Mostrando postagens com marcador Ecologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ecologia. Mostrar todas as postagens

Shit Tube, você sabe o que é e para que serve?

partes-do-shit-tubejulho/2018em recente artigo publicado no site da Mantiqueira Expedições, foi lançado um alerta para o perigo das fezes e papel higiênico deixados pelos montanhistas e turistas que visitam a serra da Mantiqueira.
São centenas e centenas de pessoas que, ou desinformadas ou sem a mínima noção de educação ambiental e ética na montanha, defecam ao relento.
O solos da Mantiqueira é raso, o que impossibilita cavar um buraco fundo o suficiente para defecar e manter as fezes enterradas. Veja mais… >>>

Serra da Gandarela em MG, mais uma fase de plantio de mudas

março/2017 – Em 2014 nos engajamos na campanha de replantio e proteção da Serra da Gandarela em Minas Gerais.
A Serra do Gandarela é alvo de diversos olhares, pois além de ser uma imensa área que ainda está preservada possui em sua extensão muita riqueza com possibilidades de exploração.
Naquele ano plantamos uma muda em parceria com a Ikebana Flores. Ao pé da muda, uma plaquinha leva nosso nome, junto a muitos outros blogueiros colaboradores, que se preocupam em divulgar a campanha Plante uma Árvore na Serra da Gandarela. Agora, em novembro de 2016, plantamos nossa segunda muda, em Rio Acima-MG, próximo a cachoeira do Mingu, uma área de aproximadamente 200 M² que compõe essa Serra. Veja mais… […]

Sítio do Moinho em Itaipava - produção orgânica de qualidade

logo-sitio-do-moinho-produtos-organicos

outubro/2016 – visitar produções orgânicas certificadas e de qualidade é um programa muito agradável.
Faz muito que somos clientes deste produtor, com o serviço de entregas domiciliares em Petrópolis. Faltava conhecer suas instalações, abertas a visitação mediante agendamento.
E para tornar nossa visita mais atraente e saborosa, contratamos o delicioso café da manhã, que pode ser apreciado em dois níveis de satisfação. O simples (mais que suficiente para nós – R$30,00) e o completo (com certeza você não vai almoçar neste dia – R$50,00). O sítio fica na área rural de Itaipava-Petrópolis e pode ser alcançado sem qualquer dificuldade com seu carro de passeio ou até por ônibus urbano. Veja mais… […]

O Animal como Atrativo Turístico

elefante

julho/2015 - Este é um assunto recorrente e bastante complicado de analisar. Culturalmente, desde a mais tenra idade, somos levados a ambientes como zoológicos, para ver os animais que fazem parte da natureza, em ambiente de confinamento.

A proliferação de atrativos turísticos que atraem milhares de pessoas e, por consequência, extremamente lucrativos, é cada vez maior. Por mais que se afirme que os animais são tratados com respeito e tenham à sua disposição todo o conforto possível, precisamos considerar que estão fora do seu habitat natural….

elefantes-tailandiaPrecisamos levar em conta que, para realizar todas as tarefas que nos deixam de boca aberta durante as exibições, estes animais sofreram privações, fome e, quando muito tortura, para assimilar e condicionar seus movimentos aos comandos dos adestradores.

Os animais, ditos como selvagens, quando sob controle e disponíveis para fotos, selfies ou cavalgadas, nos magnetizam. É um comércio poderoso e muitas vezes cruel. Melhor seria se nos fosse possível verificar os métodos de treinamento e o modo de vida destes animais, antes de decidir compactuar com estes espetáculos.

Eu sou um turista. Como saber e como agir com bom senso?

passeios-de-carruagem-em-petropolis

Vamos ver o exemplo das carruagens que transportam os turistas pelo centro histórico da Cidade Imperial, Petrópolis-RJ. Foram necessários muitos conflitos individuais e pressões de entidades de proteção aos animais, para que a Prefeitura tomasse medidas de controle e fiscalização no uso dos cavalos por seus favorecidos, no caso, os permissionários do serviço. Isso, sem falar que, desde 2001, a Lei 3350/2001 de autoria do saudoso vereador e ator Cláudio Cavalcanti, já regulamentava a matéria.

Antes destas medidas, os animais eram expostos a trabalhos estafantes, sem períodos de descanso, com pouca água, alimento, sob o sol ou chuva, frio ou calor, além do excesso de carga característico. Muitas vezes foram flagrados batendo seus cascos nas pedras do calçamento, sem a proteção de ferraduras ou sendo exigidos além do limite de carga, com o uso do chicote. Hoje a situação é outra, muito embora não seja a ideal.

Muitos vão dizer: “os animais sempre foram a força motriz do desenvolvimento e aos poucos vem sendo substituídos pelas máquinas. Estas manifestações são a proteção da cultura de épocas passadas que precisam ser preservadas em nome da história”. Concordo, em parte. Se nós evoluímos, porque mante-los (os animais) sob a cruz da escravidão, ao invés de lhes oferecer uma vida mais digna e saudável, mesmo que presos ao trabalho?

Exemplo 2: Sei que foi uma ação isolada, mas é de emocionar o mais bruto dos corações, a cena que foi ao ar recentemente, de um grupo de vacas leiteiras, que viveram sob confinamento pelo tempo em que sua produção era satisfatória. Destinadas a virar churrasco após uma vida de serviços, foram resgatadas por uma Fundação destinada a dar um fim de vida digno a estes escravos do comércio agro-pecuário.  A alegria da liberdade destas vacas ao se ver em campo aberto, podendo se espojar na grama, dando pequenas carreiras e pinotes, foi inesquecível.

Se isso nos comoveu, deve ter mexido com seu coração também. Podemos então pensar um pouco mais na hora de pagar por algum turismo ligado ao abuso ou uso de animais.

jacare-na-mao

Confesso, que nós também nos deixamos levar, algumas vezes, distraídos que estávamos com a beleza e a riqueza da fauna, por onde passamos em nossas viagens. No pantanal, por exemplo, vimos o contraste do cuidado com a pesca esportiva, onde o barqueiro (registrado e autorizado), participava ativamente da proteção dos espécimes capturados, controlando o tamanho destinado ao abate (dentro de sua cota individual de profissional pescador) e aqueles que deveriam ser devolvidos ao rio em nome da preservação. Do outro lado, guias ditos como profundos conhecedores do pantanal, exploravam a fragilidade de filhotes de jacarés, desprotegidos de suas atentas mães, em nome daquelas fotos clássicas que todo turista faz questão. Isso sem falar na aproximação desnecessária de ninhos de Tuiuius para fotos. É comum as mães abandonarem seus filhotes nos ninhos, por considerarem que não são mais locais seguros, ou os filhotes de jacaré serem refugados pelo cheiro de produtos e cosméticos presentes em nossa pele. E nós sabíamos disso? Deveríamos saber!

Dourado-no-pantanalPreferimos pensar que, mesmo que tarde, nossa consciência do mundo ao redor, do qual dependemos profundamente, está aumentando. Vamos manter aceso o alerta para qualquer manifestação que agrida a natureza e o direito de quem quer que seja, animal ou vegetal. É sim, possível, fazer um turismo de contemplação, com muita fotografia e sem agressão. Sempre há histórias para contar. Se aquele flagrante da vida animal não foi possível, use de sua veia literária e nos faça ver pelas palavras.

Enquanto rascunhava este texto, em produção já faz bom tempo, por conta da dificuldade de tratar a questão, recebi do 360meridianos (sigo permanentemente), um texto escrito pela Natália Becattini, tratando do mesmo tema (chamo isso de sintonia global de ideias, já que temos preocupações e interesses comuns). A Natália expõe, com muito mais propriedade, lucidez e pesquisa, os sentimentos que não consegui descrever até aqui. Recomendo muito a sua leitura e reflexão, até porque, devo te-lo deixado (caro leitor), mais confuso do que estava antes.

artigo-360-meridianos

separador

Avistamento-de-baleias-em-AbrolhosNa fase do planejamento de nossas viagens e, quando disponível, incluímos visitações a centros de recuperação de animais, a viveiros de plantas nativas, a campanhas de reflorestamento, projetos de reintrodução animal e vegetal, projetos TAMAR, avistamentos no mar e na mata,...
Ficamos muito felizes em pagar pela visitação que vai manter e perpetuar os resultados e divulgamos através de nossos meios, para estimular novos turistas.

Concluindo, precisamos ligar nossa visão periférica e avaliar melhor o que nos é oferecido como atrativo turístico.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Pets Campistas e Campings Pet Friendly
Viajando com seu “PET” – animal de estimação
“Plante uma Árvore” na serra da Gandarela

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner a seguir. Venha para a estrada conosco.

duaron-logo-400[6]

Serra da Gandarela – MG – 4 fase do plantio de mudas

Em fevereiro deste ano, nos engajamos na campanha “Plante uma árvore na Serra da Gandarela”. Esta campanha é  capitaneada pela Ikebana Flores, que tem a participação de blogueiros e internautas, na tarefa de divulgar a importância de preservar e recuperar este ambiente, com plantios periódicos de mudas. Toda a sua divulgação feita pelo Coletivo Cirandar.
Agora, em 29 de novembro, foi concluída a 4ª Fase do Plantio, com 65 mudas a mais na Serra da Gandarela, dentre elas a nossa.

Muda Nas Estradas do Planeta

Esta foi a  4ª etapa da campanha “Plante Uma Árvore”, realizada em Rio Acima – MG, no “Pé da Serra do Gandarela”. A chuva, o maior desafio dessa etapa, foi encarada com a maior alegria, benção da natureza e muito importante para a sobrevida de nossas mudinhas. Foram 65 mudas nativas do cerrado, um dos biomas característicos dessa região: Candeia, Ipê Branco, Ipê Crioulo, Ipê Amarelo, Mogno, Jacarandá, Sucupira, Aroeira, Peroba, Jequitibá, entre outras . Cada mudinha é plantada em nome de um blogueiro ou site apoiador.

Gandarela1 Gandarela2

Este é o 3º ano de campanha, iniciada em novembro de 2012, com 307 apoiadores. A 4ª fase da campanha contou com o apoio de mais 65 blogs e sites.

Gandarela3

Gandarela, localizada entre a Serra do Curral e a Serra do Caraça, distante 40km de Belo Horizonte, precisa ser preservada por unidades de conservação para evitar queimadas, desmatamentos e a exploração irregular do Minério de Ferro. Para ter a participação efetivada e a muda plantada em seu nome, a internauta posta o link com o conteúdo exclusivo em seu site ou blog. Ikebana Flores

Seja mais um propagador da campanha “Plante uma Árvore

Quer participar? Saiba como clicando aqui.

 

separador

                                  Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Plante uma árvore na Serra da Gandarela

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Passaporte Verde – Eu cuido do meu destino

MARCA-PV PNUMA

Viajar com consciência ambiental é uma de nossas principais preocupações. Sabemos que nossa passagem sempre deixará marcas, por mais cuidadosos que possamos ser.

plan

PLANEJAMENTO - No planejamento da viagem, buscamos roteiros que nos permitam conhecer e interagir com os locais e sempre que possível, contratamos guias nativos para nos levar aos atrativos da região. Ao passar algum tempo no lugar, podemos entender o modo e ritmo de vida local, sua cultura, seus hábitos e maneiras de lidar com o ambiente. E se necessário, contribuímos sugerindo boas práticas ambientais quando identificamos alguma forma distorcida de lidar com a natureza.

bagagem

BAGAGEM – Quando estamos definindo o que levar em nossas viagens, levamos em conta a prioridade de reduzir nosso peso total ao máximo, o que nos trará economia de combustível, mais espaço para movimentação dentro de nossa casa portátil, menos tempo envolvido em arrumar e procurar. Roupas leves, sapatos multi-uso e adquirir nos mercadinhos locais alimentos e produtos de conveniência. Os locais veem com simpatia estes pequenos atos.

barraca ACAMPANDO – Quando estamos praticando acampamento selvagem (fora de estruturas de campings), evitamos áreas frágeis, que possam desmoronar ou desbarrancar. Nas trilhas, permanecemos no trilho original, mesmo quando molhadas e não criamos atalhos. O zig-zag da trilha é proposital, para evitar a erosão. Não acendemos fogueiras em áreas naturais. A possibilidade de ocorrer uma queimada é muito grande e os prejuízos irrecuperáveis. Todo o lixo produzido por nós é levado de volta.

tripda

POLUIÇÃO – Nós somos parceiros da Carona Solidária. Sempre que dispomos de vaga em nossas viagens, oferecemos o espaço ao programa BlaBlaCar de carona segura.  Nos destinos, procuramos usar o transporte público e city tours para conhecer a região e seus atrativos. Levamos nossas bicicletas para circular pelos arredores de nossas visitas, deixando o carro para as incursões mais distantes.

pegada MÍNIMO IMPACTO – Sabemos que nossa presença nos ambientes naturais provoca danos, por mais cuidadosos que sejamos. Pensando assim, procuramos reduzir ao máximo esse efeito. Por mais bonitas que sejam, não retiramos mudas das plantas, mesmo aquelas que estejam no chão. Não levamos pedras como souvenir. Ao contato com animais em trilhas, esperamos que ele se afaste (aproveitando para uma foto). Se necessário afugentamos. Nunca mate cobras, aranhas ou qualquer outro animal rasteiro ou peçonhento. Deixamos pegadas e levamos fotos e lembranças.

As melhores viagens são aquelas que deixam lembranças para toda a vida, em que nos percebemos, nos mesclamos a novas culturas, e parte delas fica em nós. A sustentabilidade é como uma boa viagem: uma vez que temos contato com ela, com seus valores e significados, com seu ritmo e padrões, também somos modificados, nunca mais seremos os mesmos.

cuidando

O planeta precisa que adotemos um novo estilo de vida, mais ligado às vivências e contato com as pessoas e  menos relacionado com o consumo. A comunidade humana cresce em ritmo acelerado, somando 80 milhões de pessoas ao planeta a cada ano. Não somos meros habitantes do planeta Terra, algo mais nos define: somos consumidores. Ao passo que cresce em muitos países o poder aquisitivo da população, ainda um terço de seres humanos não têm acesso a alimentação. Vivemos em um tempo em que fica cada vez mais patente a necessidade de revermos nossos padrões de consumo e produção.

lampada Desligar a luz do quarto quando saímos ou fechar a torneira enquanto escovamos os dentes não salvará o planeta – e nem a nós mesmos. Não sozinhos. Não se isso não for o reflexo de um valor maior que adotamos, de buscar soluções menos impactantes para o nosso cotidiano, de exigir melhores alternativas tecnológicas e ações governamentais e empresariais que nos deem opções mais sustentáveis e protejam o patrimônio natural que ainda possuímos.

Fazer escolhas mais sustentáveis ao planejar e vivenciar momentos de lazer, como o turismo, favorece a adoção de novos hábitos em nossa vida diária. É o momento em que saímos da rotina, deixamos o carro em casa, podemos nos desligar dos aparelhos eletrônicos que nos cercam e aproveitar a paisagem, caminhando, andando de bicicleta, passando tempo com a família ou os amigos, longe do estresse. O Passaporte Verde propõe preencher esse momento com mais experiências autênticas, roteiros sustentáveis e umas ideias simples de como ter um impacto menor ao visitar outros lugares! Esperamos que muitos atendam a esse chamado, que se inspirem com o convite da sustentabilidade a um novo estilo de vida, e que a sensação de liberdade e conexão com o que mais vale a pena na vida – o bem-estar, a alegria de viver, a natureza, a família e os amigos – façam parte do seu dia a dia na volta para casa!

Cuide também do seu destino. PASSAPORTE VERDE - Embarque neste movimento!

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

           Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram

Carona Segura – Agora também aqui no Brasil

Estamos atualizando este post.

blablacar

março/2016 - O APP TRIPDA (descrito na parte inferior deste artigo) foi descontinuado. Em seu lugar, chegou o Bla Bla Car, que também pode ser encontrado na PlayStore e na APP Store. Funciona da mesma forma que seu antecessor. Acreditamos que as bases de viajantes tenham sido absorvidas, mantendo o histórico de avaliações entre caroneiros e motoristas.

Economize nas suas viagens! A BlaBlaCar conecta quem procura viagem com quem tem espaço livre no carro, para dividir os custos da viagem.

ENCONTRAR VIAGENS:
Viaje a preços imbatíveis: SP-Campinas R$15, SP-Rio R$60, Rio-Juiz de Fora R$25, SP-Guarujá R$15. Mais prático que ônibus e a metade do preço!
• Procure uma viagem, muito mais confortável.
• Escolha uma viagem e reserve seu lugar.
• Viaje com mais pessoas e economize!

OFERECER VIAGENS:
Não viaje sozinho com lugares vazios no carro, compartilhe seu trajeto com outros passageiros e cubra os gastos com a gasolina!
• Publique uma viagem em poucos segundos.
• Receba notificações sempre que um passageiro pedir um lugar no seu carro.
• Viaje com mais pessoas e divida o valor da gasolina.

A BlaBlaCar é uma plataforma de compartilhamento comunitária, não um serviço de transporte profissional. O valor por passageiro tem um limite, garantindo aos condutores de cobrir os gastos com a gasolina sem obter lucros. Para conhecer um pouco mais da rotina do APP, veja o filme a seguir:

  separador

  O APP abaixo foi descontinuado

Viajando com Economia e conhecendo gente legal

caronas

Quem não curte viajar por todos os lugares a fim de conhecer gente nova, belas paisagens, novas culturas e gastar pouco com isso? Todo mundo, né?! Com uma proposta totalmente sustentável e social, a Tripda, nova plataforma de caronas é a maneira mais rápida de viajar, com custo baixo e ainda conhecendo gente nova.

Na Tripda você pode tanto oferecer, quanto pegar carona, e para se cadastrar você deve logar no site com o seu Facebook, que importa seus dados e logo depois você deve completar com algumas informações. Quem optar por “procurar carona” deve colocar o local de saída e o local para onde quer ir, a data e pesquisar. A plataforma vai mostrar as rotas mais rápidas e econômicas que estão sendo oferecidas e fica ao seu critério a escolha. Já quem optar em “oferecer carona” deve cadastrar a viagem, colocando a rota, datas e horários, fornecer informações do carro e quantidade de vagas e só aguardar pela confirmação de uma carona.

tripda

O site é fácil de usar, seguro e após reservar qualquer carona o motorista recebe uma notificação para aceitar a viagem e você que reservou, também recebe um alerta com o contato do motorista e as informações do trajeto. Ao final da viagem ambos podem se avaliar tornando a experiência ainda melhor para novos usuários.

A Tripda atua em suas três dimensões: ambiental – reduzir a emissão de poluentes no meio ambiente, econômica – benefícios para ambos as partes, sendo o principal deles o compartilhamento dos custos da viagem, e social – interação social entre pessoas da nossa plataforma ao oferecer e pegar uma carona.

Seja para o interior, cidade vizinha ou outro estado, indo de carona é ainda mais confortável e na companhia de mais pessoas a viagem fica ainda mais divertida. Conheça a plataforma de carona Tripda, faça amigos, viaje seguro e faça economia.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Plante uma árvore na Serra do Gandarela

logoikkebana

“Plante uma árvore” é uma campanha da Ikebana Flores que tem a participação dos blogueiros e internautas. Na campanha além do engajamento para debater sobre a exploração da Serra do Gandarela também são realizados plantios periodicamente. Toda a sua divulgação feita pelo Coletivo Cirandar.

Paralelo às ações políticas, cada cidadão consciente e sustentável deve fazer a sua parte diariamente. A Serra do Gandarela é alvo de diversos olhares, pois além de ser uma imensa área que ainda está preservada possui em sua extensão muita riqueza com possibilidades de exploração. Por esse motivo, convidamos a todos para que conheçam a nossa campanha, participem e saibam mais sobre a nossa Serra do Gandarela. Abrigo de um manancial de água de qualidade com as Bacias do Rio das Velhas e São Francisco, a serra abastece diversos municípios mineiros. Com biomas de Mata Atlântica, vegetação rupestre e expansão de cangas ferruginosas, a Serra fica localizada a 40 km da capital mineira.

ikebana01

A cada link sobre a campanha uma muda é semeada em nome do blogueiro que se posiciona e apoia o projeto. Recentemente o segundo plantio foi realizado. No dia 23 de outubro 150 mudas foram semeadas. Veja o álbum de fotos com o plantio ocorrido em 23 de outubro, na página da Ikebana Flores, no Facebook. 

Assista abaixo ao vídeo do plantio e se identifique com essa campanha, que se tornou a voz do Brasil nas redes sociais.

Pedimos aos amigos leitores e aos que mantêm blogs ativos, que participem e nos ajudem a divulgar e proteger a Serra do Gandarela.
Gandarela precisa ser preservada por unidades de conservação para evitar queimadas, desmatamentos e a exploração do Minério de Ferro irregular. Para ter a participação efetivada e a muda plantada em seu nome, a internauta posta o link com o conteúdo exclusivo em seu site ou blog.

ikebana04 ikebana03

Mudas do cerrado também estão sendo doadas durante a campanha: ipê amarelo, ipê branco, sucupira, pata de vaca, tamarino e peroba. Basta vir a Ikebana Flores – Av. Getúlio Vargas, 1697, Savassi; de 2ª feira a 6ª feira, no horário de 10h00 às 19h00. A floricultura on line vai divulgar através de vídeos e fotos as atividades do plantio. Participe, é bem simples e você ajuda o parque plantando a sua muda!

ikebana02

Seja mais um propagador da campanha “Plante uma Árvore”.

                                  Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Serra da Gandarela em MG, mais uma fase de plantio de mudas - 2016
Serra da Gandarela – MG – 4 fase do plantio de mudas - 2015

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.