Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas, Trópico de Capricórnio no Chile

lagunas-Altiplanicas-e-Pedras-Rojas--março/2018 – considerado por nós o lugar mais espetacular, dentre os muitos outros incríveis no Deserto de Atacama. A beleza combinada de cores, reflexos, lâminas de água, pedras, montanhas e céu só poderia ser melhor se os flamingos que aqui habitavam, não tivessem abandonado a laguna por conta da estupidez de um esportista brasileiro e sua equipe de filmagem. Um lugar que antes se podia apreciar mais de perto, agora está fechado à visitação, enquanto se recupera naturalmente. A gente conta isso e mostra muito mais dessa beleza a seguir. Veja mais… >>>

lagunas-Altiplanicas-e-Pedras-Rojas
As fotos são tão lindas, que resolvemos publicar as melhores em alta resolução. Basta clicar sobre elas e abrir em tela cheia.

A mais de 4000 metros de altitude, estamos sobre o Salar de Aguas Calientes, onde estão as famosas Piedras Rojas (vermelhas), e apreciando as Lagunas Miniques e Miscanti.
Um ambiente exótico, que foi desenhado pela natureza por milhões de anos. A água das lagunas é proveniente da infiltração das águas das chuvas e degelo na cordilheira. Essas águas acabam aflorando nas planícies, na forma de lagunas.
Abaixo você vê as Piedras Rojas. A cor avermelhada é decorrência da oxidação do ferro, que é altamente concentrado aqui.

piedras-rojas-lagunas-altiplanicas-atacama--

Na foto abaixo, também outra inesquecível para nós, o jogo de cores, a amplitude, as nuvens refletidas no espelho da laguna, as montanhas ao fundo. Um quadro que representa a beleza dessa natureza particular. Esta é a Laguna Salar de Talar.

Laguna-Salar-de-Talar-Deserto-de-Atacama--

Foi nesse capricho da natureza que o atleta brasileiro kitesurfista Reno Romeu fez incursões para o canal de TV pago OFF. Aqui nesta laguna, mais de 1500 flamingos usavam a área para descanso e alimentação, além de muitas outras espécies. Essa fauna se mudou após o evento e a Sernatur (Serviço Nacional de Turismo do Chile) e a CONAF (Corporación Nacional Florestal do Chile) fecharam o acesso às margens da laguna. Sabe-se que a área não estava sob proteção ambiental na época, mas o impacto decorrente é inegável. E, tomar posse de um lugar, em país estranho, sem buscar autorização para isso, ainda mais com objetivos comerciais está mais errado ainda. Não vou abrir espaço para o filme que mostra parte das cenas feitas, mas se você quiser, clique no link acima e veja a matéria publicada no mochileiros.com.
Vamos então de mais fotos e beleza, mesmo sem a presença da fauna.

Laguna-Salar-de-Talar-Deserto-de-Atacama-2--

Ao clicar na foto acima, você vai obter a imagem em alta resolução. Observe a mistura de cores e de elementos presentes nesse ambiente exclusivo e extraordinário. O vermelho do ferro, o branco da espuma salgada, o verde das algas que só aqui se reproduzem. Ao fundo os montes de origem vulcânica. Nas águas está o molusco artêmia, principal dieta dos flamingos e dos playeros, ausentes da foto até que se sintam seguros para retornar. Falamos em detalhes sobre eles no artigo da Laguna Chaxa. Uma pintura da natureza.

Laguna-Salar-de-Talar-Deserto-de-Atacama-3--

As vicunhas estão presentes nessa altitude. É um animal silvestre, não domesticado. Vivem em bandos de fêmeas, protegidas por um macho dominante.São constantes as “pelejas” entre os machos na luta pelo comando e pelas fêmeas. Durante os passeios é comum acompanhar essas correrias. As vicunhas vivem entre os 3600 e 4800 metros de altitude.

Vicunha pastando Deserto de Atacama
Bando de Vicunhas pastando nas Lagunas Altiplanicas do Deserto de Atacama

De volta às lindas composições de lagoa e montanha, vamos agora incluir um pouco de neve da cordilheira. Aliás, praticamente toda montanha é um vulcão inativo.

Laguna-Miniques-Deserto-de-Atacama--
Vulcao Miniques Deserto de Atacama
Salar de Talar e suas montanhas

Na panorâmica abaixo, você vai ter uma noção mais exata de toda a beleza contida neste salar. Um espelho que confunde céu e terra. Clique sobre a foto e abra em tamanho grande para apreciar melhor.

Salar de Talar no Deserto de Atacama - Panorâmica

A altitude é de 4000 metros. O frio requer agasalho e luvas. A esta altitude, é comum sentir o famoso “mal da altitude”. Leve com você uma aspirina e tome caso comece a se sentir tonta ou enjoada. Falta de oxigenação é a causa. Evite movimentar-se como se estivesse ao nível do mar. Faça tudo com bastante calma e aprecie a beleza.

Para fechar o passeio, paramos na linha imaginária do Trópico de Capricórnio, que divide a zona tropical sul da zona temperada sul. Imaginária, porque ela se move em direção ao norte à razão de 15 metros por ano.

tropico-de-capricornio-deserto-de-atacama

Este passeguia-denis-araya-atacamaio foi conduzido pelo excepcional guia Denis, da operadora Araya Atacama.
O Denis é nativo e descendente direto da tribo Huilliches, conhecida como a mais guerreira de todas. Seus integrantes não cortam o cabelo. Acreditam que o cabelo é parte do sistema nervoso.
Resistiram à invasão espanhola por mais de 300 anos.
Seu conhecimento, simpatia e prontidão fizeram a diferença na qualidade do passeio. Fica aqui nosso agradecimento e recomendações a todos que vierem a visitar o Atacama.

Visite nosso álbum Atacama, para ver todas as fotos em alta qualidade. Acreditamos ser o melhor material fotográfico de todas as viagens que fizemos até hoje.

Amanhã vamos visitar e mergulhar nas Lagunas Escondidas, onde você não consegue afundar, tal é a concentração de sal.

Veja abaixo o filme da viagem.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

 Laguna Chaxa e os flamingos do Salar de Atacama
 San Pedro de Atacama – a cidade
 Santiago no Chile

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.



Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

10 comentários:

  1. Que beleza de lugar e de fotos!!! Eu tenho que voltar pro Atacama, queria demais fazer esse passeio mas demos o maior azar, nossa van quebrou no meio da estrada, ficamos horas esperando ajuda e quando arrumaram já estava na hora de voltar pra cidade. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, que azar né? Uma pena mesmo. Um bom motivo para voltar. Obg pela visita.

      Excluir
  2. que viagem incrível, as lagunas são um deleite para os olhos, quero muito fazer essa viagem, conheci o Salar, mas não tive a chance de ir a essa parte! Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse tipo de paisagem, que lugar lindo. Adorei suas descrições e fotos, precisamos voltar para o Chile. Edson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, para onde se olha se vê um lugar único e especial. Obg pela visita.

      Excluir
  4. Tive a oportunidade de conhecer quando ainda estava aberto.. é espetacular! Pena que um idiota fez o que fez e espero que seja punido! E que doa muito no bolso!!

    ResponderExcluir
  5. Eu também fiquei encantadíssima com as lagunas. Suas fotos estão muito lindas, aquela da vicunha é maravilhosa!!!!

    ResponderExcluir