Dewey, um gato entre livros

dewey-um-gato-entre-livros--

janeiro/2017 - Quem convive com gatos está sempre se surpreendendo com a interação exclusiva, inteligente, às vezes passional, às vezes indiferente, mas sempre únicas.

Trata-se de uma história real, com um começo não tão incomum. Abandonado ainda filhote, dentro da caixa de devolução de livros de uma biblioteca em Spencer, nos Estados Unidos, durante um inverno rigoroso. Mais algumas horas antes de sua descoberta teriam produzido um final triste.

Dewey tornou-se o mascote da biblioteca e aos poucos foi conquistando toda a comunidade de Spencer. Mostrando-se muito sociável, viu-se mais um funcionário da biblioteca, realizando suas funções diárias com muita eficiência.

Ficou tão famoso, que emissoras do outro lado do mundo se deslocaram para conhecer o gato de nome “Dewey Readmore Books”. Veja mais… […]

Cachoeiras das Sete Quedas e Ponte Funda em Araras, Petrópolis

cachoeira-das-7-quedas-araras-petropolis--

janeiro/2017 – fomos atrás de duas cachoeiras que são praticamente desconhecidas por quem mora na cidade de Petrópolis.
Ficam quase que exclusivas para os moradores da região de Araras e do Vale das Videiras. Vale a visita, tanto pela beleza das quedas como pelo percurso de 16 kms pela Estrada Bernardo Coutinho, que você pega à partir da rodovia BR-040, sentido Rio de Janeiro. Segue sinuosa por todo o vale, cortando o centrinho de Araras até se encontrar com o centrinho do Vale das Videiras. Coordenadas no fim do artigo.
Veja mais detalhes e fotos destas duas preciosidades a seguir… […]

Boipeba na Bahia, encantadora e hospitaleira

boipeba-por-do-sol-praia-da-boca-barra

Relembrando março/2008 – A ilha de Boipeba fica ao sulpositivo de Salvador, num cantinho do planeta onde não há carros nem bancos, mas o comércio já aceita cartões, felizmente.
A foto à esquerda retrata o tão aguardado por do sol na praia da Boca da Barra. Boipeba é um vilarejo de pescadores tranquilo, tipo pé na areia, descompromissado com qualquer estilo, regra ou moda.
O nome Boipeba, em tupi “mboi pewa” reverencia a tartaruga marinha. Índios, Jesuítas, Holandeses e Espanhóis fazem parte de sua rica história, que caminha junto com o descobrimento. Veja mais… […]

Boipeba-chegando-a- ilhaBoipeba-ramada-de-frutos-de-dende

mapa-regiao-boipeba-da-amabo-imagensRodamos de Itacaré até Torrinhas, onde embarcamos para 1h40m de navegação pelo Rio do Inferno (rio de águas rasas), até a ilha de Boipeba, acompanhando uma boa ramada de frutos de dendê com sua cor quente e vibrante, indispensável para o tempero da comida baiana feita na ilha. Interessante pensar que essa foi a mesma visão dos primeiros navegadores ao costear essa linda região.

Ficamos hospedados na Pousada Casa do Sol, a 40 metros da praia da Boca da Barra. A diária, foi de R$ 80,00 para o casal (valores da época). O chalé padrão “confort” com vista para o mar, combinado com todo o espaço verde que circunda a pousada superou nossas expectativas. Aproveite a caixa de pesquisa do Booking (abaixo), para pesquisar outras pousadas na ilha de Boipeba. Com certeza vai encontrar uma promoção de qualidade, assim como nós.

Booking.com

O resto do dia foi dentro das águas mornas, aguardando o por do sol, que veio como esperado.

Boipeba-chegando-a- ilha-2

boipeba-por-do-sol-praia-boca-da-barra

boipeba-por-do-sol-praia-boca-da-barra-2


boipeba-praias-mapa


Na manhã seguinte, preparamos nossas mochilas com bastante água e saímos para caminhar. O roteiro foi conhecer as praias da Barra, Prainha, Tassimirim, Coeira, Moreré e Bainema. Difícil adjetivar tanta beleza.

Foram 8 quilômetros de muitos cantos e recantos lindos de ver, aproveitar, mergulhar e fotografar. As passagens pelos manguezais e pelas bocas de rios dão a harmonia entre a água salgada e a doce.
Praticamente todas as praias estão, na prática e não legalmente, reservadas, dificultando o circuito livre dos turistas.

Boipeba-praias-1
Boipeba-praias-2

Se não estivéssemos numa longa caminhada, algumas dessas lagostas teriam ido para a sacola. Você também pode consumir direto no local, preparada pelos pescadores da região.

boipeba-lagostas-comercializadas-na praiaBoipeba-atravessando-bocas-de-rio
boipeba-rio-oritibe
boipeba-manguezal

Em Moreré, avistamos as piscinas naturais (arrecifes), que podem ser alcançados por barco para mergulho. Retornando da praia do Bainema, paramos no restaurante do Gentil em Moreré, para saborear sua carne seca com farofa, caipirinha e cerveja bem gelada.

boipeba-restaurante-sr-gentil-morereboipeba-restaurante-sr-gentil-morere-2

Após um descanso prolongado nas redes, retornamos a vila de Boipeba, cruzando pelo centro da ilha. Foi possível observar pelo alto seu contorno e suas praias. Observamos o recuo dos nativos para o alto de morro em razão da compra das áreas mais nobres, por grande número de estrangeiros, especialmente espanhóis, italianos e portugueses.

boipeba-coqueiral

Depois de toda essa caminhada (12kms), pouco conseguimos fazer além de acompanhar o por do sol na Boca da Barra. Jantamos no Restaurante Varanda, do italiano Massimo. Nada melhor que uma massa e um bom vinho para celebrar esse lugar especial.


Na manhã seguinte, contratamos o passeio de lancha rápida, com destino final na Ponta dos Castelhanos e Cova da Onça e paradas para mergulho nas piscinas naturais de coral. Revisitamos todas as praias de ontem, agora pelo mar. Na Ponta dos Castelhanos fizemos flutuação e observação dos corais e vida marinha. Com a lancha pudemos entrar pelos cursos de água dos manguezais. Destaque para as águas mornas e cristalinas.

boipeba-Lancha-Rapida-ManguezaisBoipeba-Lancha-Rapida-Castelhanos
boipeba-lancha-rapida-castelhanos-2boipeba-Lancha-Rapida-Manguezais-2

A foto a seguir representa bem nosso momento. Concentrados, pé na areia, pensando em NADA, tomando uma cerveja, na sombra e com a brisa aliviando o calor. Praia da Ponta dos Castelhanos.

boipeba-repensando-nada-na-sombra

A parada para almoço foi na Vila de Pescadores, chamada de Cova da Onça. No restaurante do Sr. Orlando, além de várias opções foram servidas lagostas ao molho vinagrete, cozida, ao alho e óleo, tendo como prato principal a Moqueca de Camarão com banana. Gente que serve com prazer aos seus visitantes.

Boipeba-Cova-da-Onca-Sr-Orlando
Boipeba-Cova-da-Onca-Sr-Orlando-2Boipeba-Cova-da-Onca-Sr-Orlando-3

Para onde se olhe, um conjunto cênico esperando pelo clique de sua máquina fotográfica.

Boipeba-cova-da-onca-1Boipeba-cova-da-onca-2
Boipeba-cova-da-onca-3Boipeba-cova-da-onca-4

Nosso retorno a Boipeba foi pelo Rio dos Patos, com uma agradável parada para degustar ostras frescas do criadouro local, em restaurantes flutuantes.

Boipeba-ostras-flutuante-rio-dos-patos-1Boipeba-ostras-flutuante-rio-dos-patos-2
Boipeba-ostras-flutuante-rio-dos-patos-3

Como brinde do passeio, aguardamos o por do sol às margens do rio, produzindo essa coloração amarelo ouro nas fotos acima. O passeio termina cruzando o rio ao anoitecer.

Boipeba-rio-dos-patos-ao-anoitecer

Assim foi nossa rápida passagem pela ilha de Boipeba. Intensa, cheia de atrativos, beleza, natureza e bons momentos. Viva a Bahia!! Quer saber mais sobre Boipeba, veja aqui.


Para ver as coordenadas marcadas de todos os pontos que visitamos, pegue este arquivo.kmz e abra no Google Earth

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Chapada Diamantina, Lençóis, Bahia
Caraíva, onde o rio encontra com o mar – Porto Seguro – Bahia
Península de Maraú – Taipus de Fora – Bahia

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

Gostou de nosso equipamento? Aproveite e conheça mais sobre a Camper Duaron, clicando no banner a seguir. Venha para a estrada conosco.

duaron-logo-400[6]

Incêndio em Camping de Salvador detona 5 trailers

incendio

janeiro/2017 – O Macamp divulgou essa semana a ocorrência de um incêndio no Camping Ecológico de Salvador, que destruiu completamente 4 trailers e mais um parcialmente.
O fogo teve início numa quarta-feira (04/01/17), ficando logo descontrolado e, a exemplo de quase todos os campings pelo país, sem combate imediato, como requerido para esse tipo de equipamento. Conhecemos muitos campings onde trailers fixos (rodas quadradas) são instalados lado a lado, sem a presença de extintores adequados, muito menos pessoal treinado para o primeiro enfrentamento. Muito, muito errado. Veja mais… […]

Marco Polo, a visão elegante da Mercedes-Benz para a Camper

mercedes-benz-classevfrente-sm

janeiro/2017 – A Mercedes-Benz lançou sua versão para uma Van campista. É mais um produto destinado aos europeus.
─ Quem sabe não pegamos uma por lá?
Enquanto isso não acontece, vamos “babando” por aqui por este caprichado conjunto pensado pela fábrica da Mercedes.
O Classe V Marco Polo, oferece espaço para quatro dormirem e tem teto basculante, no padrão das semi-popups. Veja mais… […]

ATHOS, novidade na DUARON

Athos-duaron-6-sm

janeiro/2017 – O ATHOS é a novidade da DUARON, desenhada para as camionetes Cabine Simples.
Um motorcasa com todo o conforto, instalado sobre um veículo 4x2 ou 4x4, que pode levar você aonde quiser.
O diferencial deste projeto está na infusão da carcaça do motorcasa em uma peça única, sem emendas. Essa tecnologia deixa a estrutura leve, resistente e com um poderoso isolamento térmico e acústico. Veja mais… […]

Duaron, projetos especiais em 2016

Scania6x4-projeto-MH-especial-Thor-sm

janeiro/2017 – A Duaron, fabricante nossa Camper, aceitou um desafio dos grandes e, fugindo de sua linha de produção, realizou o sonho do casal de clientes e amigos Lúcio e Marlou.
Nada menos que o desenvolvimento de um MotorCasa sobre a plataforma de um Scania 6x4. Este projeto deveria incluir, também, o transporte de um carro de passeio (Mini Cooper). Simples assim.
Nós estávamos na fábrica da Duaron quando o caminhão chegou, ainda com cheirinho de zero. Ali começavam as discussões de como transformar em realidade um projeto tão particular. Veja mais… […]

Lucky Lake Hostel em Amsterdam

lucky-lake-amsterdam-1-sm

janeiro/2017 – no estilo dos nossos “rodas quadradas”, o Lucky Lake Hostel é uma espécie de pousada localizada no coração da zona rural holandesa, a menos de 30 minutos do centro da cidade de Amsterdam.
Os equipamentos são bem conservados, a oferta é grande e seu estilo descontraído atrai muitos turistas para suas instalações. Veja mais… […]

Que venha o novo ano, novas estradas, novos horizontes

Ano-Novo-2016-2017--

2016/2017 – Que 2017 seja o ano de soltar as amarras e virar a proa para um novo horizonte e, como já dizia Fernando Pessoa:
"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma de nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos"