desorganização no uso do espaço é crítica. Abstraímos, antes que a nossa vontade de seguir viagem fosse maior.

estacionados-camping-santa-teresavaga-a-58

Não há saída para águas servidas mas, mesmo assim, o descarte é feito sem critérios, num piso com pouca drenagem, criando línguas de água sem destino, que atravessam o espaço dos demais.

Banheiros. Mais uma vez tivemos contato com coisas deste tipo. Imagine uma pessoa com problemas de articulação, tendo que acocorar-se, em equilíbrio e ainda assim, concentrar-se no seu objetivo principal de estar ali??? Triste!!

banheiro-2banheiro-1predio-banheiro

Os chuveiros são abertos, com divisão lateral, para evitar que a água do vizinho respingue no seu corpo, já nos pés? Os prédios com as unidades femininas e masculinas estão sempre guardadas por um funcionário militar. Existem outros prédios, mais modernos, onde aparecem os vasos tradicionais, mas a tampa do vaso continua sendo um item desconhecido no país.

tarifas-camping-santa-teresa-uruguai

A diária para por pessoa, com energia foi de R$ 29,00 (reais) e sem energia R$ 23,00 (reais), mais R$1,00 (real) de imposto. Não houve a exigência de 3 noites mínimas. Valores de fevereiro/2016.

Como você não sabe que tipo de vaga vai conseguir, pode entrar, estabelecer seu acampamento, e depois então, pagar o valor devido num dos postos dentro do parque.

area-de-camping-1area-de-camping-2

area-de-camping-3area-de-camping-4

area-de-camping-5

Colocamos as bikes no chão, e saímos para pedalar pelo parque, em busca dos atrativos naturais. As praias Grande, Del Barco, Achiras e La Moza.

punta-de-la-mozaplaya-de-la-moza

playa-de-la-moza-2

playa-achiras

mirador-de-ballenas

Dois mirantes (mirador de ballenas) são muito disputados nos meses de agosto, setembro e outubro, quando as baleias Franca aparecem pela costa, em seu período de reprodução e amamentação.

A Fortaleza de Santa Teresa é considerada o cartão postal do parque. Uma construção imponente (iniciada e, 1762 pelos portugueses), em forma pentagonal (cinco pontas), que só pode ser melhor entendida pela vista aérea. Antes mesmo de ser concluída, já havia sido tomada pelos espanhóis (1763).

fortaleza-santa-teresa-vista-aereafortaleza-de-Santa-Teresa-interior

forte_sta_teresa_interior-2

Os amplos espaços garantem boas pedaladas.

paque-santa-teresa-pedaladas

jardim-botanico-parque-santa-teresa-fonte-mochila-brasil-uol

Você ainda pode ver (nós não fomos) o Invernáculo, o Rosedal e o Sombráculo, no Jardim Botânico mantido desde 1939.

Lá são cultivadas espécies de plantas de todos os continentes. Só no Rosedal estão presentes, algo em torno de 300 espécies de rosas.

A noite foi tranquila, sem barulhos desnecessários. As áreas sociais, onde ocorrem as festas, ficam bem distantes das áreas de camping. Entretanto, o que nos acompanhou durante toda a passagem pelo Uruguai e aqui não seria diferente, foi a incômoda fumaça de lenha queimando, para os indispensáveis churrascos de fim de dia dos uruguaios. Sempre feitos em churrasqueiras quase ao nível do chão e no meio de todos. Nessas horas, desligue o climatizador.

Tentamos pagar nossa presença, mas em duas tentativas, o funcionário não estava em seu posto. Levantamos acampamento logo cedo. Ao tentar pagar no check-out do posto de saída, fomos liberados das tarifas. O Parque não aceita animais. Nosso Fredy entrou e saiu clandestinamente. Vantagens do gato, que fica muito bem em espaços pequenos. Melhor ainda, se está na companhia de seus donos, com conforto, água, comida e cama.

Para conhecer as coordenadas de todos os atrativos que visitamos em Punta del Diablo e Parque Santa Teresa, baixe este arquivo.kmz, e abra no Google Earth.

saindo-por-barra-del-chuy

Estamos deixando o Uruguai por Barra do Chuí/UR, Chuí/RS. Não deixe de parar e dar baixa de sua entrada como turista. É fácil sair e esquecer esta formalidade. Caso isso aconteça, vai deixar sua passagem pelo país aberta, produzindo multas que serão cobradas quando você retornar. Paramos mais uma vez nos FreeShops. Com o dólar em alta, só adquirimos vinhos e alfajores.

Nosso próximo destino é a Reserva do Taim e Tapes/RS.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

O que vimos e o que fizemos em Cabo Polônio - Uruguai
Camping PP entre La Paloma e La Pedrera - Uruguai
Sul do Brasil e Uruguai – Resumo da Viagem

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

O que vimos e o que fizemos em Cabo Polônio - Uruguai

cabo-polonio-simbolo-lobo-marinho

fevereiro/2016 – O lobo marinho é o símbolo maior de Cabo Polônio no Uruguai. Para visitar este pequeno povoado na costa atlântica do Uruguai, estabelecemos nosso acampamento no Camping PP, situado entre as lindas La Paloma e La Pedrera. Para ver mais detalhes do camping, veja o post específico que fizemos clicando aqui.

La Pedrera é um balneário muito agradável. Seu nome deve-se à formação rochosa junto ao mar. Existem duas praias que formam o balneário. El Desplayado e El Barco. Veja mais… […]

la-pedrera-rochas-junto-mar

la-pedrera-rochas-junto-mar-3

la-pedrera-rochas-acesso-a-praia

Caminhando para a esquerda, chega-se à praia de nome El Desplayado, onde já não há mais pedras e o acesso ao mar frio e transparente é bem tranquilo.

Bastante frequentada, conta com um quiosque bem estruturado, onde se pode saborear bons petiscos, sanduíches, frutos do mar, massas, pizzas, drinks e cerveja bem gelada. É chamado de Mixx Tail ou Parador do Jefe. Nossa escolha foi o Ceviche de Salmão e uma cerveja Patrícia bem gelada.

la-pedrera-parador-do-jefela-pedrera-parador-do-jefe-2

Nos meses de agosto, setembro e outubro, é comum se ver as baleias Franca na costa. É o período de reprodução e amamentação desta espécie, que já foi a mais caçada da história.

separador

jardineira-para-cabo-polonio

No dia seguinte a nossa chegada, fomos conhecer Cabo Polônio, distante 40 kms do camping pela ruta 10. Hoje não se pode chegar com veículo próprio ao vilarejo. Por conta de muitos atolamentos na areia, que provocavam muitas interrupções do tráfego, foi criado um terminal para receber os turistas. O transporte pelos 7 kms que ligam o terminal ao vilarejo é feito por veículos especiais (jardineiras com tração integral), através das dunas que cercam e protegem o lugar, ao custo de $200,00 (pesos), em torno de R$25,00 (reais) ida e volta. Os horários são de ida-7:00 às 22:30 com intervalos de 30 minutos e volta-8:00 às 20:00 com intervalos de 1 hora.

cabo-polonio-vilarejo

O lugar conta com várias opções de hospedagem, desde hostels, até casas bem equipadas com vista para as belas praias. Não é permitida a instalação de campings. Assim que chegamos seguimos diretamente para visitar o farol do cabo e de lá ter a visão privilegiada de toda a região. Eis que, em alta temporada, os militares que mantém o lugar, resolveram fechar o acesso para realizar manutenção eletiva (não preventiva) no piso da sala de entrada. Só pode ser mesmo coisa de militar, que não enxerga além de suas fronteiras ou fileiras. Nada contra a manutenção, mas bom senso e respeito aos turistas que contribuem significativamente e vieram de longe, é item e requisito obrigatório.

farol-cabo-poloniofarol-cabo-polonio-fechado

farol-cabo-polonio-fechado-1

Seguimos então para ver os principais habitantes do lugar. Os leões marinhos, que hoje vivem, se alimentam e reproduzem seguros nas pedras e ilhas que formam o cabo. Num passado (até 1991), não muito distante, foram quase dizimados. Transformado em Parque Nacional, o lugar abriga hoje mais de 300 mil exemplares da espécie.

cabo-polonio-colonia-de-lobos-marinhoscabo-polonio-loberia

cabo-polonio-colonia-de-lobos-marinhos-6cabo-polonio-colonia-de-lobos-marinhos-3

cabo-polonia-vista-da-vila

A população fixa é limitada. Hoje moram lá, em torno de 40 famílias, que vivem da pesca e do turismo. Os moradores montaram escolas de surf para entreter os turistas, já que sua praia apresenta condições ideais para a sua prática. Depois de conviver bastante com os leões marinhos, donos do lugar, fomos aproveitar a praia.  


Outra boa atividade para se fazer é contratar o passeio de barco para conhecer as ilhas Las Torres (La Encantada, La Rosa e El Islote), para mais observação dos leões marinhos. À noite, os bares fazem fogueiras e transformam o lugar. Melhor ainda se a noite for de lua cheia. Não ficamos para pernoitar no vilarejo, já que Fredy estava nos esperando (dormindo) dentro da Camper, no estacionamento ($150,00 pesos de 1 a 6 h; $180,00 pesos de 6 a 12h e a diária de 24 h sai por $220,00 pesos).

Procurando onde ficar em Cabo Polônio? Aproveite a caixa de pesquisa do Booking abaixo e encontre o que procura.

Booking.com

Sugerimos o ótimo artigo da amiga Camila Lisboa, editora do blog de viagens O Melhor Mês do Ano. Ela dá as dicas para as 6 coisas que você pode fazer em Cabo Polonio.

separador

Para conhecer as coordenadas de todos os atrativos que visitamos em La Pedrera e Cabo Polônio, baixe este arquivo.kmz, e abra no Google Earth.

Estamos virando a proa para Punta Del Diablo e o Parque Nacional Santa Tereza.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Camping PP entre La Paloma e La Pedrera - Uruguai
O que vimos e o que fizemos em Punta Del Este - Uruguai
Sul do Brasil e Uruguai – Resumo da Viagem

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.