Mostrando postagens com marcador Artigos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Artigos. Mostrar todas as postagens

Namore uma Garota que Ame Viajar

minha-garota-que-adora-viajar

Eu já encontrei a minha garota que gosta de viajar, e você?

Namore uma garota que viaja! Uma garota que prefira gastar seu dinheiro numa viagem no final de semana, uma viagem bate-e-volta que seja, ao invés de torrar numa promoção do shopping. Ela anda com calçados confortáveis, pois nunca sabe qual distância ela irá andar aquele dia, afinal, ela não reconhece as distâncias como barreiras na vida.
Ela estará na rodoviária com um “mochilão” no próximo final de semana, ou em shows de bandas que você nunca ouviu falar “porque conheci eles a um ano atrás, viajando”.
Ela carrega na bolsa lembranças de vários lugares diferentes, e sempre tem um lanchinho ou uma garrafa d’agua dentro dela, pois vai que ela não volta pra casa naquele dia? É marcada em mil fotos diferentes, de pessoas que moram bem longe dela, coleciona presentinhos que ganhou dos amigos que conheceu pela estrada, tem planos para viajar pelos próximos 5 anos para rever todos que teve que deixar pelo caminho. Encontra pessoas no meio da rua em um lugar bem longe onde jamais você conheceria alguém, e você verá que do outro lado do mundo tem alguém que a olha com o mesmo sorriso bobo que você faz quando a vê. Veja mais… >>>

Inverno - 5 campings para aproveitar a estação gelada

sinal_de_acampamento_de_inverno

junho/2017– O inverno nem chegou e já estamos enfrentando temperaturas abaixo de zero no sul e sudeste do Brasil.
Acampar nestes tempos pode conferir muito charme e prazer aos campistas, mas também alguns perrengues para aqueles que se deixam pegar despreparados.
A máxima que diz:
NÃO EXISTE FRIO, EXISTE EQUIPAMENTO INADEQUADO”,
é a mais pura verdade e, ver-se aprisionado numa situação difícil, pode ser muito traumático. Dentre os campings que já visitamos, selecionamos 5 deles (até 300kms do Rio de Janeiro), para sugerir uma investida neste inverno. Alguns ainda planejam atividades típicas da estação, como as deliciosas festas juninas e julinas. Veja mais… >>>

Kombi cura, muito além de viajar!!

kombi-cura-3maio/2017 – numa época em que as viagens levando a casa sobre rodas ganharam espaço nas diversas mídias, temos visto muitas matérias contando como estes projetos nasceram e como é a vida no mundo do volante e das estradas. Viajar, conhecendo novos lugares, culturas e povos é um sonho comum a todos.
Agregar um objetivo social ao prazer de viajar, distribuindo informação, saúde, bons hábitos alimentares e esclarecer, por onde passam, o significado mais profundo da alimentação vegana, é o foco da Kombi cura. Veja mais… […]

Toyota Hilux Expedition V1 x Nissan Titan Lance Camper

Toyota-hilux-Frontier-titan

abril/2017 – Os projetos especiais que contam com o apoio das fábricas produzem resultados excepcionais.
A robustez combinada com o conforto e as qualidades particulares de cada veículo impressionam os amantes do mundo off-road e daqueles que não estão habituados a pequenos horizontes.

A Geocar, Hurter Offroad, e a Arctic Trucks Iceland trabalharam durante 1 ano para transformar a Hilux de uma pickup 4x4 nesta extraordinária, leve e compacta Camper, pronta para vencer os mais exigentes desafios fora de estrada.
A Nissan entregou a Titan ao lado para a Lance Camper Mfg.Corp, que instalou a Camper Lance 650 sobre sua caçamba, formando um conjunto belíssimo e agressivo. Veja mais sobre estes 2 projetos que, como sempre, estão bem distantes de nossas possibilidades, mas não de nossos desejos… […]

As 11 melhores cachoeiras do Brasil

abril/2016 – Este é um país rico em recursos hídricos. São muitas as opções, algumas imponentes, outras vigorosas e abundantes e algumas pequenas quedas encravadas em ambientes únicos de natureza e flora.
Cada um de nós tem sua cachoeira preferida. Já as pesquisas mais recentes, compiladas através das avaliações dos próprios turistas, apontam para as 11 a seguir. Veja mais… […]

Psoríase e suas formas

A psoríase é uma doença de pele bastante comum, que se caracteriza por lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas. Essas placas aparecem com maior frequência no couro cabeludo, cotovelos e joelhos, mas pés, mãos, unhas e a região genital também podem ser afetados. A extensão da psoríase varia de pequenas lesões localizadas até o comprometimento de toda a pele. A psoríase é uma doença crônica, autoimune - ou seja, onde o organismo ataca ele mesmo - não contagiosa e que pode ser recorrente. Ela tem gravidade variável, podendo apresentar desde formas leves e facilmente tratáveis até casos muito extensos, que levam à incapacidade física, acometendo também as articulações.

TIPOS
São vários os tipos de psoríase que se apresentam e também são tratados de formas diferentes. Dentre eles estão:

PSORÍASE VULGAR OU EM PLACAS:

psoriase-placas-1psoriase-placas-2

É a forma mais comum da doença, caracterizada por lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas, com escamas secas esbranquiçadas ou prateadas que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos. Algumas vezes elas podem coçar, causar dor e atingir todas as partes do corpo, inclusive genitais e dentro da boca do paciente. Nos casos considerados mais graves, a pele ao redor das articulações pode rachar e sangrar.

PSORÍASE INVERTIDA:

psoriase-invertida-1psoriase-invertida-2

É a psoríase em forma de manchas inflamadas e vermelhas que atingem, principalmente, as áreas mais úmidas do corpo, onde normalmente se formam dobras, como nas axilas, virilhas, em baixo dos seios e ao redor dos órgãos genitais. No caso de pessoas com obesidade, esse tipo de psoríase pode ser agravado, da mesma forma quando há sudorese excessiva e atrito na região.

PSORÍASE GUTATA:

psoriase-gutata-1psoriase-gutata-2

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, este tipo da doença é mais comum entre crianças e jovens com menos de 30 anos. A psoríase gutata geralmente é desencadeada por infecções bacterianas, como as de garganta, por exemplo. São formadas pequenas feridas, em forma de gota, que são cobertas por uma fina “escama”. Normalmente aparecem no tronco, pernas, braços e couro cabeludo.

PSORÍASE UNGUEAL:

psoriase-ungueal-1psoriase-ungueal-2

É o tipo de psoríase que afeta os dedos e unhas das mãos e dos pés. Ela faz com que a unha cresça de forma anormal, engrosse e escame, perca a cor, surgindo depressões puntiformes ou manchas amareladas. Em alguns casos a unha acaba por se descolar da carne ou esfarelar.

PSORÍASE PUSTULOSA:

psoriase-pustulosa-1psoriase-pustulosa-2

Esta é uma forma rara de psoríase, em que podem aparecer manchas em todas as partes do corpo ou se concentrar em áreas menores, como pés e mãos. Elas se desenvolvem rapidamente, formando bolhas cheias de pus poucas horas depois da pele se tornar vermelha. Essas bolhas normalmente secam dentro de um ou dois dias, mas podem reaparecer durante vários dias ou semanas, ocasionando febre, calafrios, fadiga e coceira intensa.

PSORÍASE ERITRODÉRMICA:

psoriase-erotrodermica

É o tipo menos comum das psoríases, com lesões generalizadas em 75% do corpo ou mais, com manchas vermelhas que podem coçar ou arder de forma intensa, levando a manifestações sistêmicas.

São vários os fatores que podem desencadear este tipo de psoríase, dentre eles tratamentos intempestivos com o uso ou retirada abrupta de corticosteroides, infecções, queimaduras graves, ou outro tipo de psoríase que foi mal controlada.

PSORÍASE ARTROPÁTICA OU ARTRITE PSORIÁSICA:

Este tipo da doença pode estar relacionada a qualquer forma clínica da psoríase e, além de apresentar inflamação na pele e descamação, a psoríase artropática ou artrite psoriásica, também é caracterizada por fortes dores nas articulações e pode causar rigidez progressiva. Não raro, esta forma vem associada a qualquer uma das demais.

PSORÍASE PALMO-PLANTAR:

psoriase-palmo-plantar-1psoriase-palmo-plantar-2

As lesões aparecem como fissuras nas palmas das mãos e nas solas dos pés.

CAUSAS

Não se sabe a causa exata da psoríase. O que se acredita até agora é que em nosso sistema imunológico existe uma célula conhecida como célula T, que percorre todo o corpo humano em busca de elementos estranhos, como vírus e bactérias, com o intuito de combate-los. Se a pessoa tem psoríase, as células T acabam atacando células saudáveis da pele, como se fosse para cicatrizar uma ferida ou tratar uma infecção.
Isso costuma trazer várias consequências, como a dilatação de vasos sanguíneos e o aumento no número de glóbulos brancos, que avançam para camadas mais externas da pele de forma muito rápida, provocando lesões avermelhadas. Trata-se de um ciclo ininterrupto, que só tem fim com o tratamento adequado.
Acredita-se que a genética tem um papel determinante em boa parte dos casos de psoríase, mas, que fatores ambientais também estejam envolvidos. Uma em cada 3 pessoas com psoríase relata ter um parente com a doença, e acredita-se que até 10% da população geral possa herdar um ou mais genes que predisponham o desenvolvimento da psoríase. No entanto, somente 2% a 3% de fato desenvolvem a doença. Alguns fatores que podem desencadear em psoríase, são:

  • Infecções de garganta e de pele
  • Lesões na pele, como feridas, machucados, queimaduras de sol ou outras de natureza física, química, elétrica, cirúrgica ou inflamatória
  • Estresse
  • Variações climáticas
  • Fumo
  • Consumo excessivo de álcool
  • Medicamentos, como alguns prescritos para transtorno bipolar, pressão alta e malária
  • Alterações bioquímicas, ou seja, do metabolismo de algumas substâncias na pele

FATORES DE RISCO

  • Histórico familiar: talvez este seja o fator de risco mais significativo para psoríase. Quanto mais parentes diagnosticados com a doença o paciente tiver, mais chances de desenvolver a doença.
  • Infecção bacteriana ou viral: pessoas com quadros constantes de infecção têm igualmente mais chances de serem diagnosticadas com a doença.
  • HIV/Aids: pessoas com Aids ou portadoras do vírus HIV, que têm deficiência no sistema imunológico, também são mais propensas a desenvolver a psoríase.
  • Estresse: ele também pode impactar no sistema imunológico.
  • Obesidade: o excesso de peso facilita o desenvolvimento da doença.
  • Fumo: o uso do cigarro não só é um fator de risco para psoríase como também pode determinar o quão grave será a doença.

Considerar também uma variante pouco levada a sério. O excesso de vacinas a que vimos sendo submetidos, seja em campanhas, seja por demanda médica especializada, vem estimulando nosso sistema imunológico em intervalos cada vez menores, produzindo em muitos casos, um desarranjo que se traduz em doenças auto-imunes. A psoríase é uma delas. Vejam este artigo que trata de um estudo da universidade de Kobe no Japão. Doenças auto-imunes, entendendo o gatilho.

A Naltrexona é indicada para todas estas formas, com sucesso em 90% dos casos. Apresente seu médico a terapia da LDN (Low Dose of Naltrexone). Se de todo ele se mantiver fiel aos tratamentos clássicos, com corticoides e cremes, procure um outro médico na lista a seguir e comece nova vida.

Médicos treinados pelo Dr. Lair Ribeiro e ou adeptos do protocolo LDN

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Psoríase – Há solução – Experiência pessoal
LDN – Enfermidades que podem ser tratadas com Naltrexona
Acidez ou Alcalinidade? Qual seu estilo de vida?

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Programa Identidade Jovem. Viajando até de graça!!!

como-fazer-identidade-jovem-sm

março/2016 – Este programa foi lançado em dezembro de 2016 mas, como sempre, muito pouco divulgado.
O jovem de baixa renda inscrito no programa, pode pleitear descontos em shows, espetáculos, eventos culturais e esportivos.
Mas não é só isso!! Que tal descontos de 50% ou até gratuidade em viagens interestaduais? Veja mais… […]

Balanceamento Muscular ou Kinesiology. Já ouviu falar?

Kinesiology

março/2016 – chegamos a esta técnica, pesquisando e padecendo de dores lombares. Quem aprecia as viagens rodoviárias, seja dirigindo ou simplesmente acompanhando está sujeito a desenvolver essas tensões, que também atingem pescoço, ombros e etc.…
Trata-se de uma técnica americana desenvolvida pelo Dr. George Goodheart, há 50 anos, para desativar tensões que bloqueiam os sistemas físico, emocional e mental. Veja mais… […]

Kinesiology-2

Testes musculares leves e pontos reflexos neurolinfáticos e neurovasculares constituem a base da técnica.
É uma técnica natural de reequilíbrio do sistema corpo / mente e que também pode ser usada como complemento a qualquer outro tratamento médico ou terapêutico que se esteja fazendo.
Baseia-se no conhecimento da interligação de músculos, órgãos e emoções, utilizando de testes musculares manuais para localizar os bloqueios e de pontos ou áreas reflexas para a desativação das tensões envolvidas nos bloqueios.
Ao se balancear uma pessoa, como consequência estarão sendo recuperados o funcionamento dos seus músculos, de seus órgãos internos e de suas condicionantes emocionais.
Forma eficiente para o alívio do:

  • stress,
  • bloqueios e tensões emocionais,
  • depressão,
  • tensões e dores musculares,
  • dores de cabeça e
  • enxaqueca

Os resultados após 2 sessões foram excepcionais. Fica aí a dica para os amigos que passam muitas horas na estrada conduzindo suas casas móveis.

Para saber mais sobre a técnica, leia também:

Quem: Mário Cordeiro, instrutor de Balanceamento Muscular do IBBM
Onde: Av. Barão do Rio Branco, 2001, sala 1804 (Ed Century XXI), Centro – Juiz de Fora – MG Tel. 32 3026-6139

                                     Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Dores nas Costas – como evitar nas viagens longas de carro?
Bexiga – Lesões por colisões leves
Acidez ou Alcalinidade? Qual seu estilo de vida?

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Serra da Gandarela em MG, mais uma fase de plantio de mudas

março/2017 – Em 2014 nos engajamos na campanha de replantio e proteção da Serra da Gandarela em Minas Gerais.
A Serra do Gandarela é alvo de diversos olhares, pois além de ser uma imensa área que ainda está preservada possui em sua extensão muita riqueza com possibilidades de exploração.
Naquele ano plantamos uma muda em parceria com a Ikebana Flores. Ao pé da muda, uma plaquinha leva nosso nome, junto a muitos outros blogueiros colaboradores, que se preocupam em divulgar a campanha Plante uma Árvore na Serra da Gandarela. Agora, em novembro de 2016, plantamos nossa segunda muda, em Rio Acima-MG, próximo a cachoeira do Mingu, uma área de aproximadamente 200 M² que compõe essa Serra. Veja mais… […]

Calendário de feriados no Brasil em 2017

teresopolis-soberbo-230

fevereiro/2017 – nossa programação de viagens já está levando em consideração os feriados e feriadões do ano de 2017.
Para se ter uma ideia rápida, dos onze feriados previstos no calendário nacional, dez serão em dias úteis. Desses todos, apenas um cairá numa quarta feira (meio da semana). Ou seja, nove deles “poderão” ser ótimas opções de emenda. Isso, sem falarmos do calendário de feriados regionais, que permitirá aos viajantes mais alguns diazinhos de folga e por que não, de viagens! Veja mais… […]

Incêndio em Camping de Salvador detona 5 trailers

incendio

janeiro/2017 – O Macamp divulgou essa semana a ocorrência de um incêndio no Camping Ecológico de Salvador, que destruiu completamente 4 trailers e mais um parcialmente.
O fogo teve início numa quarta-feira (04/01/17), ficando logo descontrolado e, a exemplo de quase todos os campings pelo país, sem combate imediato, como requerido para esse tipo de equipamento. Conhecemos muitos campings onde trailers fixos (rodas quadradas) são instalados lado a lado, sem a presença de extintores adequados, muito menos pessoal treinado para o primeiro enfrentamento. Muito, muito errado. Veja mais… […]

Caravanistas do norte da Europa descem para o Alentejo

Castro-Verde

dezembro/2016 – o frio está deslocando os turistas da Finlândia, Holanda, Reino Unido, Irlanda, Noruega, Dinamarca,… para o clima mais agradável da região do Alentejo, em Portugal.
A temperatura média nessa época do ano na vila de Castro Verde é de 16ºC durante o dia. O Parque de Campismo Municipal de Castro Verde recebe em média 4.500 campistas e caravanistas por ano. E pasmem..!!?? A diária de um motorcasa sai por R$13,30 mais R$9,50 por ocupante adulto, mais R$8,00 de energia (opcional). Ou seja, um casal em motorcasa paga a diária de R$40,00. Enquanto por aqui, os campings estão cobrando R$50,00 por pessoa, fora energia, na baixa temporada. Veja mais… […]

Suspensão do trailer Karmann Ghia, novidades no mercado

suspensao-original-elastomerica

dezembro/2016 – Um dos motivos que nos fez abandonar nosso querido KC-380 foi o sofrimento de cada deslocamento.
Com o fim da fabricação destes modelos (1995), ficamos sem peças de reposição ou manutenção. Todos estes anos envelheceram as borrachas responsáveis pelo amortecimento.
Nosso trailer sofria muito com as vibrações e nosso carro rebocador com os solavancos refratados pela lança.
Chegamos uma vez a quase perder nosso micro-ondas que foi desaparafusando de sua base durante uns 10 kms de asfalto craquelado.
Mas enfim, parece que temos onde buscar novos eixos, sem alterar a configuração original do trailer. A opção mais viável até agora era a troca por feixe de mola, mexendo no piso e caixa de roda. Veja mais… […]

Horário de Silêncio nos campings

placa-aviso-horario-de-silencio

dezembro/2016 – estamos com as grandes festas logo na esquina do calendário. Natal, Ano Novo e a seguir o Carnaval. As áreas de campismo já estão reservando seus espaços buscando, se possível, lotação máxima.
Com isso, as chances de conflito são grandes e não muito raras. Os que enxergam o campismo como lazer, natureza, tranquilidade, paz e a tão esperada chance de se afastar do stress da vida na cidade contrapõem-se aos que entendem que o campismo é sinônimo de plena liberdade e isenção total às regras de boa vizinhança e convivência. Observe-se que as celebrações de Natal e Ano Novo, em família, nada tem em comum com as festas que viram madrugada sem limites. Eventos dessa monta devem ocorrer em espaço próprio, não no meio das barracas ou estacionamento de VR´s. Se você sabe do que estamos falando, continue a ler este artigo… […]

Gatos, misteriosos, independentes, amados, perseguidos…

Fredy-1-sm

dezembro/2016 – Nosso Fredy, companheiro de viagens e de vida, está conosco a 6 anos. Foi nossa primeira experiência com gatos.
As pesquisas mundiais mais atuais mostram que a preferência das famílias está migrando do cão para o gato. O único país da pesquisa que aponta o cão ainda na frente, é o Brasil.
Essa tendência tem muitas causas, dentre elas a miniaturização dos espaços e os custos de manutenção do mascote.
Você já se perguntou por que o gato é tão arisco no primeiro contato com o homem? Os motivos vem de muito longe, algo em torno de milênios e milênios de perseguições violentas. Nesses 13.000 anos de convivência, o gato já passou de deus a demônio muitas vezes. Veja mais… […]

Portugal, caravanismo em foco

proibido-estacionar-trailers-e-mhs-sm

dezembro/2016 – Estacionamento irregular de motorhomes e trailers na Costa Vicentina está mobilizando os parques de campismo para criação de novas leis.
No rescaldo de um “verão caótico” com milhares de autocaravanas fora dos parques, o setor alerta para a fuga fiscal de €200 milhões (R$716 milhões) e quer ter “regras claras”.
Veja mais… […]

Nissan Titan com a Camper Lance 650

lance-650-1-sm

novembro/2016 – este conjunto conceito ficou muito, muito elegante. A Nissan TITAN, não disponível aqui no Brasil, equivale, em tamanho, à F-250 ou à DODGE RAM, pickups da categoria grande.
A Camper da foto é uma LANCE 650, fabricada em Lancaster, Califórnia pela Lance Camper Mfg. Corp., que também fabrica trailers de até 7,30 metros.
A solução, design e layout desta camper merece muitos elogios. Veja mais… […]

Turistas preferem hospedagens alternativas

17_10_2016_camping_parque_da_cachoeira

novembro/2016 – O Ministério do Turismo divulgou, recentemente, o boletim de intenção de viagem dos brasileiros, referente ao mês de setembro/2016.
Contabiliza que 11,2% dos brasileiros que pretendem viajar nos próximos 6 meses afirmam preferir meios alternativos de hospedagem (campings e albergues).
Afirma ainda que essa opção de hospedagem também conquista os viajantes internacionais, na ordem de 315 mil turistas em 2015 em viagem pelo Brasil. Veja a íntegra da matéria a seguir… […]

Campings em São Paulo Capital – Não é campismo, é assistencialismo

barracas-de-moradores-de-rua

novembro/2016 - São Paulo, através da futura Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social está pensando em instalar campings na capital, como forma de solucionar os problemas de moradores de rua.
Um especialista no assunto está envolvido como consultor. Quem será?
Isso não pode ser chamado de camping ou campismo. O nome correto é Campo de Refugiados Sociais. Preocupa a essência dessa ideia, que pode ser a criação de favelas de lona no meio da cidade. Vejam a íntegra da matéria, publicada na imprensa de hoje (11/11/2016), a seguir… […]