Educação - necessária lá fora, muito mais aqui

educacao

julho/2015 - Zapeando a internet com o tema caravanismo/campismo, em busca das experiências do exterior, demos de frente com um texto que achei muito oportuno, para o nosso momento.

Em nossas viagens, esbarramos com muitas reações adversas ao caravanismo. Buscando entender os motivos desta aversão, conversamos com proprietários de campings e pousadas e descobrimos que tudo passa pela educação e pelo oportunismo de alguns desajustados, que comprometem toda uma legião de campistas. […]

Enquanto o corporativismo proteger estes poucos, muitas portas continuarão sendo fechadas para nós.RiodaMadre

Caso 1. Camping Beira Rio em Guarda do Embaú (e muitos outros, incluindo postos de combustível). É grande a aversão da cidade e do camping para com VR´s por conta do despejo de caixas de detritos no Rio da Madre. Principal atrativo turístico do lugar, corre ao lado do camping e deságua no mar. Foi necessária muita paciência em ouvir dos proprietários seus justos argumentos. Com muita calma, ponderamos que alguns poucos comprometem o conjunto, que também comungamos do mesmo respeito ao ambiente e que civilidade se aprende no berço da família. O esforço de convencimento nos abriu a exceção de permanecer no lugar. Nossa passagem serviu para mostrar que o veículo de recreação não é sinônimo de lixo e sujeira. Até quando?

MHs-em-Interlagos

Caso 2. Vexame no GP F1 do Brasil em Interlagos/2014. A despeito do já conhecido estilo sujo dos VR´s, nosso cicerone, o piloto Rubens Barrichello, por empenho pessoal, conseguiu que a organização permitisse a entrada dos VR´s no evento, com a promessa pessoal de que as regras de limpeza e higiene seriam respeitadas. O que se viu ao fim do evento foi o despejo de detritos no piso do estacionamento. Claro, não foram todos, mas basta uma laranja podre para comprometer toda a caixa de frutos.

Caso 3. Acostamentos transformados em caixas de esgoto. São muitos os casos reportados pela PRF de VR´s liberando suas cx de detritos nos acostamentos de nossas estradas. Inacreditável, mas isso ocorre com muita frequência. Com a alegação de que seus restos são bio-degradáveis, muitos VR´s olham para a frente, para os lados e para trás e mandam bala nas bombas, acostamento afora.

Caso 4. Nas descrições de quase todos os eventos, encontros e VQQs dos dias de hoje, está explícita a obrigatoriedade de que todos os veículos venham com suas cx de detritos vazias. Mais claro que isso não há como ser. Não tragam para cá seu esgoto.

Se é verdade que nossos campings não oferecem serviços de descarte de caixas de detrito, também é verdade que isso não nos elege a tomar decisões inadequadas, inapropriadas, anti- higiênicas ou seja lá o que for.

O caso das caixas de detritos é apenas um dos elementos que impulsiona esta crescente má vontade com os caravanistas. A falta de educação abrange uma gama muito maior da nossa postura, frente aos nativos que se veêm forçados a nos receber. Que tal seguirmos algumas regras de boa educação e boa vizinhança, muito promovidas na Europa. Lá, a campanha por boas maneiras no caravanismo, é presente e, também, insistente. O texto a seguir é uma ótima coleção de bons conselhos escrito pelo blogueiro Paulo Lopes, editor do motorcasa feito em casa. Por favor, não digam que não precisamos importar educação. Estou falando do velho continente, que já foi jovem, como nós.

CUIDE SEMPRE PARA SER "BEM VINDO"

Amigos...  na Europa há uma grande resistência de algumas administrações de cidades, vilas, etc e até de populações quanto a receber autocaravanas em seu território, gerando inclusive muitos protestos nos grupos de motorhomistas de lá. Com base nisso, recomendo o seguinte:

RESPEITE A LEI E AS REGRAS LOCAIS

Muitas cidades, vilas, parques, campings, etc, tem regras bem específicas sobre o acesso, a circulação e a permanência de veículos. Observe atentamente a sinalização e na dúvida pergunte antes. E sempre tente se informar com antecedência sobre o regramento do local para onde está indo. Um sorriso, um "por favor", um "com licença"... abrem muitas portas, mas não mudam leis e regras.

ACEITE QUE VOCÊ É UM INVASOR

Quando você chega em outra cidade, por mais hospitaleira que ela seja, você não deixa de ser um estranho, um forasteiro e sempre será visto por alguns com certa cautela e até repulsa; faça amigos, seja cortês, respeite as regras locais, pratique a boa educação que seus pai te deram, quer seja no trânsito, quer seja no convívio “tete-a-tete” com os nativos.

ESTACIONAR NÃO É O MESMO QUE ACAMPAR

Muitos lugares na Europa permitem estacionar motorhome, mas proíbem "abrir o toldo", ou seja, pra um bom entendedor isso inclui colocar cadeiras na calçada, fazer churrasco, pendurar roupas na janela, etc, etc, etc. Quer "acampar"? Procure um local adequado. Quer estacionar e dormir dentro do carro? Aí já é outra conversa.

PEDIR SIM, SE APROPRIAR NUNCA

Se você para em um posto de combustíveis e pede para encher seu reservatório de água, espetar um cabo numa tomada pra recarregar baterias ou ver tevê, um lugar para esvaziar seu tanque de esgoto, é uma coisa. Encostar o motorhome e ir se sentindo em casa é uma baita falta de bom senso.

O mesmo funciona para estacionar, pernoitar! Muitos de nossos amigos caravanistas / campistas são super bem tratados em todo lugar por onde vão, porque conversam antes, se informam, pedem, pra só depois soltarem a âncora de sua nave.

BOAS PRÁTICAS ECOLÓGICAS

Antes de parar seu veículo ao lado de um bueiro e descarregar a merda toda, pense não apenas no meio ambiente (deveria), mas também na péssima impressão e desconforto que isso vai causar.

INTERFERÊNCIA NA VIDA LOCAL

Ninguém, mas ninguém mesmo, nem os maiores fãs de “arrocha” ou de “batidão”, gostam quando alguém que não seja do pedaço chegue chegando, com som alto, buzinando, "se aparecendo".

PACIÊNCIA COM GENTE CHATA

Sempre vai aparecer algum pirralho pra aborrecer, um cidadão alcoolizado, uma velhinha faladeira (apenas para mencionar estereótipos), sempre vai ter um curioso - ou vários - querendo saber como você vive, como dorme, como come, como ca... deixa pra lá. Tenha paciência, conte para eles as coisas boas de ser um viajante, conte alguma dificuldade, mas procure ser cordial e sempre enaltecer seu estilo de vida, sem ser esnobe, mas provocando aquela vontadezinha nas pessoas de ser igual a você e dessa forma te receber bem.

Texto original em Cuide sempre para ser bem vindo.

separador_thumb[1]

O mercado de VR´s (motorhomes, trailers, campers) está bem aquecido. Cada vez mais vamos precisar de estruturas para pernoite ou estadias mais longas. Vamos fazer a nossa parte. Se há camping nas proximidades, por que não prestigiá-lo? Deixemos os postos de gasolina para emergências e pernoites simples.

Nós estamos fazendo a nossa parte.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

           Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram

2 comentários:

  1. Educação é algo primordial, precisamos saber chegar bem e sair bem, para sempre deixarmos uma "PORTA ABERTA" de bons relacionamentos, além do que nunca sabemos quando iremos precisar dessa "PORTA ABERTA", e fazer amigos é bom, mais fazer bons amigos é melhor ainda.... Abraços...

    ResponderExcluir