Espanha, nosso roteiro pelo país das touradas e do flamenco

bandeira-espanhajunho/2017 – Nossa investida pela Espanha foi maravilhosa. Muito embora nosso foco estivesse apontando para Portugal, onde vamos fixar residência em alguns anos, a economia no valor das passagens nos levou a pousar em Madrid, ao invés de Lisboa.
O fato de Portugal estar na moda e as muitas campanhas para importar imigrantes que tragam receita, sejam aposentados, empresários com recursos próprios e o incentivo ao turismo vem inflacionando os preços de passagens e a hotelaria.
Para se ter uma ideia, a passagem Rio x Lisboa, ida e volta sairia por R$8.650,00 para 2 pessoas. Já Rio x Madrid saiu por R$ 4.335,00 em 10x sem juros. Essa diferença foi o impulso que faltava para incluir a Espanha em nosso roteiro. Veja mais >>>


Nossas hospedagens na Espanha foram feitas por um mix de opções, sempre focando na melhor combinação preço e conforto. De acordo com o roteiro planejado, nossas hospedagens ficaram assim:

CidadeBuscadorHotel – CasaNoitesValor em Reais
Toledo Expedia.com.br Hotel Santa Isabel 3 630,80
SevilhaAirbnb.com.brApartamento completo em Andaluzia3668,00
GranadaBooking.comPensão La Milagrosa2342,00

A média das diárias foi de R$ 205,00 para o casal. As avaliações de cada hospedagem deixamos para fazer junto aos relatos de cada cidade visitada. De uma forma geral, ficamos satisfeitos com o serviço recebido.
Alfândega – sem qualquer anotação a fazer. Somente apresentamos nossos documentos (passaporte e passagem de retorno). Toda a papelada que preparamos, estimulados pelas regras em vigor e por depoimentos de terceiros não foi necessária. Foram eles:

  • Faturas de cartão de crédito para comprovar limite de crédito superior a €4.000,00.
  • Receita médica para garantir a entrada dos medicamentos de uso pessoal, suficientes para toda a viagem (são muitos na nossa idade sorriso largo ).
  • Euros em espécie (mínimo de €2.000,00 = R$8.000,00) para o total da estadia.
  • Comprovação de reserva para todas as hospedagens pretendidas.
  • Seguro saúde com limites específicos para cada tipo de cobertura.

Isso não quer dizer que você deva deixar de ter todos estes papéis em mãos, mas a expectativa gerada com toda a demanda foi tensa.

O País – ficamos muito bem impressionados com a Espanha. A organização, a limpeza, a estrutura voltada ao turista, o cuidado e a preservação dos prédios históricos, a beleza presente nos jardins, parques e na decoração das ruas nos surpreenderam. Até este momento, não tínhamos parâmetros de comparação com Portugal, mas posso antecipar aqui que a Espanha está muito mais bem cuidada que seu vizinho.

renfe-transportes-ferroviarios-espanhaOs Transportes – já era esperado encontrar as facilidades relatadas pelos viajantes que circulam pela Europa. O metrô, os ônibus, sejam locais ou intermunicipais e os trens de médio e longo alcance funcionam muito bem, ao ponto de não termos sentido qualquer necessidade de alugar um carro. A organização e a grande oferta de linhas e horários permite ao turista uma completa liberdade de deslocamento.

Segurança – plena, seja de dia ou de noite. Nos deslocamos pelas cidades com toda a tranquilidade. O tema violência urbana, quando invocado, foi para tratar dos atentados terroristas ocorridos na Inglaterra. Pela TV local, tomamos conhecimento de um assalto a banco em Madrid, onde a polícia conseguiu frustrar e prender os envolvidos. Nenhuma anotação relativa à segurança nas ruas e nos transportes.

chip-movistarTelefonia e Internet – assim que chegamos em nossa primeira parada (Toledo), compramos um chip de telefonia móvel com internet da Movistar, por €20,00, sendo €10,00 pelo chip e €10,00 pelo tráfego de 2 GB de dados, já que a franquia de telefonia nem seria usada. Isso foi o suficiente para usar o Google Maps e o WhatsApp nas nossas movimentações pelos 10 dias em que ficamos no país. Os downloads e uploads de imagens, só fazíamos embaixo das redes sem fio dos hotéis e dos apartamentos que alugamos.

A Língua Espanhola – como era de se esperar, nossa capacidade de entender a língua espanhola é muito superior a deles em entender o nosso português. Ou será má vontade mesmo?! piscadela A necessidade de se fazer entender com rapidez nos levou, muitas vezes, a falar em Inglês. Aliás, o Inglês é praticamente a segunda língua na Espanha. Todos, sejam garçons, motoristas, profissionais de hotelaria e turismo ou mesmo os locais, falam o inglês com naturalidade.

O clima e geografia – pegamos o final da primavera, com temperaturas na ordem dos 30 a 32 graus. Sem chuva nos 10 dias que aqui ficamos. O anoitecer se dava somente após às 21:30, possibilitando um dia de mais de 11 horas de claridade. As imensas planícies, cortadas pelas estradas e ferrovias, são quase que totalmente, ocupadas por árvores da oliveira. Aliás, o sabor da azeitona que comemos em toda a Espanha é único e sem qualquer comparação com o que temos por aqui. Ao pedir uma cerveja, você receberá em forma de brinde uma porção dessas deliciosas olivas. Mais sobre o clima mediterrâneo aqui.

O povo – frio e distante contudo, educado e cortês, incluindo aí os profissionais do turismo. Nada além do básico e do mínimo necessário, durante os contatos ou trocas de informação. Não que tenhamos tido dificuldades especiais, mas percebemos alguma falta de paciência com o visitante. A automação eliminou muitos postos de informação, dificultando o uso dos transportes.

O roteiro escolhido – como Toledo tem muito mais apelo turístico que Madrid, resolvemos fixar a primeira base ali e conhecer Madrid usando o transporte ferroviário em 20 minutos (€12,90). De Toledo seguimos para a linda Sevilha de trem (€80,50), nossa segunda base. Para Granada, nossa terceira base, fomos também de trem (€30,15). Os relatos de nossa visita em cada uma das cidades pode ser visto aqui.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Tipos de Visto para a Espanha
Como é morar em Lisboa, Morar em Lisboa ou Porto?
Portugal, nossa porta de entrada na Europa

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

duaron-logo-400[6]Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner ao lado. Venha para a estrada conosco.


Precisa alugar um carro? Aproveite e faça sua pesquisa conosco, através da RENTCARS.

Seu aluguel tem isenção de IOF e pode ser parcelado em até 12x.

Você está pagando o melhor preço e ao mesmo tempo, ajudando este blog.



Vai viajar? Seguro de Viagem é item de Primeira Necessidade. Leve-o com você. Aproveite e faça uma comparação de preços e coberturas entre as melhores seguradoras do mercado no painel abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário