São José do Barreiro - SP - Serra da Bocaina

logo_topo

junho/2015 - Serra da Bocaina é um destino que sempre nos cativou. Faltava encaixar a época, nossa disponibilidade e uma boa facilidade campista para estacionar nosso equipamento.
Escolhemos ficar em São José do Barreiro, no pé da serra, no camping Dona Esmeralda. Dedicamos um post específico para este ótimo camping. Para ver o relato, clique aqui. Para chegar do Rio de Janeiro, pegamos a saída na Dutra, para Bananal, em Barra Mansa. Para quem vem de São Paulo, a saída é em Queluz.

Este é o Mapa Turístico de São José do Barreiro. Para obtê-lo em alta resolução, clique aqui.

mapailustra

O primeiro atrativo que fomos conhecer fica dentro da propriedade do camping, que é a Cachoeira da Usina. Partindo por uma trilha curta (1143m) e bem marcada, temos acesso à bela Cachoeira da Usina, com 3 níveis. A nossa preferência ficou pelo segundo poço, com uma boa queda e piscina. Água cristalina. Nos acompanhou o amigo Constantino de Campos-RJ. Coordenadas GPS da trilha no final do post.

Trilha para Cachoeira da UsinaCapelinha na Trilha para a Cach da Usina

usina1usina2

No dia seguinte, contratamos o passeio ao Parque Nacional da Serra da Bocaina (R$30,00 por pessoa – valores veículosjun/2015 (#)), feito em pickups 4x4, já que os 26 kms de subida da serra são em estrada de terra com trechos bem ruins. Há a promessa de concluir o asfaltamento, mas ainda não é o caso. Contudo, vimos muitos carros de passeio fazendo o percurso até o estacionamento, antes da descida final até o portal do parque. (#) Valor com desconto, obtido diretamente no Camping Dona Esmeralda. O valor praticado era de R$50,00.

Saímos às 9h. Pegamos um lindo dia, de céu muito azul e limpo. Subindo a serra, ao passarmos da marca dos 1500m, o nevoeiro formou um tapete de algodão, que só se dissipou por volta das 11h.

Panoramica Serra da Bocaina

Subindo em direção ao Parque N S da Bocaina

A primeira cachoeira visitada foi a do Paredão, ainda fora do parque. O acesso não é identificado. Fica dentro de uma área particular, que tem entrada liberada, mas quase ninguém sabe. As coordenadas GPS da porteira estão no final deste post. Você pode deixar o carro parado na estrada e subir a pequena trilha de 10 minutos.

Cahoeira do Paredão1Cahoeira do Paredão2

Cahoeira do Paredão3Cahoeira do Paredão4

Cahoeira do Paredão5

Seguimos até a portaria do Parque Nacional da Serra da Bocaina. Deixamos os carros e iniciamos a trilha (nível leve) de 2,5km até a grande Cachoeira de Santo Isidro. Para chegar à base da cachoeira, é necessário descer 80 metros de trilha com degraus, as vezes, bem altos. Mas nada que chegue a assustar. Vale muito a pena a vista da queda que tem 86 metros de altura.

Portaria Parque da BocainaTrilha para Cachoeira Sto Isidro

Inicio da Queda da Cach Sto Isidro

Depois que a Gleidys abriu os trabalhos, entrando na água gelada para a clássica foto, a galera começou a se arriscar. Já que estamos aqui, vamos aproveitar.

Queda 86 metros Sto IsidroLago na base da Cach Sto Isidro

Retornamos aos carros e seguimos para a rampa de voo livre (1703m de altitude), de onde saltam Asas Delta e Paragliders. Sem atividades no dia, valeu pela linda vista de toda a cadeia de montanhas, embelezada pelo, ainda resistente, nevoeiro da manhã.

Panoramica da Rampa de voo livre

Rampa de voo livre

O terceiro objetivo, que era a tal Casa de Pedras, estava com o acesso muito comprometido e, francamente, não possuía atrativo que justificasse o esforço, de acordo com os guias. Vem sendo desmontada e desfigurada progressivamente e a história não tem relação com a serra ou com o município. Iniciamos nossa descida e desta vez, nos foi possível ver a represa do Funil, aparecendo abaixo do nevoeiro.

Vista da represa do funil

Retornamos ao camping Dona Esmeralda para o almoço de comida caseira, muito saboroso. A noite foi de caldos (abóbora, verde e de feijão), oferecido pelo camping à todos os presentes. Nosso companheiro de viagens, o gato Fredy, exigiu nossa atenção pelo resto do dia, na exploração da área ao redor de sua casa sobre rodas. Definiu onde tiraria suas sonecas estratégicas à sombra.

Fredy

O terceiro dia foi dedicado a “calanguear” pelas piscinas naturais do camping e saborear a hospitalidade do pessoal do Dona Esmeralda. À noite foi acesa uma grande fogueira para espantar um pouco o frio e, afinal, estamos em época de festejos juninos. A administração do camping nos presenteou com canecas de vinho cheias e uma panelada de pinhão cozido. Tudo muito bem organizado e agradável.

Noite da Fogueirapinhão

separador

Muito ainda há que se explorar dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina e na Represa do Funil. Na próxima investida, vamos mover nossa base para o camping e pousada Recanto da Floresta, que fica ao lado do parque (3km), ou a Pousada Lajeado, junto à rampa de Voo Livre, facilitando o acesso a todos os roteiros (trilha do Ouro, trilha do Pico da Bacia, trilha da Pedra Redonda, trilha do Tira-Chapéu, cachoeira da Posse, …)

Procurando onde ficar em São José do Barreiro? Aproveite a caixa de pesquisa do Booking abaixo e encontre o que procura.

Booking.com

A igreja de São José do Barreiro estava em obras de recuperação. A praça principal com seu coreto e a arquitetura do casario antigo completam a beleza e a tranquilidade do lugar.

Igreja

Coretocasas baixas

separador

  • Para conhecer as coordenadas das trilhas e dos atrativos que visitamos, como também do camping Dona Esmeralda e da Cidade de São José do Barreiro, baixe este arquivo.kmz e abra ele no Google Earth.
  • PS1.: A revista 4x4&Cia, nº190, publicou uma ótima matéria, falando sobre São José do Barreiro, incluindo uma planilha do percurso entre o Distrito de Formoso e Sertão do Bonito, para você exercitar sua navegação e sujar um pouco seu 4x4. Em alguns trechos, a pilotagem deve ser “cirúrgica”, evitando pedras que possam prender o fundo do carro, ou provocar danos aos pneus. Não encontrei a edição digital, para linkar aqui. O portal da revista está retornando com erro.
  • PS2.: A operadora de turismo de São José do Barreiro e Serra da Bocaina, de propriedade do atual prefeito, é a MW Treking.

Viagens Nacionais

                                    Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

8 comentários:

  1. Muito bom, taí um programa que ainda queremos fazer, Parque Nacional da Serra da Bocaina, mas com motorista particular, rs

    ResponderExcluir
  2. Lugar maravilhoso muito bem detalhado nas fotos!!

    Lindo passeio!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vanêssa e Geovanny pelo comentário e pela visita. Ainda não conhecemos o camping de Caldas Novas. Estou lendo as suas dicas. Abs

      Excluir
    2. O camping de lá é tudo de bom! Voltaremos agora no final de julho. Bora pra lá também?

      Abraços!!

      Excluir
    3. Época boa de ir mesmo. Julho é o mês de véspera de minha aposentadoria. Estou meio atribulado com a troca de cidade. Vamos nos fixar em Teresópolis, e lá estabelecer nossa base. Muito obrigado pelo convite. Pelo que li no blog, vocês são de Minas?

      Excluir
    4. Nossa, Carlos! Então você está em contagem regressiva pra festejar? Que maravilha!! Somos mineirinhos sim, Divinópolis. Acompanhei seu relato por Capitólio e região. Passou bem pertinho de nós. Estamos a 100km de BH. Quando voltar, entre em contato!

      Abraços!!!

      Excluir
    5. Combinado. A Serra da Canastra merece muitos retornos. Até breve.

      Excluir