Guias de Escalada, Trilhas e Montanhismo

vista-mirante-pedra-do-elefante

setembro/2016 – Em nossas investidas, seja escalando, caminhando por trilhas ou fazendo travessias, sempre temos à mão o guia mais adequado ao projeto.
Afinal, devemos prestigiar os precursores que investiram tempo e dinheiro, para produzir cuidadosa e detalhadamente os guias e manuais que nos permitem desfrutar destes ambientes, com mais segurança.
Na região do Rio de Janeiro, Serra dos Órgãos e Itatiaia, sugerimos os Guias a seguir: Veja mais… […]

guia-de-escaladas-da-urca-rj

Guia de Escaladas da Urca – de Flávio Daflon e Delson de Queiroz. Já na 4ª edição, este guia é livro de cabeceira e de mochila para nós.
Neste publicação estão citadas 315 vias de escalada e mais de 130 boulders, distribuídos no Morro da Babilônia, Morro da Urca, Pão de Açúcar, Parede dos Ácidos, Pedra do Urubu e arredores.

Estes formam a área de escalada em rocha da Urca, bairro situado na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro.
Com a ajuda deste livro, qualquer escalador conseguirá localizar todas as vias da Urca e saber de antemão o equipamento necessário em cada caso, mesmo sem nunca ter estado no local.
Esta obra reúne os croquis de mais de 2310 vias, além de 171 fotos, 18 desenhos e um capítulo sobre a história da escalada no local.

Guia-de-Trilhas-de-Petropolis

Guia de Trilhas de Petrópolis – de Waldyr Neto.
Este guia apresenta 38 roteiros, incluindo a clássica travessia Petrópolis – Teresópolis, com mapas e fotos explicativas, dicas e curiosidades.
É um guia fácil e prático, tanto para aventureiros de carteirinha, como para os de primeira viagem. Além dos roteiros e croquis detalhados, apresenta valiosas dicas e curiosidades para que você possa caminhar e curtir de forma segura as 38 trilhas, com os cenários surpreendentes e exuberantes da Serra Imperial de Petrópolis.
Apresenta também noções de proteção ao meio ambiente.
O guia procura passar a melhor orientação possível e a conscientização de responsabilidade, para que você seja capaz de organizar e planejar de maneira personalizada um passeio para não se perder na trilha.
A chegada no alto da montanha ou no final das travessias sempre recompensa o esforço e cria o sabor de satisfação e vontade de voltar e fazer outra caminhada. Elas dão energia para encarar de novo a correria do dia a dia.

Guia_de_Escalada-de-Petropolis

Guia de Escaladas de Petrópolis – de Luciano Bender e Paulo Lucio Tesch Loureiro.
A cidade de Petrópolis é, inquestionavelmente, um dos principais centros de escalada de todo o Brasil, e dois fatores são decisivos para conferir veracidade a esta afirmação; suas montanhas e seus montanhistas.
Mapas explicativos localizam perfeitamente cada montanha, falésia ou bloco em seu respectivo setor, e todas as vias foram incluídas em fotodiagramas, montados sobre ótimas fotos de Alexandre Berner.
Pequenas descrições individuais sobre cada via completam um conjunto de dados que possibilitam qualquer um a achá-la e saber o que dela esperar. O guia também resgata muitos dados importantes da história da escalada em Petrópolis.
guia-de-trilhas-cachoeiras-e-montanhas

Guia de Trilhas, Cachoeiras e Montanhas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos – de Waldyr Neto e Ernesto Viveiros de Castro.
São 43 roteiros detalhados, com muitas fotos e mapas coloridos. Informações sobre o tempo, distância, esforço e dificuldades técnicas permitem escolher os roteiros ideais para cada situação.
O livro traz ainda informações sobre a história do parque, sua exuberante fauna e flora, suas montanhas e dicas sobre conduta consciente e segurança em ambientes naturais.
Curta as montanhas da Serra dos Órgãos com responsabilidade.
Ao lado de suas formidáveis paisagens e inequívoca importância para a conservação da mata atlântica, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos tem um passado muito especial, associado com fatos marcantes do desenvolvimento do pensamento brasileiro sobre conservação e uso recreativo da natureza.

guia-da-floresta-escaladas-no-macico-da-tijuca

Guia da Florestas da Tijuca – Escaladas e Trilhas no Maciço da Tijuca – de Flavio Daflon e Delson de Queiroz.
Nesta publicação estão citadas 362 vias de escalada distribuídas nas montanhas da Floresta da Tijuca, da Serra da Carioca e do Maciço da Gávea. Estas formam a área de escalada do Maciço da Tijuca, uma cadeia de montanhas situada entre as zonas sul, oeste e norte da cidade do Rio de Janeiro.
O guia objetiva orientar qualquer escalador, mesmo aquele que nunca esteve no local, para que consiga através das fotos, mapas e croquis, localizar as vias expostas e, com as representações gráficas e descrição, possa identificar o equipamento necessário para escalá-las e as dificuldades que irá encontrar.

Guia-de-escaladas-da-Zona-Sul-e-ilhas-costeiras-rjGuia de Escaladas da Zona Sul e Ilhas Costeiras do Rio de Janeiro – de André Ilha e Kika Bradford.
Além dos símbolos nacionais como o Pão de Açúcar e o Corcovado, que já tiveram suas escaladas detalhadas no guias citados acima, a Zona Sul do Rio de Janeiro possui outras montanhas notáveis nunca antes incluídas em um trabalho deste tipo, como os Dois Irmãos do Leblon, o Morro de São João, o Morro dos Cabritos, entre outros, todos apresentando belas vias clássicas.
Escalar nesta região é um prazer para os olhos. Não há quem não se encante ao subir, por exemplo, o Morro do Cantagalo, tendo a Lagoa Rodrigo de Freitas à frente; o Morro Dois Irmãos, rodeado pelas montanhas do Maciço da Tijuca; ou, ainda, escalar as diversas ilhas rochosas que pontilham o litoral carioca, vendo a cidade de outra perspectiva. Em fotos, diagramas e textos, esse livro é, acima de tudo, um convite para todos os escaladores do Brasil e do mundo virem escalar na região.

guia-da-regiao-de-itatiaia

Guia da Região de Itatiaia – Escaladas e Montanhismo – de Júlio e Igor Spanner.
A região de Itatiaia foi abençoada por Deus com inúmeras belezas naturais e montanhas fantásticas; se aventurar por elas é estar próximo ao Criador; preservá-las é mantê-lo vivo.
Cortada pela Serra da Mantiqueira, a região é uma das poucas reservas de Mata Atlântica ainda existentes no país. Além disso, é também onde está sitiado o primeiro parque nacional brasileiro: o Parque Nacional do Itatiaia, um dos locais mais propícios à prática dos esportes de montanha e das atividades relacionadas à natureza.
São lugares e aventuras para todos os gostos, idades e estilos.

Na seção OutDoor deste blog, estão boa parte de nossas investidas pelas montanhas cobertas pelos guias acima. Faça uma visita por lá e inspire-se também.

Montanhismo é uma atividade que envolve risco.

                                    Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Guia O Viajante da América do Sul
Viagem ao Fim do Mundo – de Petrópolis à Terra do Fogo pela Estrada
Mundo por Terra – Uma fascinante volta ao mundo de carro

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner a seguir. Venha para a estrada conosco.

duaron-logo-400[6]

Nenhum comentário:

Postar um comentário