Algarve cria site informativo para coibir o caravanismo selvagem

Autocaravanas-na-Praia-da-Marinha--novembro/2018 - Um novo site que vai promover a Rede de Apoio ao Autocaravanismo da Região do Algarve e procura «erradicar a prática do autocaravanismo “selvagem” no Algarve» foi apresentado no dia 5 de Novembro, numa sessão que teve lugar na sede da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.
A Rede de Apoio ao Autocaravanismo da Região do Algarve foi criada em 2015, na sequência de um protocolo de colaboração assinado entre a CCDR, a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve e entidades regionais do setor do turismo. Veja mais… >>>

thinglink-interativo
Clique na imagem acima para abrir o mapa interativo dos espaços aprovados.

Nesta plataforma, têm lugar Parques de Campismo e de Caravanismo (PCC), os Parques de Campismo Rural (PCR) e as Áreas de Serviço para Autocaravanas (ASA), «devidamente licenciados pelas entidades competentes», segundo a CCDR. Ao todo, há cerca de 30 locais, espalhados por 13 municípios do Algarve, onde se pode estacionar autocaravanas.

Mas esta Rede não está fechada, podendo ainda vir a integrar outras estruturas. Alexandre Domingues, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDRA), uma das quatro entidades que promove a Rede (a par da RTA, AMAL e ATA), adiantou que «a rede ainda está em aberto», havendo «outras áreas de serviço a trabalhar para integrá-la».

Ao todo, revelou aquele técnico, houve 25 candidaturas iniciais, mas três foram excluídas, por manifesta falta de cumprimento dos requisitos mínimos. Das 22 aprovações, 15 foram sem quaisquer condicionalismos e sete com condições, pequenos problemas que deverão ser resolvidos «no prazo de um ano».

Nuno Marques, vice-presidente da CCDRA, salientou as reuniões tidas entre esse organismo e os vários parques «para afinar pormenores», bem como com as forças de segurança, responsáveis pela fiscalização e pela aplicação da lei: «dessa reunião ficou a certeza de que temos condições para colaborar de forma mais estreita».

No entanto, avisou, «para o futuro ainda há muito trabalho. Desde logo, relativamente à legislação», estando neste momento a ser preparada uma «nova proposta para enquadramento da atividade», que será depois enviada à tutela, para dar origem a alterações significativas no enquadramento legal que envolve o autocaravanismo.

Autocaravanas-na-Praia-da-Marinha

Mas a questão de fundo, como foi salientado durante a sessão por alguns proprietários de parques de campismo aderentes, é que a criação da Rede não acaba com as áreas «informais» ou «ilegais» que existem um pouco por todo o Algarve, sobretudo junto ao litoral. Para acabar com isso, é preciso haver alterações na lei e uma fiscalização mais eficaz.

Agnès Isern, anfitriã da sessão enquanto proprietária do Camping Turiscampo, manifestou o seu empenho em fazer parte da RAARA, mas salientou que ainda há muito trabalho a fazer: «60% das autocaravanas que vêm ao Algarve fazem-no porque sabem que aqui autorizam o seu estacionamento mesmo sem regras».

Por isso, a empresária, que também faz parte da Associação de Parques de Campismo do Algarve, defendeu a necessidade de as autoridades «fiscalizarem as áreas de serviço ilegais». «Nós estamos legalizados e recebemos a visita da ASAE, mas essas áreas ilegais não. Porque é que um parque de campismo tem de pagar tudo, tem que ter todas as regras em dia e pagar os seus impostos, mas uma área de serviço não?»

«Há áreas de serviço ilegais que estão a tirar volume de negócio às áreas legais e aos parques de campismo. Quem nos pode ajudar? A GNR? As Câmaras? Ninguém é capaz de nos ajudar…», desabafou Agnès Isern.

Fernando Inácio, do Camping de Armação de Pêra, salientou: «andamos há tantos anos com reuniões e mais reuniões e oiço que ainda vai continuar a haver complicações com o autocaravanismo…»

Susana Miguel, da RTA, adiantou que o folheto foi para já editado em português, inglês e espanhol, mas que será também editado, «em breve», em francês, holandês e alemão, numa tarefa a cargo da Associação Turismo do Algarve (ATA).

E agora só resta esperar que o Autocaravanismo tenha muito sucesso no Algarve, de forma mais regrada. Hugo Pereira, vice-presidente da Câmara de Lagos, fez votos para que a Rede «traga um impacto muito positivo para a economia da região, em especial no Turismo».

David Santos, presidente da CCDRA, frisou a importância do Autocaravanismo para combater a sazonalidade: «estas unidades de acolhimento funcionam em contraciclo, com maior ocupação na época baixa e média».

Para Desidério Silva, presidente da RTA, o Autocaravanismo é «um fator de desenvolvimento económico, porque há pessoas que vêm ao Algarve pelo clima, pela segurança. E essas pessoas consomem cultura, gastronomia, artesanato, vinhos, contribuindo muito para a economia local, em especial no Outono, Inverno e Primavera».

«A Rede está criada, agora cabe a cada um de nós fazer o seu trabalho!», instou Desidério Silva.

Autocaravanismo em números (INE):

2014 – 20,5% da ocupação dos Parques de Campismo do Algarve foi garantida pelo autocaravanismo

2015 (Janeiro a Julho) – 26,8% da ocupação dos Parques de Campismo do Algarve foi garantida pelo autocaravanismo

2014 – 44% das dormidas de autocaravanas em todo o país foram no Algarve

Inverno – 80% dos autocaravanistas que estão em Portugal estão no Algarve

Outono|Inverno|Primavera – 90% dos autocaravanistas são estrangeiros

fonte: Sul Informação – artigo original


Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Inscreva-se em nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

 Caravanismo na Região do Algarve – Portugal
 Educação – necessária lá fora, muito mais aqui
 Caravanismo em Portugal – tal cá como lá

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.



Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário