Mostrando postagens com marcador Campings. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Campings. Mostrar todas as postagens

Inverno - 5 campings para aproveitar a estação gelada

sinal_de_acampamento_de_inverno

junho/2017– O inverno nem chegou e já estamos enfrentando temperaturas abaixo de zero no sul e sudeste do Brasil.
Acampar nestes tempos pode conferir muito charme e prazer aos campistas, mas também alguns perrengues para aqueles que se deixam pegar despreparados.
A máxima que diz:
NÃO EXISTE FRIO, EXISTE EQUIPAMENTO INADEQUADO”,
é a mais pura verdade e, ver-se aprisionado numa situação difícil, pode ser muito traumático. Dentre os campings que já visitamos, selecionamos 5 deles (até 300kms do Rio de Janeiro), para sugerir uma investida neste inverno. Alguns ainda planejam atividades típicas da estação, como as deliciosas festas juninas e julinas. Veja mais… >>>

Visconde de Mauá, Maringá e Maromba no Rio de Janeiro

visconde-de-maua-em-2-rodas

relembrando 2003 e 2009 – nossa paixão pela região de Visconde de Mauá, Maromba e Maringá é antiga. Chegamos mesmo a manter um chalé alugado pelo ano inteiro em Maringá.
Seja no inverno ou no verão, o charme do lugar é o maior atrativo. A natureza, representada pelas muitas e lindas cachoeiras, é a razão principal da grande procura pelos turistas do Rio de Janeiro, Minas e São Paulo. Veja mais… […]

Campings e Áreas de Estacionamento na Europa

                                          
                                                                   ESPANHA
Nome do Camping ou Estacionamento e link oficial Nossa Opinião e Fotos Última Visita
Toledo – Área de Estacionamento para Motorcasa (MH) Nossa Opinião e Fotos maio/2017


                                                                   HOLANDA
Nome do Camping ou Estacionamento e link oficial Nossa Opinião e Fotos Última Visita
Amsterdam - Lucky Lake Hostel Nossa Opinião e Fotos janeiro/2017


Para ver os campings visitados no Brasil, clique aqui.
Para ver os campings visitados na América do Sul, clique aqui.
Para ver o mapa com os campings visitados, clique aqui.

Viajar muda a sua vida como poucas coisas podem mudar.
Viajar vai te colocar em lugares que te forçarão a pensar em questões muito maiores.
Você vai começar a entender que o mundo é, ao mesmo tempo, muito grande e muito pequeno.
Você terá mais respeito pela dor e sofrimento, visto que dois terços da humanidade lutam para simplesmente garantir uma refeição a cada dia.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Arraial do Cabo, RJ e suas águas caribenhas

arraial-do-cabo-praia-brava

janeiro/2017 - Também chamado de Paraíso do Atlântico e Capital do Mergulho. Quantas vezes formos (2002, 2004, 2005, 2014), ainda assim acharemos beleza nas mesmas praias, costões, grutas e ilhas.
Fica a 140 km do Rio de Janeiro, entre Búzios e Cabo Frio (N) e Saquarema, Araruama e São Pedro D´Aldeia (O).
Nossas praias favoritas são a do Farol, do Forno e Prainhas. Se vai pescar ou passar muito tempo no mar sem estar habituado, previna-se tomando um remédio para enjoo. Assim você não vai estragar o seu passeio e daqueles que estão ao seu lado. O mar é calmo, mas algumas transições balançam bem. A cidade conta com uma estrutura de pousadas e hotéis razoável. A internet está aí para ajudar na sua escolha. Lá já ficamos na Pousada do Capitão, na Terra do Sol, no Albergue da Marina dos Anjos. Veja mais… […]

Caravanistas do norte da Europa descem para o Alentejo

Castro-Verde

dezembro/2016 – o frio está deslocando os turistas da Finlândia, Holanda, Reino Unido, Irlanda, Noruega, Dinamarca,… para o clima mais agradável da região do Alentejo, em Portugal.
A temperatura média nessa época do ano na vila de Castro Verde é de 16ºC durante o dia. O Parque de Campismo Municipal de Castro Verde recebe em média 4.500 campistas e caravanistas por ano. E pasmem..!!?? A diária de um motorcasa sai por R$13,30 mais R$9,50 por ocupante adulto, mais R$8,00 de energia (opcional). Ou seja, um casal em motorcasa paga a diária de R$40,00. Enquanto por aqui, os campings estão cobrando R$50,00 por pessoa, fora energia, na baixa temporada. Veja mais… […]

Guarapari – ES, Prado e Abrolhos – BA

partindo

relembrando setembro/2013 - Resumo da Viagem:
Partimos de Teresópolis, com destino a Guarapari-ES, onde pernoitamos no CCB-ES01. Aproveitamos para ficar mais um dia e conhecer melhor o camping e a praia de Setiba. Voltamos a estrada, com destino a Prado-BA, direto ao CCB-BA03, na Praia do Farol.
Escolhemos Prado porque nosso principal objetivo era o de visitar o Parque Nacional de Abrolhos e avistar as baleias Jubarte que visitam nossa costa de julho a novembro. Veja mais… […]

Horário de Silêncio nos campings

placa-aviso-horario-de-silencio

dezembro/2016 – estamos com as grandes festas logo na esquina do calendário. Natal, Ano Novo e a seguir o Carnaval. As áreas de campismo já estão reservando seus espaços buscando, se possível, lotação máxima.
Com isso, as chances de conflito são grandes e não muito raras. Os que enxergam o campismo como lazer, natureza, tranquilidade, paz e a tão esperada chance de se afastar do stress da vida na cidade contrapõem-se aos que entendem que o campismo é sinônimo de plena liberdade e isenção total às regras de boa vizinhança e convivência. Observe-se que as celebrações de Natal e Ano Novo, em família, nada tem em comum com as festas que viram madrugada sem limites. Eventos dessa monta devem ocorrer em espaço próprio, não no meio das barracas ou estacionamento de VR´s. Se você sabe do que estamos falando, continue a ler este artigo… […]

Ilhabela – Litoral Norte Paulista

ilhabela

Relembrando maio/2013 - Situada ao norte do litoral paulista, Ilhabela é uma das maiores ilhas oceânicas brasileiras em uma das mais belas regiões do País.
Separada do continente pelo canal São Sebastião, seu acesso é feito via balsa. São cerca de 42 praias com diferentes estilos.
São citadas centenas de cachoeiras plantadas numa das maiores reservas de Mata Atlântica. Veja mais… […]

Turistas preferem hospedagens alternativas

17_10_2016_camping_parque_da_cachoeira

novembro/2016 – O Ministério do Turismo divulgou, recentemente, o boletim de intenção de viagem dos brasileiros, referente ao mês de setembro/2016.
Contabiliza que 11,2% dos brasileiros que pretendem viajar nos próximos 6 meses afirmam preferir meios alternativos de hospedagem (campings e albergues).
Afirma ainda que essa opção de hospedagem também conquista os viajantes internacionais, na ordem de 315 mil turistas em 2015 em viagem pelo Brasil. Veja a íntegra da matéria a seguir… […]

Campings em São Paulo Capital – Não é campismo, é assistencialismo

barracas-de-moradores-de-rua

novembro/2016 - São Paulo, através da futura Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social está pensando em instalar campings na capital, como forma de solucionar os problemas de moradores de rua.
Um especialista no assunto está envolvido como consultor. Quem será?
Isso não pode ser chamado de camping ou campismo. O nome correto é Campo de Refugiados Sociais. Preocupa a essência dessa ideia, que pode ser a criação de favelas de lona no meio da cidade. Vejam a íntegra da matéria, publicada na imprensa de hoje (11/11/2016), a seguir… […]

Dia das Crianças – Vamos acampar?

acampamento-com-criancas

outubro/2016 – retirar as crianças do dia a dia eletrônico e encaixá-las num ambiente natural nem sempre é fácil.
Precisamos de um bom incentivo para essa troca de atenções.
Que tal um acampamento? Incluindo atividades como banhos de cachoeira, piscina, arvorismo, tirolesa, muros de escalada, rapel, paintball, … Isso sem esquecer as emoções da noite, com a caça e identificação de insetos, vagalumes, rodas de papo e histórias. São momentos para troca de informações importantes sobre sustentabilidade e quem sabe, até aprender com os pequenos.
Mas e o conforto? Não se preocupe com isso. A maioria dos campings tem ótima infra-estrutura. Se você não tem uma barraca equipada, pense em alugar um trailer. Será uma grande novidade para a garotada. Eles vão ter muito o que contar aos amigos na volta da viagem e vocês vão ter a lembrança de ótimos momentos em família.

Veja na lista de campings que já visitamos o que mais próximo se encontra de você. Conheça sua estrutura, ligue e saia para uma aventura diferente. Muitos deles aceitam seu amigo de 4 patas. Vai transformar sua aventura mais agradável ainda.

Camping Urbano - São Paulo Capital

AkiHostel_Logo_Final

setembro/2016 – esta é a novidade campista produzida por São Paulo. O primeiro Camping Urbano que temos conhecimento no Brasil, muito embora exista desde 2015.
O AkiHostel aplicou grama sintética na laje de seu prédio, instalou uma cobertura (mais recente) para proteção da chuva e do sol e pronto. Está em funcionamento o primeiro camping urbano de SP. Veja mais… […]

Glamping – Combinação de Glamour e Campismo

glamping-1

agosto/2016 – a expressão Glamping significa a junção das palavras “glamurous” e “camping”. No glamping você dorme em camas confortáveis, tem acesso a alimentos melhores, ou seja, tem um pouco da sua vida e mordomia da cidade, mas ainda acampando no meio da vida selvagem.
Essa prática vem crescendo no exterior. Por aqui já temos alguns casos de sucesso também.
Na Europa e nos Estados Unidos vem fazendo muito sucesso, aliando o luxo e o requinte de um hotel ao convívio com a natureza. O Glamping proporciona férias diferentes em elegantes e sofisticadas barracas, sem a tradicional “função” do campismo tradicional. Não vamos discutir se a essência do campismo está sendo comprometida. Nem todos podem ou tem condições físicas de promover ou participar de uma acampada, digamos, original. Veja mais… […]

Paintball no Camping Clube Quinta da Barra – Teresópolis

action-paintball-quinta-da-barra

janeiro/2017 – Esta atração foi desativada no Camping Quinta da Barra, agora em janeiro/2017. Uma pena.


agosto/2016 – a mais nova atração do Camping Clube Quinta da Barra em Teresópolis é o recém inaugurado campo da Action Paintball.
Ambientado na boca da mata, utiliza carcaças de carros, barreiras de pneus, estruturas e esconderijos para todo o gosto.
O serviço é completo, com uniformes, proteções (capacetes, viseiras, protetores de pescoço, luvas) e armas de pressão regulável para atender às características de cada grupo. Isso tudo instalado dentro do verde de nosso camping, facilitando o acesso a estrutura de restaurante, piscina, barracas, etc. Veja mais… […]

Campismo de qualidade em Portugal

bandeira-portugal-campismo

julho/2016 – O campismo em Portugal é praticado a preços muito acessíveis sem, contudo, comprometer a qualidade dos serviços prestados.
Podemos até adjetivar como um “campismo de luxo”, dada a oferta de atividades disponíveis e a qualidade das instalações do complexo.
Isso sem contar com as belezas associadas ao lugares destinados ao lazer do campista, seja de barraca ou veículo de recreação(VR). Fizemos algumas comparações entre o Euro e o Real, para deixar você de boca aberta. Veja mais… […]

Festa Junina do Quinta da Barra - Teresópolis

festa-julina-quinta-da-barra-2016

julho/2016Você não pode vir?
Então veja como foi e programe-se para não perder novamente.
O Camping Clube Quinta da Barra preparou com muito carinho a festa deste ano (2016).
A presença dos campistas e visitantes foi intensa e muito participativa.
A quadra poli esportiva recebeu muitas barracas de comidas, bebidas, brincadeiras e foi palco da grande quadrilha comandada pelos amigos Marcelo e Ivan. Veja mais… […]

Olimpíadas 2016 – Onde parar seu RV

rio-2016

junho-2016Você vem com seu MotorHome para acompanhar as Olimpíadas no Rio de Janeiro?
Saiba então, onde pode estacionar seu VR com segurança. Para quem acompanhou a confusão resultante do despreparo da cidade durante a Copa do Mundo, sabe do que estamos falando. Fomos invadidos por centenas de VR´s vindos da Argentina, Paraguai e Uruguai que, por falta de opção, fizeram de nossa cidade uma grande bagunça. Desta vez a prefeitura se antecipou e já definiu um local para atender com mais qualidade o turista e seus veículos de recreação. Veja mais… […]

Inverno - 5 campings para aproveitar a estação gelada

sinal_de_acampamento_de_inverno

junho/2016 – O inverno nem chegou e já estamos enfrentando temperaturas abaixo de zero no sul e sudeste do Brasil.
Acampar nestes tempos pode conferir muito charme e prazer aos campistas, mas também alguns perrengues para aqueles que se deixam pegar despreparados.
A máxima que diz:
NÃO EXISTE FRIO, EXISTE EQUIPAMENTO INADEQUADO”,
é a mais pura verdade e, ver-se aprisionado numa situação difícil, pode ser muito traumático. Dentre os campings que já visitamos, selecionamos 5 deles (até 300kms do Rio de Janeiro), para sugerir uma investida neste inverno. Alguns ainda planejam atividades típicas da estação, como as deliciosas festas juninas e julinas. Veja mais… […]

  1. Camping Dona Esmeralda – Serra da Bocaina – São José do Barreiro/SP. Distante apenas 177kms do Rio de Janeiro é uma das nossas opções preferidas. A estrutura do camping é completa, com muito espaço e uma grande oferta de água.
    As opções para passeios são muitas (clique aqui).
    Veja como foi nossa passagem por lá ano passado (clique aqui).
    A Festa Julina deste ano, ocorre agora, em 09/07 e promete ser muito animada, sem falar na excepcional hospitalidade dos administradores e proprietários. Veja mais na página do camping no Facebook.

  2. Camping Clube Quinta da Barra – Teresópolis/RJ. Somos suspeitos para falar destequinta-da-barra camping. Afinal é aqui que mantemos nosso trailer/casa e nossa camper para viagens. É um camping muito querido, com bastante espaço e ótima estrutura. O outono já nos trouxe temperaturas bem baixas (0ºC). Se assim continuar, este inverno vai surpreender.
    O local é muito agradável, tranquilo e silencioso, protegido por mata preservada, no bairro Quinta da Barra, a 10 minutos do centro de Teresópolis (visita obrigatória ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos).
    Para saber mais sobre o camping, clique aqui.
    A Festa Julina também será no dia 09/07. Antecipe-se caso queira alugar algum trailer ou chalé. Para saber todos os detalhes da festa, consulte o evento na página do camping no Facebook.

  3. CCB de Muri – Nova Friburgo/RJ. Um de nossos favoritos também. Com a clássicacamping-clube-do-brasil estrutura do CCB, este camping tem o privilégio de estar plantado numa região de serra abençoada com muita água e um clima especial. Tudo funciona muito bem.
    A administrador e amigo João realiza todo mês um evento social, integrando os campistas mensalistas e os visitantes.
    A esperada festa julina será no dia 23/07 e nós estaremos lá. Venha você também.
    Para saber mais informações sobre o camping, clique aqui.
    Quer algumas dicas do que fazer na região? Clique aqui.

  4. Camping de Tiradentes – Tiradentes/MG. Na linda Tiradentes, fica o campingtiradentes administrado pelo querido casal Sr. Luiz e D. Isabel. Fica distante apenas 4kms do centro de Tiradentes, ou se você quiser caminhar pela linha do trem, serão somente 3kms até a estação da Maria Fumaça.
    Não podemos esquecer de registrar as delícias que saem da cozinha de D. Isabel. Vai um pão de queijo de panela?
    Além de visitar a linda Tiradentes e arredores, não se esqueça de fazer uma incursão na Serra de São José. Estivemos lá. Veja clicando aqui.
    Para conhecer melhor o camping, clique aqui.

  5. CCB da Serrinha do Alambari – Resende/RJ. Considerado por nós, até o momento, camping-clube-do-brasilcomo o mais bonito dentre todos que já visitamos. Localizado entre Penedo e Visconde de Mauá, no local chamado de Serrinha do Alambari-RJ, nos surpreendeu com a beleza natural, a amplitude dos espaços, a conservação e o cuidado com os detalhes.
    A beleza natural é o principal atrativo do lugar. Inúmeras cachoeiras, trilhas estão ao alcance de todos os campistas.
    Uma das principais festas de inverno é a tradicional Queijos e Vinhos, já na sua 44ª edição, que ocorreu em maio deste ano, durante o feriado de Corpus Christi. Estivemos lá. Saiba como foi clicando aqui.
    Conheça mais sobre o camping, clicando aqui. O que mais há para se fazer na Serrinha do Alambari? Muita coisa (clique aqui)

Mas e o frio? Colecionamos algumas dicas interessantes, para que seu acampamento de inverno seja um sucesso.

  • Não subestime o frio do lugar para onde você vai! Especialmente em lugares altos,saco-de-dormir pode fazer calor de dia, mas de noite esfria e venta muito. Leve um saco de dormir que aguente o tranco e roupas que esquentem bem. Uma dica legal também é fazer alguns polichinelos antes de entrar no saco. Isso fará com que o calor do seu corpo aumente, e logo em seguida você poderá entrar no saco de dormir. O saco de dormir não foi feito pra esquentar, ele apenas segura o seu calor corporal. Lembre-se também de utilizar um isolante térmico por baixo do saco de dormir. Colchões de ar não são muito aconselháveis no frio pois esfriam rapidamente.
  • Tenha uma barraca com resistência à chuva. Passar frio é ruim, mas passar frio molhado além de ser ruim é perigoso! Prepare-se.
  • Certifique-se que deixou sua barraca ventilada para a noite. Por mais frio que esteja lá fora, a barraca irá condensar por dentro com o calor de seu corpo e deverá estar ventilada para minimizar esta condensação.
    Se a barraca não estiver ventilada você acordará todo molhado, com o sobre teto da barraca repleto por gotí­culas d’água.
  • Escolha um local apropriado para montar sua barraca, de preferência abrigado do vento e que receba o sol da manhã, para secar seu equipamento e o sereno que sua barraca recebeu durante a noite. Tenha certeza que o chão não empoça…
    Não monte sua barraca em baixo de árvores, pois enquanto você dorme um galho enorme pode cair em sua cabeça que você não vai nem ver, evite montar sua barraca em terrenos esburacados, caso chova formarão poças d’água gigante em baixo de sua barraca.
  • Tenha um bom isolante térmico, que o afaste do frio do chão. Uma dica legal que você pode usar, também, são os cobertores de emergência como chão dentro da barraca, para aumentar o isolamento.
  • Deixe em casa duas coisas muito importantes para o dia a dia das cidades e absolutamente supérfluas/quase perigosas para o dia a dia ao ar livre: calça jeans e camisetas de algodão. Ambas demoram para secar e não esquentam quando molhadas. Pelo contrário, resfriam tremendamente e, claro, te deixam gelado!
  • Não esqueça de um bom par de meias, luvas, cachecol e um excelente gorro, pelo menos 25% do calor do corpo sai pela cabeça…
  • Garrafas PETs podem servir de saco de água quente. Encha-as com água quente e coloque-as dentro do saco de dormir (bem fechadas), para esquentar.
  • Os dias são mais curtos no inverno, ou seja, a noite chega mais cedo. Planeje sua caminhada ou qualquer outra atividade de acordo com os horários do sol, para que você tenha tempo suficiente de armar o acampamento antes da noite chegar. O fim da tarde costuma ser um horário bastante frio. Se você já puder estar com tudo pronto e aquecido com uma roupa limpa e seca será muito melhor.
    fonte: nautika.com.br

Outra excelente matéria são as 25 dicas formuladas pelo pessoal do fuiacampar.com.br. Vale uma leitura atenta.pets-no-frio

E não esqueça de seus animais de estimação. Lembre que todo o frio que você pode estar sentindo, eles também estarão. Equipe seu PET com o que for necessário para seu conforto. Uma forma de saber se seu amigo de 4 patas está passando frio, é checar a temperatura da ponta de sua orelha. Se estiver muito fria, trate de aquece-lo. Na dúvida, melhor não levá-lo.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

As 10 melhores praias do Brasil
Os 10 melhores hostels do Brasil
Backpacking light – Matéria da Revista Papo de Montanha

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Pets Campistas e Campings Pet Friendly

pet-campista

junho/2016PET FRIENDLY (pode ser traduzido como “amigos de animais de estimação”) é uma tendência mundial, seja em restaurantes, hotéis e pousadas, companhias aéreas e marítimas,…
Como forma de atrair uma parcela considerável de clientes, que fazem questão de viajar e partilhar seus momentos de lazer com seus amigos de 4 patas, os empresários do turismo começam a quebrar essa antiga resistência. E os nossos campings? Como estão encarando nossos mascotes? Veja mais… […]

Os números impressionam

44,3% dos lares brasileiros tem pelo menos um cão
17,7% tem ao menos um gato
Paraná é o estado em que mais casas têm cão
52 milhões de cães e 22 milhões de gato em 40,4 milhões de casas
Existem mais animais de estimação (74 milhões) que crianças (44,9 milhões)

criancas-animais

O assunto deixou de ser uma tendência, para se tornar uma realidade inquestionável. Levar seu animal de estimação (considerado parte integrante da família), para as atividades de lazer é uma prática cultural histórica. Os benefícios da convivência com os animais de estimação são inúmeros. As vantagens vão da redução da pressão arterial à melhora na depressão. Dentre os principais estão a melhora da auto estima, o aumento da prática de atividades físicas e maior convívio social. As vantagens da convivência com animais se estendem da infância à terceira idade. Por ser uma etapa da vida repleta de aprendizados diários, a infância beneficia-se do contato com um animal de estimação pelo auxílio no aprendizado de valores como respeito, cuidado e responsabilidade, além de ter no pet um carinhoso e animado companheiro para os momentos de diversão e brincadeiras.passeando-com-seu-animal-de-estimacao

Já para a terceira idade, etapa em que é comum um maior afastamento dos familiares e isolamento social devido ao ritmo mais desacelerado de vida, o animal é o companheiro ideal de todas as horas, sempre disponível para oferecer carinho e companhia, além de contribuir também para o resgate da sensação de prazer relacionada ao cuidado com o outro (alimentação, cuidados com a saúde e higiene etc.).

E os campings? Estão preparados para bem receber campistas e seus pets?

Eu responderia que ainda não, mas isso está mudando. A despeito de muitos e bons esforços nesse sentido, ainda existe uma considerável refração a ideia de conviver com nossos animais. É claro que REGRAS DE COMPORTAMENTO precisam e devem ser editadas e respeitadas. Aos que não couber ENQUADRAMENTO, devem ser convidados a se retirar, em benefício dos demais. Animais com atitudes agressivas ou comportamentos excessivamente agitados e barulhentos, comprometem a tranquilidade dos demais animais e usuários. Esse filtro comportamental não é uma exclusividade dos animais. Muitos humanos também não sabem se comportar em comunidade.

Em nossa recente viagem ao Uruguai, visitamos 6 campings. Todos continham em seus regulamentos, restrições a presença de animais de estimação. Nossa técnica foi a de não trazer a tona esta questão (não vimos, não lemos, não ouvimos). Como nosso gato Fredy é muito tranquilo, não tivemos dificuldades de mantê-lo dentro de nosso equipamento e as saídas para passeios foram feitas em horários mais reservados.

Aqui no Brasil, seguimos a mesma técnica. Com isso, acabamos por descobrir que a restrição nopets-welcome regulamento tem caráter simbólico (velado). Agrada a quem não quer conviver com animais, mas não representa uma regra irrecorrível. De dezembro/2015 a fevereiro/2016, visitamos 14 campings, do Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul. Destes, 10 eram PET FRIENDLY, 1 possuía área reservada para motorhomes com animais e 3 tinham regras rígidas contra a presença de animais.

Quer nos parecer que algumas administrações não sabem lidar com essa tendência. Alguns preferem tratar caso a caso, evitando assumir uma postura favorável ou não. Essa ausência de critérios acaba por produzir atritos entre usuários, independente da ocorrência de transtornos. Muito parecido com o quase nunca cumprido horário de silêncio divulgado em regulamentos e placas ostensivas onde a tolerância funciona de acordo com o freguês.  

Onde você pode acampar com seu animal de estimação? Em qualquer CCB, ainda em atividade. Essa é uma interessante constatação. A presença dos animais de companhia sempre esteve atrelada ao campismo, desde a época áurea do CCB (década de 60/70). Em nossa lista de Campings Visitados no Brasil, você vai encontrar a indicação dos que são e os que não são PET FRIENDLY.

Como melhorar a receptividade dos campings? Atuando como formadores de opinião. Em cada camping que visitamos e encontramos alguma restrição, procuramos conduzir uma discussão inteligente e, ao mesmo tempo comercial, das vantagens em se tornar mais acessível, de se atualizar em relação às tendências, além de apresentar casos de sucesso. Ligados aos animais estão famílias e família é sinônimo de consumo, de lucro. É claro que  este assunto nunca será uma unanimidade, mas resistir indefinidamente não é sinal de esperteza.

gatodorme

Em nossas andanças conhecemos muitos amigos de estrada que evitam levar seus mascotes. Alguns com razão, já que seus animais não atendem aos princípios mínimos de convivência, perturbando a tranquilidade do próximo. Outros comentam da dificuldade de aceitação dos campings. Em viagens longas é certo encontrar campings refratários a animais. E aí, o que fazer com o animal dentro do carro ou do motorhome? Planejamento e negociação prévia ajuda. É assim que fazemos. Mas também conhecemos outros tantos que fazem questão de estar com seus companheiros de 4 patas seja aonde for, dentro ou fora do país.

  • Nossos amigos Luiz e Francini Luz, levam as gatas Athena e Cristal em seu motorhome. São irmãs, com 5 anos. “A última viagem delas deluis-e-francini-2 motorhome foi para Argentina e Chile em dezembro de 2015. Elas ficam super bem dentro do motorhome, viajam tranquilas, andam durante o movimento, dormem muito durante a viagem, principalmente no colo do motorista, meu marido Luiz e no meu colo também. Elas estranham o ambiente do motorhome apenas no primeiro dia, depois disso, sabem que ali é a nova casa delas e se sentem seguras com a sua família. Nos campings, infelizmente, é mais difícil sair com elas, porque sempre tem muitos cães e a presença deles pode assustá-las.
    Quando possível, geralmente à noite, elas saem para um pequeno passeio, sempre usando a guia. No Chile e Argentina, elas saíam todos os dias para um pequeno passeio, sempre próximo ao motorhome. Por medida de segurança deixamos a porta do motorhome sempre aberta, para um retorno rápido em caso de perigo (cães soltos). Curiosidade importante: numa das luis-e-francini-3paradas para pernoite em posto de combustível da Argentina, passamos por um susto. Estávamos no passeio noturno com as gatas na parte de trás do posto, onde tinha uma grama e estava bem tranquilo. Estávamos em dois motorhomes que estavam estacionados um pouco mais distante. Estava frio e as portas estavam fechadas; Nosso amigo, proprietário do outro motorhome, que adora gatos se aproximou, porém fez um gesto que acabou por assustar a Cristal que estava com a guia sendo segurada por meu marido Luiz. Então, de súbito, ela correu e a guia escapou da mão dele. Imagina o desespero!!! Porém, para a nossa luis-e-francini-4surpresa, ela correu exatamente para a porta do nosso motorhome, que estava fechada; ela estava assustada, mas soube reconhecer, de longe, qual era a casa dela. Tivemos muito medo de perdê-la naquele episódio, por isso à partir daquele dia, sempre deixamos a porta aberta. O mais interessante, neste caso, foi observar a capacidade de reconhecimento da casa, mesmo essa sendo uma casa rodante, que estava estacionada em local totalmente desconhecido.

luis-e-francini-1

nelson-maria-e-lana

  • O casal campista Nelson e Maria João Proença acampam com o gato Fred e a cadela Lana (ambos com 10 anos). Personagens assíduos nos campings receptivos. São extremamente tranquilos, educados e obedientes. O casal tem por regra só frequentar campings onde seus mascotes sejam bem vindos. Durante a noite dormem juntos em seu quarto privativo. Jamais abandonam a área da barraca sem a companhia de seus donos.

lana-e-fred-1

 lana-e-fred-em-seu-quartolana-em-frente-da-barraca

mimosa-pronta-pra-viagem

  • O casal Anderson (Delegado) e Shirlene também acampa com sua gata, a Mimosa (4). Tão dengosa quanto o nome possa sugerir, Mimosa se coloca em evidência, quando os preparativos de viagem começam.  Sua confortável caminha é ambientada com os mesmos elementos de casa, transportando os mesmos cheiros e a mesma sensação de segurança, tão importante para os animais, principalmente os gatos. Os ambientes naturais dos campings são um atrativo a mais para aguçar a curiosidade dos gatos e cães.

Anderson-e-shirlenemimosa-acampando

shirlene-e-mimosamimosa-na-cama-ambientada

Fredy-pronto-pra-viagem

  • Nosso Fredy, companheiro de todas as viagens, sente-se completamente à vontade dentro da Camper. Sempre que chegamos em algum camping, o Fredy realiza sua vistoria na região que circunda a casa (camper). Qualquer anomalia, animal estranho, toca ou buraco nos é apresentado, em tempo de decidir por outro posicionamento.
  • Durante os dois passeios diários, vai expandindo seus domínios, colecionando novos cheiros, sons e experiências, estimulando seus sentidos e instintos. Reconhece a Camper como seu porto seguro, e dali observa todos os movimentos. Durante o deslocamento, Fredy ocupa o banco traseiro com sua cama, caixa higiênica e sua caixa de transporte. Contrariando o que muitas pessoas pensam, o gato se porta melhor que o cachorro dentro do carro. Os pequenos espaços dão a segurança e conforto primeiros-socorrosnecessários para seu sono tranquilo.
    Para a segurança e saúde do Fredy, levamos um Kit de Primeiros Socorros exclusivo para a ele, incluindo aí medicamentos de emergência especialmente preparados pela sua veterinária. Cada um com seu uso e aplicação específica. Uma intoxicação inesperada pode ser muito perigosa para o gato, em local remoto e sem socorro imediato. Calculamos e estocamos a quantidade necessária de ração para a viagem, evitando soluções de última hora que podem desarranjar o animal. A água servida também é muito importante. Fredy gosta muito de beber água na bica, mas definimos alguns limites, quando a origem não é confiável.Fredy-e-sua-barraca-de-ataque
    Completando nossa tranquilidade, o Fredy tem em sua gargantilha todos os telefones e um sinalizador GPS para ajudar na sua localização caso se afaste involuntariamente da sua base num raio de ação de +- 30 metros. Implantado em sua pele leva também um microchip com todas as suas informações de localização e saúde, que pode ser lido em qualquer clínica veterinária. Cuidado nunca é de menos para quem é muito importante.

fredy-gleidys-e-carlos-em-bombinhas

fredy-no-camping-molhes-em-laguna-scfredy-na-praia-em-bombinhas

Olhando os exemplos acima, fica mesmo difícil de entender os motivos que levam alguns campings a proibir a permanência de animais de estimação. Esperamos que essa tendência PET FRIENDLY seja um motivador de mudança para os casos radicais e inegociáveis de proibição que ainda persistem. Excluímos aí os campings instalados dentro de Parques Nacionais e APAs, onde a presença do animal doméstico é uma ameaça à fauna e a flora ali protegidas.

  • Você leva seu animal de estimação nas viagens?
  • Conte um pouco sobre as dificuldades e as alegrias.
  • Tem alguma experiência interessante para compartilhar?

Uma das últimas descobertas científicas, publicadas na prestigiosa revista Science, é que os cachorros amam seus donos com o mesmo amor do bebê por sua mãe. Também afirma-se que conviver com um animal de estimação, olhar sua mascote nos olhos, brincar com ela ouolhos-nos-olhos acariciá-la, produz forte dose de oxitocina, chamada de “molécula do amor”.
Era conhecido que a oxitocina inibe a amídala, a área cerebral encarregada de oferecer respostas ao medo e à agressão. Essa substância, muito presente nos momentos em que nos apaixonamos, também serve para reduzir o medo social.
Se nos humanos a carga de oxitocina costuma diminuir com o desgaste das relações amorosas, não acontece o mesmo com os animais, que sempre são bebês e consideram seu dono, homem ou mulher, como sua mãe. Por isso, considera-se que o amor que um animal sente por nós é inabalável e de absoluta fidelidade. Eles também estão eternamente apaixonados por nós. Exatamente como um bebê por sua mãe.

Dessas armas e desses muros nunca vai nascer essa “molécula do amor” que vive no coração desses seres que nos ensinam a difícil virtude da fidelidade.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Viajando com seu “pet” – animal de estimação
Viajando com seu Animal de Estimação – Legislação e Dicas
TrackR – Perdeu? Achou! – Rastreador de itens perdidos

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.