Vida Ácida ou Vida Alcalina? Qual seu estilo?

escala-ph

janeiro/2017 – para decidir em qual estilo de consumo de alimentos você está enquadrado, precisamos antes entender o que significa ACIDEZ e ALCALINIDADE.
O PH (potencial hidrogeniônico) de nosso sangue deve estar sempre em torno de 7,3 e 7,4, levemente alcalino se olharmos o gráfico à esquerda.
Nosso corpo atua para buscar essa medida ideal, mas nem sempre consegue vencer essa batalha diária, imposta pelo que ingerimos, pelo meio em que vivemos e pelo ritmo de vida que nos é imposto. Veja mais… >>>

acido-e-alcalino

Uma dieta voltada para o equilíbrio alcalino do corpo faz com que a eliminação das toxinas ocorra mais facilmente, contribuindo significativamente para o bem estar geral e a redução do envelhecimento celular precoce.

reacao-quimica

De forma ininterrupta, nosso organismo realiza infinitas reações químicas. Tudo que ingerimos é metabolizado e cada alimento tem seu PH próprio, podendo ser ácido, neutro ou básico. O meio ambiente também interage com nosso corpo, motivo pelo qual nossa pele possui um PH mais ácido, decorrência da exposição externa.
Como dissemos acima, nosso corpo atua visando manter o nível mais alcalino de nosso sangue. Quando isso não ocorre estamos colocando em risco a harmonia corporal, contribuindo para o aparecimento de mal estares, sejam pequenos (azias, dores de cabeça), sejam mais sérios (o câncer só se desenvolve no ambiente ácido).
Nossos rins trabalham nessa tarefa de alcalinizar nosso sangue, eliminando através da urina o excesso de ácido produzido por nosso metabolismo. Você já deve ter ouvido falar em urina ácida. É a representação desse trabalho.

Acontece que nem sempre os rins dão conta de toda a demanda presente em nosso organismo. E o principal responsável por essa sobrecarga é você mesmo, com uma alimentação desbalanceada e potencialmente ácida.
O excesso de ácido exige que o corpo elimine mais cálcio pela urina, como forma de equilibrar embutidoso PH. O cálcio é muito importante para os ossos. Grande perda de cálcio pela urina caracteriza forte indicação de osteoporose. Da mesma forma que uma alimentação baseada em sódio e proteínas levam a uma sobrecarga renal ácida.

O geriatra canadense Dr. Gerry Schwalfenberg é um crítico agudo da dieta contemporânea, onde a carga ácida é muito intensa. O consumo de frutas e legumes, associado à redução de carnes, enlatados, embutidos e produtos industrializados contribuem para o equilíbrio entre o sódio e o potássio.

Não é muito complicado de entender como funciona essa matemática tão importante para nossa vida. Em todo nosso corpo, temos órgãos naturalmente ácidos e outros alcalinos, de acordo com sua função dentro do sistema.

Os ácidos são:

  • Estômago, responsável pela quebra das moléculas. Seu PH está em torno de 1,5 a 3,5
  • Pele, precisa ser ácida para nos proteger contra a invasão por micro organismos. Seu PH está em torno de 4 a 6,5
  • Urina, elimina os excessos, sejam ácidos ou básicos. Seu PH está na rodem de 4,6 a 8

Os alcalinos são:

  • Intestino, responsável pela absorção de nutrientes. Observe-se que quando está em disfunção, fica com o ambiente mais ácido. Seu PH varia de 5 a 7
  • Saliva, altamente alcalina, neutraliza os ácidos. Seu PH é da ordem de 6,5 a 7,5
  • Bile, responsável por neutralizar os ácidos do estômago, dentre eles o clorídrico. PH de 7,6 a 8,6

Como medir seu PH? Nas lojas especializadas em produtos para laboratório, você pode papel-tornassolencontrar as tiras do papel Tornassol (lembra das aulas de química?). Mergulhado na urina, vai informar como anda seu PH pela mudança de cor. É uma resposta pontual, que está sendo influenciada pelo que você comeu nos últimos dias, portanto você precisa marcar com frequência seu PH para avaliar eventuais mudanças de dieta. O melhor caminho são os exames laboratoriais mais completos, combinado com outras taxas importantes a ser determinadas pelo seu médico.

Você vem sentindo dor de cabeça, enxaqueca, dores articulares ou musculares, indigestão, azia, flatulência, cólica estomacal, diarreia, prisão de ventre, mau hálito, sonolência, sono superficial ou insônia, fadiga, variações acentuadas de humor, dificuldade de concentração, falta de motivação, irritações na pele, queda de cabelo? Esses são alguns sinais do excesso de acidez.

O que fazer então? Equilibrar suas refeições!! Aí vão algumas sugestões.

tabela-alimentos-acidos-e-alcalinos
Para obter essa tabela em tamanho maior, clique sobre ela.

Considere consultar-se com uma nutricionista para uma visão mais ampla de sua dieta e de seu estilo de vida, para que todo o processo seja harmônico.

─ E a água?? Pode ser uma vilã nessa história toda. Hoje compramos água dita mineral de rotulo2todas as formas. Se você observar o rótulo dessas garrafas, vai encontrar o PH informado. Pode até ser que o valor seja a representação da verdade quando do momento da coleta, mas não se esqueça que até chegar a sua boca, essa água percorreu quilômetros de estrada, exposta a temperaturas altas em caminhões não refrigerados, dentro de invólucros plásticos. Se você pudesse testar a PH antes de beber, se assustaria com o resultado.
No rótulo ao lado, veja que o PH informado na fase de envasamento é de 8,58, considerado ótimo. Depois de passar por todas as etapas de armazenamento e transporte (semanas), esse valor cai para menos de 6, se tanto!!

─ O que fazer então? Produzir sua água alcalina em casa. Várias empresas oferecem filtros ionizantes que devolvem a alcalinidade da água, retornando aos valores ideais de 8 a 10 de PH. Nós adquirimos o filtro da Acqualive, de 10 litros, já que usamos sua água também para cozinhar. A água resultante dessa filtragem também é rica em magnésio.
─ Você conhece o Dr. Lair Ribeiro, médico cardiologista, nutrólogo e neurologista? Veja o que ele diz sobre a água alcalina:
"O efeito da água alcalina no seu organismo é quase que imediato, em média de 3 semanas para começar a sentir as mudanças. Você começa a dormir melhor, a emagrecer, tem menos confusão mental, melhora a vista, melhora a atenção, o processamento cerebral aumenta. Você também começa a transpirar e urinar mais. Isso é normal! É sinal que o seu corpo está desintoxicando."
Procure no YouTube e localize as vídeo aulas em que o Dr. Lair Ribeiro fala sobre a água alcalina.

espremer-limao-no-copo-daguaUma opção mais barata para alcalinizar a água é espremer meio limão no copo e tomar logo em seguida.
Prefira essa opção ao refrigerante, mates e sucos industrializados, quando estiver fazendo sua refeição no restaurante.
Em água morna e em jejum, ajuda a melhorar o trânsito intestinal.


Finalizando e sem transformar essa questão em mais uma preocupação, já que a preocupação acidifica a vida, veja a sugestão de um prato equilibrado para o lado alcalino.

prato-saudavel

Quer entender o que acontece quando a água alcalina chega ao estômago? Veja o artigo
(O que acontece à água alcalina quando chega ao estômago que é ácido por natureza?)

Muita, muita saúde pra todos vocês. Afinal, precisamos dela para viajar enquanto for possível.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

As 5 fases do sono – A importância de dormir bem
Bexiga – Lesões por colisões leves
Dores nas Costas – como evitar nas viagens longas de carro?

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner a seguir. Venha para a estrada conosco.

duaron-logo-400[6]

3 comentários:

  1. Muito bom esse artigo! Eu meu blog eu publiquei um artigo explicando o que acontece à água alcalina quando chega ao estômago que é ácido por natureza >>>
    http://artigos.dietaalcalina.biz/agua-alcalina-mito-ou-verdade-o-que-acontece-a-agua-alcalina-quando-chega-ao-estomago-que-e-acido-por-natureza/

    que poderá servir de leitura complementar.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante. Se me permite, vou linkar seu artigo neste. Obg

      Excluir
    2. Carlos e Gleidys,
      Obrigado pela referência.

      Desejo a continuação do bom trabalho.

      Excluir