Paraíso Perdido, Cachoeira do Filó – Capitólio - MG

04/2015 - Ainda em Capitolio-MG, reservamos este dia para conhecer o complexo de cachoeiras do Paraíso Perdido, que na verdade fica no município vizinho, de nome São João Batista do Glória. Este complexo conta com um camping de mesmo nome, que fomos visitar. Dedicamos um post específico para ele. Para ve-lo clique aqui.

No caminho, paramos para ver a cachoeira do Filó (foto abaixo), com acesso fácil, ao lado da estrada. Fizemos uma parada rápida e preocupada, por conta dos alertas de que estavam ocorrendo assaltos no lugar. De fato, os veículos ficam muito expostos na beira da estrada. O lugar não conta com qualquer apoio, portanto, não se arrisque. Esta cachoeira é alimentada pelo mesmo ribeirão do Paraíso Perdido, muito mais acima e bem mais preservado.

Cachoeira do Filó2   Cachoeira do Filó

Seguindo mais 2km na MG050, pegamos a saída de terra para o complexo do Paraíso Perdido, com 4,5km de condições razoáveis. O Paraíso Perdido, é um verdadeiro patrimônio da natureza, localizado em um vale cortado pelo ribeirão Quebra Anzol, com "canyons", 18 piscinas naturais e 8 quedas de águas límpidas e cristalinas, que correm sobre pedras de quartzito predominantemente branco, numa região de cerrado próxima e com as mesmas características da Serra da Canastra.

primeiro poço

O principal passeio é a caminhada guiada pelo leito do ribeirão, passando por inúmeros poços, hidros e cachoeiras deslumbrantes. Detalhe especial para a cor dourada da água. O nome Paraíso Perdido tem uma hstória curiosa. Diz a lenda que, à 50 anos atrás, 2 aventureiros resolveram entrar serra adentro: “ Eles foram subindo, passeando, até que começou a escurecer e um deles falou ‘vamos embora, nós estamos perdidos, não vamos achar a trilha para voltar’, mas o outro quis continuar e ir mais a fundo. Então ele ouviu um barulho de água e desceu, aí ele viu as águas e disse ‘isso aqui é um paraíso’, mas o outro repetia ‘é, mas nós estamos perdidos.”

trilha leito do riberirão

A trilha é considera leve e indicada por pegadas pintadas no piso, orientando o melhor e mais seguro caminho a ser percorrido pelo turista, no leito do ribeirão. Se você der sorte, o cachorro mascote do camping, vai lhe acompanhar em troca de algumas carícias.

corredeiras

A Cachoeira da Gruta guarda ao seu lado direito uma caverna de grandes dimensões, muito interessante, com um teto bem alto.

cachoeira da gruta

caverna cachoeira da gruta

Não há como resistir à transparência da água.

O acesso às cachoeiras é pago (R$ 35,00 – valores de fev/2015). A estrutura conta ainda com restaurante e cantina, que funcionam na alta temporada, aos fins de semana e feriados, além de uma estrutura completa de camping.

leito do riberirão2

leito do riberirão3

No curto filme abaixo, uma idéia rápida de como é o desenvolvimento da trilha pelo leito do ribeirão e a transparência da água que desce da Serra da Canastra.

separador

O almoço de hoje foi no mesmo Restaurante Rio Turvo, desta vez para comer o Filé de Tilápia Nascentes das Gerais. O prato é montado com medalhão de tilápia, regado com creme de palmito. Acompanha arroz com alho, purê de batata, brócolis, geléia de abacaxi e patê de pimenta. Hummmm !!!

Filé de Tilápia

Para continuar a sequência desta viagem, volte ao menu anterior.

Viagens Nacionais

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

           Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram

4 comentários:

  1. Melhor blog! Conta com detalhes os lugares, questões importantes como segurança, apoio (banheiros e campings), como é a comida, preços. Adorei o mascote do Camping.

    ResponderExcluir