Lagunas Cejar e Tebinquinche, Atacama, Chile

Laguna-Cejar-Atacama-1---maio/2018 – este foi nosso último passeio no Atacama. Mais um dia de flutuação involuntária nas lagoas de sal Cejar e Tebinquinche, tendo ao fundo o imponente vulcão Licancabur.
Com a concentração de 40% de sal para cada litro, o corpo humano não tem densidade suficiente para afundar. Essa experiência, similar a que tivemos nas Lagunas Escondidas, é muito curiosa para nós, que estamos habituados às praias e cachoeiras, onde as águas são bem mais leves. Veja mais… >>>

Clique nas fotos para ver em alta resolução

Laguna-Cejar-Atacama

Você deve levar roupa de banho. A toalha é oferecida pela operadora. A nossa foi a excelente Araya Atacama. O lugar conta com estrutura para banhos de água doce, após o mergulho na laguna. A palavra mergulho não inclui afundar a cabeça na água salgada. Não vale a pena. É Lagunas Cejar e Tebinquinche, Atacamamuito sal. Sugiro também não mergulhar sua câmera. O sal vai grudar na frente da caixa estanque.
O passeio continua com uma longa caminhada ao redor das lagunas, pelos Ojos del Salar. São vários espelhos de água que servem de alimento para Flamingos e Playeros. O branco do sal está por todo lado. O vento e o sol contribuem para desidratar você. A água, o protetor e o chapéu são muito importantes.

Laguna Tebinquinche, Atacama
Laguna Tebinquinche, Atacama
Lagunas Cejar e Tebinquinche, Atacama
Lagunas Cejar e Tebinquinche, Atacama

Essas formações são chamadas de Rocas Vivientes (rochas vivas). São os chamados organismos extremófilos, que vivem em condições ambientais extremas. Onde as outras formas de vida não conseguem sobreviver. Estes micro organismos são os que deram origem a vida na Terra. Qual a importância dos organismos extremófilos?

  • São os fósseis mais antigos do planeta. Liberam oxigênio para a atmosfera a mais de 3800 milhões de anos
  • Criarão a camada de ozônio e transformaram o planeta, para permitir que os demais organismos respirassem oxigênio
  • Possuem propriedades biotecnológicas e de recuperação para ambientes contaminados e degradados.
  • São uma biblioteca de soluções biológicas disponíveis para enfrentar o futuro do planeta.

Aguardamos o por do sol desfrutando do coquetel de confraternização promovido pela operadora, fechando com chave de ouro nossa presença no Deserto do Atacama.

Por do Sol nas Lagunas Cejar e Tebinquinche, Atacama

deixando-San-Pedro-de-AtacamaEssa era nossa animação, enquanto esperávamos o voo que nos levaria de volta para Santiago e de lá para o Brasil.
Reserve bons 10 dias para conhecer todos os atrativos do Deserto do Atacama.
Recomendamos a operadora
Araya Atacama. Ela combina bons preços com excelente atendimento e uma dinâmica especial de inclusão em todos os passeios. Guias nativos muito atenciosos e simpáticos, falando português.

Visite nosso álbum Atacama, para ver todas as fotos em alta qualidade. Acreditamos ser o melhor material fotográfico de todas as viagens que fizemos até hoje.

Veja abaixo o filme da viagem.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

 Salar de Tara, Atacama, Chile
 Valle de La Luna e Valle de La Muerte, Atacama, Chile
 Gêiseres Del Tatio e Pueblo Machuca, Atacama, Chile

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.



Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário