Mostrando postagens com marcador cachoeiras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cachoeiras. Mostrar todas as postagens

Cachoeira Véu da Noiva, Parnaso, sede Petrópolis

cachoeira-veu-da-noiva-parnaso-petropoliscachoeira-veu-da-noiva-parnaso-petropolis-2outubro/2017 – uma trilha de dificuldade técnica baixa, de fácil orientação, com duração de 1 a 2 horas (ida), que te leva a vários poços no leito do Rio Bonfim e termina na linda cachoeira Véu da Noiva, com 40 metros de queda e um agradável poço de águas transparentes.
A distância aproximada é de 4 kms e pode ser aproveitada durante o ano todo, sendo que no verão, fica com o volume de água maior, por conta da temporada das chuvas.
Tudo começa na portaria do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, sede Petrópolis, que fica no bairro Bonfim, em Correas (veja coordenadas no fim do artigo). Veja mais… >>>

Ibitipoca em Lima Duarte, MG

ibitipoca-lima-duarte-1

relembrando dezembro/2008 – O Parque Estadual de Ibitipoca é o atrativo principal, com suas trilhas, cachoeiras, grutas, picos e cânions.
Em nossa visita, ficamos hospedados na pousada Estação Andorinhas, que guarda, dentro de suas terras, a famosa Cachoeira das Andorinhas (onde ocorrem os incríveis voos de esquadrilha dos andorinhões ao anoitecer) e o IbitiCanyon (corredor de paredões que protege o rio do Salto em seu curso sinuoso e encantador, de aproximadamente 1km). Veja mais… […]

Cachoeira dos Frades, Teresópolis

abril/2017 - Ponto turístico que vale a pena ser visitado. A cachoeira é grande, com poções generosos, muitas hidros vigorosas e bem servida de sol. O acesso se dá a partir da estrada Tere-Fri (Teresópolis-Friburgo – RJ-130).
Coordenadas Geográficas ao fim deste post, vão ajudar o seu posicionamento. Carregue as coordenadas no GPS de seu carro e siga tranquilo.
Saindo da Tere-Fri, você vai rodar 4 kms de terra em boas condições, até alcançar a cachoeira. Encoste muito bem seu carro, feche os retrovisores (tráfego de caminhões da fábrica de água mineral), pegue seu lanche e desça até a cachoeira. Veja mais… […]

Paraty, entre serra e mar

Paraty-Casario

abril/2017 - Paraty, Paratii ou Parati? Entenda o porque? destas diferenças em Paraty com y ou i. E a história de Paraty? Saiba mais um pouco em história de Paraty.
Estivemos em Paraty muitas vezes e sempre voltaremos. Incluímos esta cidade dentre aquelas em que "poderíamos vir a morar".
As belezas de seu Centro Histórico, as cores de suas fachadas, a beleza de suas praias e recantos, seu Parque Nacional e exuberância de sua mata Atlântica são os atrativos principais. Veja mais… […]

Reserve 5 dias ou vá algumas vezes, se concentrando nas partes, de forma a aproveitar tudo que a cidade pode oferecer. A seguir, alguns de nossos pontos preferidos.

paraty-praia-do-cepilho-1paraty-praia-do-cepilho-2
paraty-praia-do-meio-ou-codois

Percorrendo a pé toda a Praia do Meio, chega-se a entrada da trilha para Cachadaço. Da mesma forma que toda cidade de Serra tem uma Cachoeira Véu da Noiva, toda cidade litorânea tem seu Cachadaço. Nem sempre honram o nome, mas não é o caso. Faça a trilha que vale muito a pena. Se cansar, quebre com um pit stop na barraca Box CaixaDaço, tome uma cerveja, bata um papo com o morador e siga adiante. Caso tenha, leve sua máscara e seu snorkel(respirador).

Paraty-Entrada-da-trilha-para-CachadacoParaty-Trilha-para-Cachadaco-Box-CaixaDaco
Paraty-Trilha-para-Cachadaco-Box-CaixaDaco-pit-stop

Abaixo, a beleza em cores e pedras do Cachadaço em Paraty

Paraty-Cachadaco-Detalhe-1Paraty-Cachadaco-Detalhe-2
Paraty-Cachadaco-Detalhe-3

O casario e as ruas de pedra dão o tom e a personalidade do Centro Histórico de Paraty. Muito diferente dos dias de grandes eventos, nós apreciamos essa calma e tranquilidade da baixa temporada. Se você gosta de fotografia, Paraty é o lugar certo.

Paraty-casario-centro-historico-2Paraty-casario-1
Paraty-casario-centro-historico-3

Paraty-detalhe-janela-centro-historico-1Paraty-detalhe-porta-centro-historico-1Paraty-detalhe-janela-centro-historico-2

Não podemos esquecer da linda Igreja de Santa Rita

Paraty-Igreja-de-Santa-RitaParaty-Igreja-de-Santa-Rita-2

─ E a serra de Paraty? Outra beleza imperdível. Lá ficamos na pousada Terras Altas de Paraty. Foi uma escolha bem acertada. Ficamos num chalé completo, com quarto, cozinha e banheiro, muito bem aparelhados, lareira que funciona e varanda lançada por sobre pedras, com vista ampla para toda a serra da Bocaina e a cidade de Paraty, colada ao mar.
A pousada ainda oferece café da manhã servido no quarto, sauna a vapor e piscina com hidro massagem externas. A integração com a mata e a natureza é o ponto forte das instalações. Pagamos R$ 450,00 o casal, entrando no Sábado (11:00) e saindo na Segunda (11:00).

pousada-terras-altas-de-paratypousada-terras-altas-de-paraty-2

Nosso objetivo era a Cachoeira do Tobogã e o Poço do Tarzã, com acesso pelo complexo turístico do Caminho do Ouro – km 8 Estrada Paraty-Cunha. Fizemos a famosa foto da Igreja de Nossa Senhora da Penha, e seguimos direto para as quedas d´água, incentivados pelo calor da caminhada ladeira abaixo.

igreja-nossa-senhora-da-penha-paraty

Para se falar da Cachoeira do Tobogã, nada melhor que fazer um filme, para que a noção seja mais precisa. Com a ajuda dos surfistas de pedra (nativos), pode-se conseguir um bom impulso inicial, para obter um pouco mais de emoção.

Resolvida a questão da água gelada, subimos em direção ao Poço do Tarzã, que é acessado através de uma ponte móvel, muito agradável e bem mole. Outro belo poço para mergulhos.

poco-do-tarza-paraty

Depois da água gelada, nada melhor que visitar o alambique da cachaça Engenho D´Ouro, logo do outro lado da rua. O Processo de moagem da cana ainda é feito na roda d´água, movida pela água que serve as cachoeiras que visitamos. Depois de algumas provas, escolhemos o melhor paladar e fechamos negócio.

Com nossa garrafa de cachaça embaixo do braço, subimos para o restaurante Engenho D´Ouro, para saborear a famosa Galinha Caipira, em suas diversas formas (com macarrão, ao molho pardo, com batata cozida, com mandioca cozida). Estas receitas estiveram recentemente em destaque na cozinha da Ana Maria Braga.

Subindo em direção a serra, já na estrada para Cunha, vá conhecer a Cachoeira da Pedra Branca e o Poço do Inglês. Já que vai passar na frente da Fazenda Muricana, entre e conheça o alambique e as demais atrações da fazenda.

Cachoeira-Poco-do-Ingles-2Cahoeira-Pedra-Branca-1

A noite fria foi temperada com o calor da lareira, um bom vinho, petiscos, céu estrelado e todos os barulhos silenciosos da mata.

Quer conhecer mais dicas de Paraty? Veja este delicioso Roteiro de 3 dias em Paraty elaborado pela Carol Miranda, editora do blog Vamos por aí, com dicas completas de hospedagem, passeios e gastronomia.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Arraial do Cabo e suas águas caribenhas, RJ
Búzios, costa do sol, RJ
Cabo Frio, Rio de Janeiro

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Cachoeiras do Horto Florestal, Rio de Janeiro

Cachoeira do Chuveiro

abril/2017 - Para fugir do calor de 40 graus, das praias lotadas, do mar gelado e da confusão, fomos conhecer algumas das cachoeiras do Horto Florestal, dentro do Parque Nacional da Tijuca. Programa que inclui uma agradável caminhada por trilhas bem marcadas dentro da Floresta Atlântica.
Saindo bem cedo, fomos direto para a cachoeira dos Primatas, subindo a Rua Lopes Quintas no Bairro do Jardim Botânico, e seguindo até o fim da Rua Sara Vilela, onde é possível estacionar o carro. Veja mais… […]

As 11 melhores cachoeiras do Brasil

abril/2016 – Este é um país rico em recursos hídricos. São muitas as opções, algumas imponentes, outras vigorosas e abundantes e algumas pequenas quedas encravadas em ambientes únicos de natureza e flora.
Cada um de nós tem sua cachoeira preferida. Já as pesquisas mais recentes, compiladas através das avaliações dos próprios turistas, apontam para as 11 a seguir. Veja mais… […]

Visconde de Mauá, Maringá e Maromba no Rio de Janeiro

visconde-de-maua-em-2-rodas

relembrando 2003 e 2009 – nossa paixão pela região de Visconde de Mauá, Maromba e Maringá é antiga. Chegamos mesmo a manter um chalé alugado pelo ano inteiro em Maringá.
Seja no inverno ou no verão, o charme do lugar é o maior atrativo. A natureza, representada pelas muitas e lindas cachoeiras, é a razão principal da grande procura pelos turistas do Rio de Janeiro, Minas e São Paulo. Veja mais… […]

Cachoeira da Barreira e Rogério´s Restaurante, Guapimirim

cachoeira-da-barreira-guapimirim

março/2016 – que tal uma cachoeira na Serra dos Órgãos, sem cobrança de acesso e tendo por perto o Rogério´s Restaurante para um almoço de comida mineira para quando a fome apertar?
Faz muito que tínhamos notícia desta cachoeira, mas a oportunidade ainda não havia se formado. Fica fora das fronteiras do PARNASO (Parque Nacional da Serra dos Órgãos), de forma que não há taxas ou ingressos. Muito visitada pelos moradores de Guapimirim. Veja mais… […]

Cachoeiras das Sete Quedas e Ponte Funda em Araras, Petrópolis

cachoeira-das-7-quedas-araras-petropolis--

janeiro/2017 – fomos atrás de duas cachoeiras que são praticamente desconhecidas por quem mora na cidade de Petrópolis.
Ficam quase que exclusivas para os moradores da região de Araras e do Vale das Videiras. Vale a visita, tanto pela beleza das quedas como pelo percurso de 16 kms pela Estrada Bernardo Coutinho, que você pega à partir da rodovia BR-040, sentido Rio de Janeiro. Segue sinuosa por todo o vale, cortando o centrinho de Araras até se encontrar com o centrinho do Vale das Videiras. Coordenadas no fim do artigo.
Veja mais detalhes e fotos destas duas preciosidades a seguir… […]

Carrancas – Minas Gerais

Marco Estrada Real

relembrando agosto/2012 - Saímos de Aiuruoca cedo, com destino final em Carrancas-MG. Decidimos rodar pela antiga Estrada Real.  Este trajeto não aparece nos programas de GPS automotivos. Imagino os motivos em razão do percurso ter sido considerado muito rústico.
O fato é que, nas minhas pesquisas, encontrei relatos diferentes, dando a este trecho da Estrada Real uma qualidade de piso muito bom. A extração de madeira de reflorestamento na região, fez com que os empresários investissem na estrada, para permitir o escoamento da produção. Veja mais… […]

Chapada Diamantina, Lençóis, Bahia

Chapada-Diamantina-sm

relembrando março/2008 – qual a imagem que representa, com mais intensidade, a Chapada Diamantina?
Morro Pai Inácio? Gruta do Poço Azul? Gruta da Fumaça? Pratinha? Cachoeira da Fumaça?
Para não ser incorreto, vamos ficar com a visão ampla e generosa do Parque Nacional da Chapada Diamantina.
Passamos incríveis 7 dias passeando por lá. A chuva nos cumprimentou na noite da chegada e na manhã da saída, deixando perfeitos todos os demais dias. Veja mais… […]