Mostrando postagens com marcador Cuidado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cuidado. Mostrar todas as postagens

Bateria Estacionária, Vida útil x Profundidade da Descarga x Temperatura

fevereiro/2019 – uma das perguntas mais frequentes, que também podem ser traduzidas em reclamações, é a que discute a vida útil de uma bateria estacionária, quando em uso num trailer ou num motorhome.
São muitos os fatores que determinam esse tempo mas, os mais determinantes, são a Profundidade da Descarga e a Temperatura de Operação.
O que isso quer dizer, exatamente? Veja mais… >>>

Pneu, data de fabricação e validade. Preste atenção antes de comprar

data-fab-pneudezembro/2018 – sempre que compramos um jogo de pneus, quase sempre não prestamos atenção à sua data de fabricação. Pelo menos comigo ERA assim.
Recentemente tive problemas com 2 pneus Goodyear, que com 3 anos e pouco de uso se deformaram completamente. Quando fui correr atrás do fabricante, descobri que tinham mais de 5 anos de fabricação, portanto, sem garantia. Veja como verificar a data de fabricação de seu pneu e não caia nessa. >>>

Vida Ácida ou Vida Alcalina? Qual seu estilo?

escala-ph

janeiro/2017 – para decidir em qual estilo de consumo de alimentos você está enquadrado, precisamos antes entender o que significa ACIDEZ e ALCALINIDADE.
O PH (potencial hidrogeniônico) de nosso sangue deve estar sempre em torno de 7,3 e 7,4, levemente alcalino se olharmos o gráfico à esquerda.
Nosso corpo atua para buscar essa medida ideal, mas nem sempre consegue vencer essa batalha diária, imposta pelo que ingerimos, pelo meio em que vivemos e pelo ritmo de vida que nos é imposto. Veja mais… >>>

O mito do conjunto carro+reboque

Rebocar um trailer, considerando todas as variáveis matemáticas, de potência, de peso, aerodinâmicas, … pode assustar um possível candidato ao campismo ou caravanismo.

Quando decidimos (final de 2012) adquirir um trailer para rodar por aí, ouvimos muitas advertências e alertas das mais variadas formas e intensidades. Uma das mais frequentes tinha relação com o carro que faria o papel de trator do conjunto.

Os ditos experientes e entendidos nos orientavam a não ingressar nesta aventura sem um carro a Diesel, com no mínimo 2.8 litros, se quiséssemos puxar um trailer de 1 tonelada sem problemas. Essa limitação não parece verdadeira, se olharmos um pouco para o passado recente… Veja mais… >>>

Motoqueiros - despreparados e à margem da lei

motoqueiro

outubro/2018 – uma das pragas do mundo moderno veio para transformar o já difícil trânsito das cidades, num inferno de proporções impensáveis.
A forma como a legislação deu asas e permitiu o avanço descontrolado dessa categoria de habilitação transformou o convívio entre as partes (veículos, pedestres e motos) num típico faroeste urbano.
Em nome da rapidez de resultados, a flexibilidade e dinâmica de manobra da motocicleta vem sendo usada criminosamente, seja contra todos ou contra si próprio. Deixamos bem claro, que há sim, uma grande distinção entre motociclista (motorista sobre 2 rodas) e motoqueiro (despreparado, inconsequente ou mesmo suicida, com uma arma sobre rodas). Veja mais… >>>

Pêndulo – Causa e Efeito

IMG_0825 outubro/2018 - O temido “efeito pêndulo”, responsável por muitos acidentes, alguns fatais, existe, deve ser sempre considerado e levado muito, muito a sério. São inúmeros os fatores que contribuem para aumentar as chances de enfrentar essa emergência. O conjunto carro-trailer perfeitamente combinado não existe, no meu ponto de vista. Os quesitos a considerar são muitos e alguns de difícil determinação.

Muito li sobre o assunto e ouvi muitas conversas, incluindo algumas experiências reais. Minha conclusão pessoal é:  >>>

Motor-Casa desobrigado de pesagem nas balanças das rodovias

pesagem_de_caminhoessetembro/2018 – desde março de 2013, através da portaria DENATRAN 85/2013, os motor-casas (motorhomes) não são mais obrigados a parar para pesagem nas balanças em nossas rodovias.
Ocorre que alguns policiais mal informados criam problemas na interpretação da Portaria. A melhor forma de contornar esse desconforto é ter as duas portarias à mão (a 870/2010 e a 85/2013). Veja mais… >>>

Whatsapp e Google, usando sua localização e linha do tempo

localizacao-Whatsapp-e-Google--agosto/2018 – muita gente vem me perguntando como utilizamos as ferramentas de localização, tanto do WhatsApp quanto do Google, para registrar nossos deslocamentos e para manter alguém da família informado de nossos movimentos pelas estradas.
Para ilustrar melhor, optamos por fazer um pequeno filme utilizando esses recursos. Esperamos que seja útil. Qualquer outra dúvida mais específica, estamos à disposição, como sempre.

Bebeu? APP ajuda a saber quando você pode voltar a dirigir

app-motorista-consciente--agosto/2018 - Um dos maiores medos dos condutores é se deparar com uma blitz da Lei Seca, e isso não acontece apenas com quem é imprudente e sai dirigindo após beber. Em alguns casos, os condutores ingeriram pequenas quantidades de bebidas alcóolicas, esperaram um tempo razoável, mas, ainda assim, sentem medo de passar pela blitz.
Mas como saber se o que você ingeriu já foi metabolizado pelo seu organismo?
O app Motorista Consciente está disponível na PlayStore e na AppleStore. Ele ajuda você a calcular o tempo que deve esperar, antes de voltar a dirigir, após ter ingerido algum tipo de bebida alcoólica. Veja mais… >>>

Psoríase - há solução

solucao-cura

setembro 2018 – venho recebendo muitas perguntas relacionadas ao tempo decorrente das últimas fotos (outubro/2017). Como estão minhas lesões e se ainda mantenho o uso diário da Naltrexona?

Sim. Como a Psoríase é uma doença auto-imune, ela não tem cura, mas tem controle. E esse controle é feito diariamente. Mantenho a mesma dosagem desde o início do tratamento (4,5mg). Minhas mãos e pés estão completamente limpos.

Outra pergunta que muito aparece é sobre eventuais recaídas, no decorrer de todos estes anos de tratamento. Posso dizer que por 4 vezes percebi um ressecamento no joelho esquerdo e um pequeno ponto na palma da mão esquerda. Pude relacionar com eventos que mexeram muito com meu emocional, mas que foram debelados com a continuidade do uso da Naltrexona e da natural superação dos problemas. Afinal a vida é assim.

Nosso emocional é parte fundamental no sucesso do tratamento. Muitos colegas que adotaram a Naltrexona enfrentaram na ANSIEDADE por resultados, uma demora no controle. Portanto amigos, continuo defendendo e usando a Naltrexona, dentro da terapia LDN (bem explicada abaixo).

E, como sempre, estou à disposição para discutir e trocar informações com todos, Podem usar o formulário de comentários ao fim do artigo, ou escrever diretamente para mim pelo e-mail carlos.roberto.paiva@globo.com ou pelo Whatsapp +55 21 99770-6446. Veja mais… >>>

8 dicas de saúde que você devia se preocupar durante sua viagem

imageNem todas as pessoas sabem quais são os verdadeiros cuidados necessários com a saúde durante sua viagem.
Se você está planejando uma viagem e quer saber algumas dicas sobre o assunto, fique conosco e descubra! Veja mais>>>

Four Point Sway Control, segurança para rebocar

equalizerfevereiro/2018 – esse equipamento que pode ser instalado em conjunto com a lança do trailer e fixado no engate, promete corrigir o balanço vertical durante o deslocamento. Aumenta substancialmente a segurança do conjunto.
As barras horizontais tem a função de devolver para o trailer e para a o eixo dianteiro do veículo o peso exercido sobre o engate.
O trailer e o veículo passam a se comportar como se fossem um só eliminando boa parte do balanço. Veja mais… >>>

Cães de caravanistas envenenados em camping de Silves, Portugal

Cachorro-primeiro-socorros

janeiro/2018 – notícias assim nos deixam muito tristes e desanimados. A maldade está onde menos se espera. Precisamos estar atentos, alertas.
A presença de nossos queridos amigos de quatro patas, convivendo e dividindo o lazer do campismo ou caravanismo, completa e alegra a vida.
Esse caso ocorreu numa área de caravanismo chamada de Mikkis Place to Stay, próxima da Vila de Pera, conselho de Silves, no sul de Portugal. Os animais, de propriedade de duas turistas estrangeiras (inglesa e holandesa), instaladas num motorhome, estavam soltos, passeando pela área e entre os demais equipamentos. Veja mais… >>>

Faixas Reflexivas, obrigatoriedade e aplicação

janeiro/2018 – desde dezembro de 2016 que as faixas reflexivas (película retro refletiva) passaram a ser obrigatórias nos reboques. Nessa categoria estão os trailers, sejam novos ou antigos (resolução 643, de 14/12/2016).
Rodando pelas estradas, temos visto muitos equipamentos ainda não sinalizados. A resolução não diz a gravidade da multa, mas ela existe. Veja mais…>>>

KIT Primeiros Socorros

estojo-primeiros-socorros-deuter-prodezembro/2017 – respondendo a muitas perguntas sobre nosso KIT de Primeiros Socorros, fizemos um pequeno filme decompondo todo o seu conteúdo.
Para nós, que vivemos na estrada ou em áreas remotas, seja acampando, caminhando ou explorando regiões de montanha, manter um bom KIT ao alcance da mão, pode representar a diferença entre um final feliz com histórias para contar ou péssimas lembranças.
Mas de nada adianta um KIT excepcional, se você não detêm os conhecimentos para fazer bom uso dos recursos.
Saber reconhecer sintomas, identificar, avaliar e acompanhar os sinais vitais é muito importante. Deter a técnica para movimentar o acidentado sem contribuir para o agravamento das condições e lesões. Desempenhar com ritmo e tranquilidade a manobra de reanimação cardiopulmonar, entre outras técnicas. Veja mais… >>>

Picadas mais comuns – aprenda a identificar

carrapatodezembro/2017 – chegou o verão. A comunidade campista e caravanista está se movendo para aproveitar a temporada e com isso, as probabilidades de picadas aumentam consideravelmente.
Muitas das vezes as picadas ocorrem sem que se possa identificar o agente causador de imediato.
Portanto, as medidas curativas ficam comprometidas, principalmente nas crianças mais novas pela dificuldade de expressar exatamente o que estão sentindo.
Confundir uma picada pode representar um erro muito sério. Vamos então conhecer as 8 picadas mais comuns, através deste artigo, publicado pela Lavozdelmuro/ Etapainfantil. Veja mais… >>>

Cloreto de Magnésio 33g P.A. e suas aplicações

Cloreto-de-Magnesio-P-Aoutubro/2017 – o Cloreto de Magnésio P.A. (puro para análise) é um suplemento mineral que desempenha diversas funções biológicas, auxiliando na função cardíaca, contração muscular e ativação enzimática. É essencial para o bom funcionamento do organismo e manutenção da boa saúde.
Quando fala-se em Cloreto de Magnésio logo lembra-se da água do mar – e não é por menos, afinal ela é a maior fonte desse composto químico inorgânico. Da água do mar, ele é extraído para fins comerciais e também para fins medicinais.
O magnésio, tem como função principal: regular o metabolismo do cálcio em nosso organismo, de modo que ele se fixe onde é preciso e o elimine para que não cause alguma doença.
Calcula-se que grande parte dos seres humanos possui carência de magnésio no organismo. As causas? O estresse, idade, drogas, bebidas alcoólicas, fumo e alimentação deficiente como alguns exemplos. Veja mais… >>>

Psoríase e suas formas

A psoríase é uma doença de pele bastante comum, que se caracteriza por lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas. Essas placas aparecem com maior frequência no couro cabeludo, cotovelos e joelhos, mas pés, mãos, unhas e a região genital também podem ser afetados. A extensão da psoríase varia de pequenas lesões localizadas até o comprometimento de toda a pele. A psoríase é uma doença crônica, autoimune - ou seja, onde o organismo ataca ele mesmo - não contagiosa e que pode ser recorrente. Ela tem gravidade variável, podendo apresentar desde formas leves e facilmente tratáveis até casos muito extensos, que levam à incapacidade física, acometendo também as articulações.

TIPOS
São vários os tipos de psoríase que se apresentam e também são tratados de formas diferentes. Dentre eles estão:

PSORÍASE VULGAR OU EM PLACAS:

psoriase-placas-1psoriase-placas-2

É a forma mais comum da doença, caracterizada por lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas, com escamas secas esbranquiçadas ou prateadas que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos. Algumas vezes elas podem coçar, causar dor e atingir todas as partes do corpo, inclusive genitais e dentro da boca do paciente. Nos casos considerados mais graves, a pele ao redor das articulações pode rachar e sangrar.

PSORÍASE INVERTIDA:

psoriase-invertida-1psoriase-invertida-2

É a psoríase em forma de manchas inflamadas e vermelhas que atingem, principalmente, as áreas mais úmidas do corpo, onde normalmente se formam dobras, como nas axilas, virilhas, em baixo dos seios e ao redor dos órgãos genitais. No caso de pessoas com obesidade, esse tipo de psoríase pode ser agravado, da mesma forma quando há sudorese excessiva e atrito na região.

PSORÍASE GUTATA:

psoriase-gutata-1psoriase-gutata-2

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, este tipo da doença é mais comum entre crianças e jovens com menos de 30 anos. A psoríase gutata geralmente é desencadeada por infecções bacterianas, como as de garganta, por exemplo. São formadas pequenas feridas, em forma de gota, que são cobertas por uma fina “escama”. Normalmente aparecem no tronco, pernas, braços e couro cabeludo.

PSORÍASE UNGUEAL:

psoriase-ungueal-1psoriase-ungueal-2

É o tipo de psoríase que afeta os dedos e unhas das mãos e dos pés. Ela faz com que a unha cresça de forma anormal, engrosse e escame, perca a cor, surgindo depressões puntiformes ou manchas amareladas. Em alguns casos a unha acaba por se descolar da carne ou esfarelar.

PSORÍASE PUSTULOSA:

psoriase-pustulosa-1psoriase-pustulosa-2

Esta é uma forma rara de psoríase, em que podem aparecer manchas em todas as partes do corpo ou se concentrar em áreas menores, como pés e mãos. Elas se desenvolvem rapidamente, formando bolhas cheias de pus poucas horas depois da pele se tornar vermelha. Essas bolhas normalmente secam dentro de um ou dois dias, mas podem reaparecer durante vários dias ou semanas, ocasionando febre, calafrios, fadiga e coceira intensa.

PSORÍASE ERITRODÉRMICA:

psoriase-erotrodermica

É o tipo menos comum das psoríases, com lesões generalizadas em 75% do corpo ou mais, com manchas vermelhas que podem coçar ou arder de forma intensa, levando a manifestações sistêmicas.

São vários os fatores que podem desencadear este tipo de psoríase, dentre eles tratamentos intempestivos com o uso ou retirada abrupta de corticosteroides, infecções, queimaduras graves, ou outro tipo de psoríase que foi mal controlada.

PSORÍASE ARTROPÁTICA OU ARTRITE PSORIÁSICA:

Este tipo da doença pode estar relacionada a qualquer forma clínica da psoríase e, além de apresentar inflamação na pele e descamação, a psoríase artropática ou artrite psoriásica, também é caracterizada por fortes dores nas articulações e pode causar rigidez progressiva. Não raro, esta forma vem associada a qualquer uma das demais.

PSORÍASE PALMO-PLANTAR:

psoriase-palmo-plantar-1psoriase-palmo-plantar-2

As lesões aparecem como fissuras nas palmas das mãos e nas solas dos pés.

CAUSAS

Não se sabe a causa exata da psoríase. O que se acredita até agora é que em nosso sistema imunológico existe uma célula conhecida como célula T, que percorre todo o corpo humano em busca de elementos estranhos, como vírus e bactérias, com o intuito de combate-los. Se a pessoa tem psoríase, as células T acabam atacando células saudáveis da pele, como se fosse para cicatrizar uma ferida ou tratar uma infecção.
Isso costuma trazer várias consequências, como a dilatação de vasos sanguíneos e o aumento no número de glóbulos brancos, que avançam para camadas mais externas da pele de forma muito rápida, provocando lesões avermelhadas. Trata-se de um ciclo ininterrupto, que só tem fim com o tratamento adequado.
Acredita-se que a genética tem um papel determinante em boa parte dos casos de psoríase, mas, que fatores ambientais também estejam envolvidos. Uma em cada 3 pessoas com psoríase relata ter um parente com a doença, e acredita-se que até 10% da população geral possa herdar um ou mais genes que predisponham o desenvolvimento da psoríase. No entanto, somente 2% a 3% de fato desenvolvem a doença. Alguns fatores que podem desencadear em psoríase, são:

  • Infecções de garganta e de pele
  • Lesões na pele, como feridas, machucados, queimaduras de sol ou outras de natureza física, química, elétrica, cirúrgica ou inflamatória
  • Estresse
  • Variações climáticas
  • Fumo
  • Consumo excessivo de álcool
  • Medicamentos, como alguns prescritos para transtorno bipolar, pressão alta e malária
  • Alterações bioquímicas, ou seja, do metabolismo de algumas substâncias na pele

FATORES DE RISCO

  • Histórico familiar: talvez este seja o fator de risco mais significativo para psoríase. Quanto mais parentes diagnosticados com a doença o paciente tiver, mais chances de desenvolver a doença.
  • Infecção bacteriana ou viral: pessoas com quadros constantes de infecção têm igualmente mais chances de serem diagnosticadas com a doença.
  • HIV/Aids: pessoas com Aids ou portadoras do vírus HIV, que têm deficiência no sistema imunológico, também são mais propensas a desenvolver a psoríase.
  • Estresse: ele também pode impactar no sistema imunológico.
  • Obesidade: o excesso de peso facilita o desenvolvimento da doença.
  • Fumo: o uso do cigarro não só é um fator de risco para psoríase como também pode determinar o quão grave será a doença.

Considerar também uma variante pouco levada a sério. O excesso de vacinas a que vimos sendo submetidos, seja em campanhas, seja por demanda médica especializada, vem estimulando nosso sistema imunológico em intervalos cada vez menores, produzindo em muitos casos, um desarranjo que se traduz em doenças auto-imunes. A psoríase é uma delas. Vejam este artigo que trata de um estudo da universidade de Kobe no Japão. Doenças auto-imunes, entendendo o gatilho.

A Naltrexona é indicada para todas estas formas, com sucesso em 90% dos casos. Apresente seu médico a terapia da LDN (Low Dose of Naltrexone). Se de todo ele se mantiver fiel aos tratamentos clássicos, com corticoides e cremes, procure um outro médico na lista a seguir e comece nova vida.

Médicos treinados pelo Dr. Lair Ribeiro e ou adeptos do protocolo LDN

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Psoríase – Há solução – Experiência pessoal
LDN – Enfermidades que podem ser tratadas com Naltrexona
Acidez ou Alcalinidade? Qual seu estilo de vida?

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Doenças auto-imunes, entendendo o gatilho.

imunologia

janeiro/2016para quem acompanhou minha luta contra a psoríase e consequente controle (psoríase, há solução), saibam que nunca desisti de entender “o porque” desta doença ter aparecido, do nada, aos 58 anos de idade.
Ouvi de muitos profissionais da medicina que, na quase totalidade dos casos, a origem é emocional. Algum fato importante teria sido o responsável pelo acionamento do gatilho que abriu as portas para a doença. Nunca acreditei nisso, até porque estava num período especialmente bom de minha vida. Eis que, encontrei um estudo muito coerente e que bateu precisamente com meu caso. Veja mais…
[…]

Incêndio em Camping de Salvador detona 5 trailers

incendio

janeiro/2017 – O Macamp divulgou essa semana a ocorrência de um incêndio no Camping Ecológico de Salvador, que destruiu completamente 4 trailers e mais um parcialmente.
O fogo teve início numa quarta-feira (04/01/17), ficando logo descontrolado e, a exemplo de quase todos os campings pelo país, sem combate imediato, como requerido para esse tipo de equipamento. Conhecemos muitos campings onde trailers fixos (rodas quadradas) são instalados lado a lado, sem a presença de extintores adequados, muito menos pessoal treinado para o primeiro enfrentamento. Muito, muito errado. Veja mais… […]