Psoríase - há solução

solucao-cura

setembro/2015 - Pode parecer um assunto “off topic”, desconectado com nosso blog de viagens, mas não é. Vou explicar o porquê.

A psoríase é uma doença restritiva, que impõe dificuldades muitas, inclusive a de deslocamento quando se instala na planta dos pés. Se somos apaixonados por viagem, montanhismo, aventura, a psoríase palmar e plantar dificulta ou mesmo impede a realização de atividades “outdoor” e a viagem, por si só, pode ficar comprometida.

É  uma doença não contagiosa, que aparece sem aviso e sem vinculação com idade mas, intimamente ligada ao sistema imunológico. Seu gatilho pode ser uma forte emoção, seja ela boa ou má.

─ E quantas foram as grandes emoções no curso de sua vida? ─ Porque somente agora, numa fase em que você está de bem com a vida, cheio de projetos, de bom humor, organizado???

CarlosAconteceu comigo, aos 58 anos. Os últimos 3, convivendo com a doença, foram de batalha. Não sei dizer a quantos dermos e imuno especialistas fui, quantas pomadas à base de corticoides e cremes hidratantes usei. Não quero saber quanto gastei até hoje. Pode ser que tenha uma recaída por conta da fortuna investida, sem resultado.

HISTÓRICO

Há 3 anos (2013) decidimos, eu e minha esposa (Gleidys), que a Urca, no Rio de Janeiro, já não mais devolvia a tranquilidade que buscávamos, quando largamos Copacabana, pelos mesmos motivos. Recém aposentada, a Gleidys lançou a ideia de mudarmos para Teresópolis, cidade serrana que sempre frequentamos e já era nossa fuga regular de fim de semana.

Não pensei duas vezes. Negociei uma transferência para Petrópolis, alugamos um apartamento simples para a semana útil e fixamos nossa residência em Teresópolis. Em 3 anos eu também estaria aposentado, encerrando o compromisso profissional. Essa liberdade tão aguardada pode ter gerado alguma ansiedade, que deve ter sido somatizada e somada a tantas outras tensões que vamos resolvendo conforme vão aparecendo, mais racionalmente que emocionalmente.

escalandoA doença surgiu silenciosa. Apaixonado por escaladas, praticava quase que diariamente nas mais de 270 vias dos morros da Urca. Meus dedos eram a representação do atleta dedicado. Os calos e os ferimentos frequentes nas pontas dos dedos, foram a porta de saída da psoríase.

Deste ponto em diante, tive que me afastar do esporte, dedicando toda minha atenção a doença, que só foi, efetivamente diagnosticada, 2 anos depois. Estranhamente, tantos profissionais ditos especialistas, sempre descartaram a psoríase, a favor das famosas dermatites de contato. Com o tempo, a doença também se manifestou na sola dos pés, intensa e mais restritiva ainda. As fotos abaixo mostram minhas mãos e pés. A pele endurece, racha e abre, provocando muito desconforto e dor.

psoriase-palmar

psoriase-plantar

A partir da biopsia que confirmou a psoríase, fui apresentado a medicamentos controlados (Humira e Metrotexato) que garantiam os resultados mas trazendo junto sérios efeitos colaterais. Estas substâncias chamadas de imunossupressores, atuam bloqueando a resposta do sistema de defesa do organismo. Com isso, a produção de pele descontrolada cessa e os sintomas da psoríase desaparecem ou ficam sob controle. A lista de efeitos colaterais (Humira / Metrotexato) é infinita e a interferência sobre o sistema imunológico, um risco para o aparecimento de outras enfermidades. Entrei na lista para obtenção do Humira pelo SUS, já que é a única fonte de obtenção. Seu custo mensal (2 aplicações) é da ordem de R$ 8.000,00.

A REVIRAVOLTA

Preocupado com os efeitos colaterais prometidos pela medicação, fui consultar meu médico ortomolecular, que me acompanha há 25 anos. Enfaticamente, ele me disse para não iniciar o tratamento e testar por 60 dias uma substância chamada Naltrexona, que mostrou sucesso em doenças como Crohn e Lúpus, Esclerosa Múltipla, Artrite Reumatoide, todas doenças auto-imunes.

Em baixas doses diárias ao deitar, atua sobre o sistema imunológico durante o sono, por um curto espaço de tempo, regulando suas funções. Não produz qualquer efeito colateral e não reduz suas defesas corporais. Medicamento também controlado, que é obtido a partir de manipulação em farmácias especializadas.

Custo??? R$ 50,00 por mês. Resultados??? em 30 dias são essas as novas fotos.

dedos-depois-30-dias

Pes-depois-30-dias

Volte às fotos anteriores e faça a comparação.

Portando, fica aqui minha mais sincera repulsa para com a “conspiração”, se assim podemos adjetivar, que leva a demora na solução e a pouca ou quase nenhuma investigação/divulgação de alternativas mais baratas e mais seguras, que ajudam na cura de tantas pessoas que sofrem com doenças similares, de origem auto-imunes.

Meu tratamento continua evoluindo positivamente. Estou próximo dos 50 dias de medicação, já liberado para as atividades físicas que tive que abandonar por tanto tempo. Caminhadas, trilhas, escaladas, pedaladas, corridas,… Ufa!! Muito tempo perdido para recuperar.

À partir do contato com esta substância, a “web hunter” Gleidys, minha esposa, encontrou muito material esclarecedor na internet, que alimenta mais ainda minha indignação diante da postura destes médicos que favorecem a máquina comercial da saúde, defendendo medicações inócuas, ineficientes, viciantes, caras e etc.… Inaceitável a alegação do desconhecimento. A medicina pressupõe estudo e a constante atualização de técnicas e pesquisas.

A Low Dose Naltrexone Therapy (LDN), ou Baixas Doses de Naltrexona é a descoberta médica mais importante do século XX, segundo o médico Dr. Lair Ribeiro. Leia este artigo, assista ao filme e se surpreenda com a vasta gama de enfermidades que podem ser tratadas com a LDN. Infelizmente, poucos médicos fazem uso desta terapia de baixíssimo custo. Converse com seu médico sobre a possibilidade de aplicação da terapia LDN.

Na foto abaixo, estou dando meu depoimento e mostrando a evolução do controle e regressão da doença a um grupo de médicos, durante curso de medicina ortomolecular, ministrado pelo Dr. Artur Lemos, no Hotel Atlântico – Copacabana/RJ, agora em setembro/2015.

depoimento-hotel-atlantico

Meu médico, Dr. Artur Lemos é cardiologista, geriatra, médico ortomolecular, Membro Honorário da Associação Médica Brasileira de Oxidologia, Mestre Notório Saber na Prática Ortomolecular conferido pela AMBO, Professor convidado do Curso de Pós – Graduação em Medicina Anti-Envelhecimento da SOBRAE-São Paulo, Professor convidado do Curso de Pós-Graduação Do Instituto de Fisiologia Humano-Longevidade Saudável. Pesquisador contumaz, que busca tratar as causas e não somente os sintomas. Veja alguns de seus livros:

  • Suporte Terapêutico para Doenças Degenerativas (trata com profundidade da LDN, K2 e Vit. D, além de mostrar vários casos de sucesso)
  • Remédios que curam: Remédios que matam
  • Processos Naturais de Desintoxicação para Prevenção e Tratamento de Doenças
  • Medicina Natural e Ortomolecular
  • Controle e Tratamento das Doenças do Aparelho Digestivo
  • Prática Ortomolecular

Interessado em saber mais alguma informação sobre a minha experiência com a psoríase, fique a vontade. Pode me escrever diretamente carlos.roberto.paiva@globo.com, ou postar algum comentário ao fim do post, que respondo logo.
Me comprometo a manter atualizadas as fotos e informações do processo de controle da minha psoríase, aqui neste post. Sugiro que mantenha este link em seus favoritos e retorne com a frequência que julgar conveniente.

separador

60 dias - 11/10/2015 – A seguir a foto de 60 dias dos meus pés. O processo de melhora continua ascendente. A planta do pé está quase que completamente livre das áreas de pele dura e seca.  As mãos, que já estavam normais, continuam ótimas.

pe-60-dias

separador

90 dias – 13/11/2015 – Então. Passados 90 dias, aí vão as fotos das plantas dos meus pés e dos dedos das mãos. Os pés continuam numa curva sempre ascendente de melhora. Já quase não se percebem as marcas da psoríase. Já com as mãos, tive uma pequena recaída após os 60 dias, motivada, com certeza, por um problema particular, que interferiu no meu emocional. Mas tão logo veio, foi controlada pela LDN. Pode-se notar, nas fotos dos dedos, ainda um pouco do ressecamento da pele.

Em consulta ontem (12/11) com meu médico, Dr. Artur Lemos, discutimos sobre essa recaída. É considerada normal, na forma de pouca intensidade, já que a terapia do LDN atua diariamente sobre o sistema imunológico. Sem a LDN, teria sido uma crise muito forte e de longa permanência.

Repassei as perguntas que tenho recebido dos amigos que convivem com a psoríase ao Dr. Artur. Aí vão as respostas:

  1. SIM. O uso da Naltrexona será permanente. A deficiência do sistema imunológico que resulta na forma da psoríase e de outras tantas doenças é um problema definitivo. Não há como regredir à forma ideal, anterior à doença. Todas as demais medicações aplicáveis, também são pra sempre. A grande e principal diferença está, na TOTAL ausência de efeitos colaterais danosos. E como brinde, o baixíssimo custo.
  2. NÃO. Não é adequado o aumento da dose com o intuito de acelerar o processo de melhora e controle. Em doses mais altas, o efeito da LDN será de bloquear o sistema imuno, abrindo portas para outras doenças. Em baixas doses, ela atua como estimulador do sistema imuno, regulando suas funções de forma apropriada. Portanto, amigos. Paciência e sobretudo, evitem a ansiedade pela melhora rápida. Essa ansiedade pode contribuir negativamente para sua melhora, já que mexe com o seu emocional.

Vamos às fotos atuais:

pe-esquerdo-90-dias

pe-direito-90-dias

mao-esquerda-90-dias

dedos-mao-direita-90-dias

Para comparar com as fotos anteriores, role este post para cima, passando pelas fotos de 60, 30 dias e as do momento da crise inicial.

120 dias - 13/12/2015. Aos 120 dias, meus pés estão completamente limpos. Vou considerar que minha psoríase está controlada. Voltei a minha vida normal. Minhas mãos não tem mais qualquer marca. De acordo com meu médico, Dr. Artur Lemos, a Naltrexona será de uso contínuo, independente do desaparecimento dos sintomas. Num futuro, podemos suspender por um período pequeno e ver se há regressão no controle. A seguir as fotos atuais dos pés. Para ver a evolução, role este artigo até o início.

pe-esquerdo-120-dias

pe-direito-120-dias

Durante meu processo de melhora, conheci muitos outros colegas com psoríase, alguns com a forma leve e outros com formas mais agressivas da doença. Alguns conseguiram se deslocar e se consultar com o Dr. Artur, no Rio de Janeiro. Outros, baseados no que aqui está descrito, obtiveram a receita junto a seus médicos. Só tive retorno de melhora para todos que resolveram confiar nesta substância. Mesmo as formas mais violentas regrediram, devolvendo o prazer de viver para quem já achava que estava no fim do poço. Fico muito feliz por ter contribuído e me coloco à disposição para mais qualquer outra forma de ajuda.

Só voltarei a atualizar este artigo, na eventualidade de aparecer alguma nova informação de relevante importância. Aos amigos que estão se tratando com a Naltrexona, lembrem de retornar aqui e deixar seus depoimentos. Isso vai encorajar mais alguns a acreditar que essa doença tem controle.

separador

Dezembro/2015

Novidade 1: Retomei a edição deste relato, para adicionar uma alteração de dosagem que adotei, por 10 dias, orientado pelo meu médico, o Dr. Artur.
Resultado de muita expectativa e ansiedade que antecedeu uma longa viagem em dezembro/2015, os dedos de minhas mãos tiveram uma recaída. Conversei com meu médico e fui orientado a aumentar a dosagem, incluindo mais um comprimido de 4,5mg às 11h das manhã, além de manter a rotina do comprimido das 23h. Após 10 dias, a psoríase sumiu. Retornei então à dosagem única das 23h e estou bem até hoje (fevereiro/2016). Converse com seu médico sobre essa possibilidade, caso esteja precisando de uma maior ajuda no tratamento. Veja as fotos dos meus dedos em 10 dias de dosagem dobrada.

ab
cd
ef

marcas

Novidade 2: Mesmo com a doença em total controle, restou nos meus pés umas marcas da psoríase, que não sumiam. Fui desestimulado em raspar, usando aquelas pedras ou lixas. Acabei esquecendo, até que depois de passar alguns dias na praia, andando descalço na areia, o atrito eliminou os resíduos de pele, naturalmente. Experimente.

separador

Abaixo vão as fotos atualizadas hoje, em fevereiro/2016

pes-fevereiro-2016-1

pes-fevereiro-2016-2

separador

fevereiro/2016 – volto aqui para contar uma conversa que tive com uma dermatologista muito bem posicionada. Sem nomes ou qq identificação, para evitar represálias para com o médico e ou a clínica.

Vamos lá. Tenho recebido muitos contatos de pessoas com psoríase, perguntando onde e como obter a receita da Naltrexona. Se não mora no Rio, para uma consulta com meu médico, oriento a procurar um dermo, informar sobre a Naltrexona e pedir a indicação e receituário para manipulação. Todos, unanimemente, me retornam dizendo que os médicos alegam desconhecer e se negam a fugir dos padrões existentes. Curioso, resolvi abrir esta discussão com esta dermo que citei acima. A seguir, a resposta nas palavras dela:

“Na verdade, a Naltrexona é muito bem conhecida e de eficácia mais que comprovada. O fato é que não nos é permitido receitar nada diferente do que determinam os acordos tácitos definidos com os laboratórios. Qualquer indicação diferente pode determinar alguma reação dos LABS contra a clínica ou contra nós, médicos. Sugiro que essas pessoas procurem homeopatas ou médicos ortomoleculares, que tem liberdade de decisão nessa linha de medicamentos e substâncias.”

Mais uma vez fazemos contato com essa “conspiração” que leva ao comércio da saúde. Preservar a doença para garantir ganhos a qualquer custo. São muitos os exemplos de soluções simples que ficam restritas ao boca a boca, já que não recebem apoio da máquina e do sistema de saúde. Estou fazendo a minha parte. Expondo minhas experiências e ajudando da melhor forma possível. Meu médico, também um obstinado na cura, tem editado muitos livros sobre o tema. Dentre eles, aconselho o “Remédios que Curam: Remédios que Matam, o lado negro da indústria farmacêutica”.

separador

tegum

março/2016 – muita gente tem me perguntado qual hidratante ou pomada ou creme utilizei como coadjuvante no tratamento de minha psoríase. De fato esqueci de citar. Usei e ainda uso o Tegum, uma emulsão com óleo de Andiroba. Dentre tudo que usei antes, somente esse teve efeito cicatrizante, na fase em que minhas feridas ainda estavam  abertas.

Como uso muito as mãos, seja escalando, manipulando cordas e equipamentos, seja fazendo trabalhos manuais, mantenho o Tegum ao meu alcance, para a regeneração da pele depois das atividades. Custa em torno de R$60,00 o tubo com 100g (valores atualizados agora em fevereiro/2017). Costumo encontrar na loja Princípio Ativo.

separador

abril/2016 – Em resposta aos amigos que procuram médicos com conhecimento sobre a Naltrexona, passo os links disponíveis:

Protocolo Dr. Cícero Coimbra. Lista mantida pelo blog “Vitamina D, por outra terapia”. São médicos que realizam o tratamento com vitamina D, baseados no protocolo do Dr. Cícero Coimbra, que também ministra a LDN. Como é uma lista não mantida por mim, peço que me informem caso haja alguma inconsistência. Médicos no Brasil e Exterior

Protocolo LDN. Os médicos desta lista são adeptos do protocolo LDN. Esta lista foi obtida através de pesquisa na internet e também, por solicitação dos médicos que tiveram acesso a este depoimento. Lista de Médicos adeptos do protocolo LDN.

Abaixo, médicos indicados pelos amigos que leram este artigo e já se tratam com a LDN.

  • Dr. Artur Lemos, Ortomolecular e geriatra – Rio de Janeiro, Copacabana – RJ – 21 99856-6119
  • Dr. Roberto Borlido, Ortomolecular – Rio de Janeiro, Copacabana – RJ – 21 98711-2781
  • Dr. Luiz Guilherme Pinheiro Branco, Oncologista – Rio de Janeiro – RJ 21 99692-5341 e 21 7828-2489
  • Dr. Paulo Monte, Ortopedista – Rio de Janeiro – RJ – 21 2223-1033 e 3024-2217
  • Dr. Luiz Guilherme P. Branco, Oncologista/COI Botafogo – RJ – 21 3820-4444
  • Dr. David Martins, Clínico Geral, Homeopata, Ortomolecular, Medicina Tradicional Chinesa – Petrópolis, RJ – WhatsApp 24 99298-7214 e fixo 24 2235-9142
  • Dr. Naif Thadeu, Nutrólogo – São Paulo – SP – 11 94758-3032
  • Dra. Haládia Pessotti de Campos Simião – nutróloga, ortomolecular – São Paulo, SP – 11 38848984
  • Dr. Teruo Watanabe, Clínico Geral – Criciúma, SC – 48 3433-6488
  • Dr. Degmar Ferro, Homeopata, Acupunturista e Fitoterapeuta – Ribeirão Preto, SP – 16 3021-4788
  • Dr. Marcus Vinicius Salomão, Clínico Geral – São José dos Campos – SP 12 3943-6677
  • Dr. Massaiti Tokunaga, Otorrinolaringologista  - Campo Mourão – PR – 44 3523-5926
  • Dra. Themis Pinheiro Corrêa, Cardiologista – São Luís – MA – 98 2108-7000
  • Dr. José Tadeu Tramontini Filho, Médico da Família, Acupunturista, Terapia da Dor, Ozonioterapia, Nutrologia – Lauro de Freitas – BA – 71 3026-2626 e 71 99924-6126

Você conhece um médico que receite Naltrexona? Mande-me o contato completo, para atualizar esta lista para quem precisa de ajuda em outros estados. e-mail: carlos.roberto.paiva@globo.com

separador

Modelo de Receita da Naltrexona e Perguntas e Respostas

Veja neste link como deve ser receitada a Naltrexona e como deve ser preenchido o Receituário Especial Controlado, para orientar seu médico. Veja também as perguntas e respostas mais frequentes sobre a LDN.

separador

maio/2016 – Criamos um Grupo de Discussão para registrar e mGroupBlueGreenanter organizados e passíveis de pesquisa as perguntas e discussões desenvolvidas pelos amigos que desejarem trocar dicas e experiências. Amigos com Psoríase - Participe!!

separador

agosto/2016 – Já se vai 1 ano (365 dias) de tratamento com a Naltrexona. Continuo limpo, sem qualquer efeito colateral. Em paralelo, as dores musculares e articulares também cessaram. O meu peso corporal reduziu aos níveis ideais para a relação altura x peso. A seguir as fotos atualizadas das minhas mãos e pés.

mao-direita-1-anomao-esquerda-1-ano

pe-esquerdo-1-anope-direito-1-ano

separador

outubro/2017 – passado mais de 1 (um) ano desde as últimas fotos, posto abaixo fotos atuais dos meus pés e mãos. Sem qualquer recaída ou efeito colateral durante todo este período. Continuo tomando a Naltrexona a 4,5mg diária, antes de dormir.

mao-esquerda-outubro-2017mao-direita-outubro-2017
pe-esquerdo-outubro-2017pe-direito-outubro-2017

separador

Se você pegou este artigo pelo meio, sugiro rolar a tela até o início, para acompanhar a cronologia da minha cura e como os fatos se sucederam. clique aqui para retornar ao topo

Ainda tem dúvidas?
Veja este Perguntas e Respostas traduzido do site www.lowdosenaltrexone.org

Entende um pouco de Inglês? Assista a essa animação e veja como a Naltrexona age no seu sistema imunológico. Também está legendado.

Uma forma de manter a leveza da mente e do corpo é viajar. Permita-se novos horizontes. Como disse o querido Fernando Pessoa: “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma de nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos faze-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Aproveite que está aqui e conheça nosso blog de viagens.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais

         Siga-nos no Twitter Veja nosso canal no YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Google+


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ A LEITURA ABAIXO

Doenças auto-imunes, entendendo o gatilho
LDN – Enfermidades que podem ser tratadas com Naltrexona
Lista de Médicos adeptos do protocolo LDN
Psoríase e suas formas, aprenda a reconhecer

Aproveite que está aqui, cadastre abaixo seu e-mail em nosso Feed de notícias e receba gratuitamente, todas as atualizações deste blog.

 

201 comentários:

  1. Informações muito úteis. Obrigado Carlos por compartilhar conosco.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado. Já obtive 3 retornos com resultados muito bons. Isso já me deixa extremamente feliz. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos pelas informaçoes por esta compartilhando!! Q deus abençoe vc e sua familia.vou correr atrs da receita ver se acho algum medico.sou de goias anapolis

      Excluir
    2. Comecei a usar antes de ler este post, mas sem disciplina, e mesmo assim tendo resultados, porém com recaídas. O corpo da minha mãe apresentou câncer pela segunda vez, o que fez ela começar a usar LDN, e me indicou por causa da psoríase que surgiu junto com a notícia do câncer, e em 45 dias os resultados foram excelentes, limpando o meu corpo quase que completamente.

      Excluir
  3. Entrei aqui para dizer que o Carlos entrou em contato comigo e me esclareceu todas as dúvidas . Agradeço pelo contato . Irei procurar o tratamento com Naltrexona e assim que começar o tratamento entro aqui pra relatar resultados. Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Que bom ler seu artigo e saber q há uma luz no fim do túnel. Tenho psoriases há 12 anos e tb já fiz de tudo. Vou encomendar a LDN e iniciar o uso. Prometo dar meu feedback sobre o tratamento. Mto obrigada. Livia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livia. Que bom que vai tentar a LDN. Não deixe de contar os resultados aqui. O pessoal tem acompanhado os relatos, sejam positivos ou negativos. Grande abraço e sucesso.

      Excluir
  5. Oi Livia. Que bom que vai tentar a LDN. Não deixe de contar os resultados aqui. O pessoal tem acompanhado os relatos, sejam positivos ou negativos. Grande abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
  6. Olá Carlos !
    Acompanho você e a Gleidys nas estradas do planeta !
    Então ! Temos algo em comum. Eu tenho hiperidrose (suor excessivo) plantar e palmar, e uso uma pomada chamada Antihydral na palma das mãos e dos pés. Ela é a base de alumínio e formaldeído, que causam um ressecamento da pele, e me faz parar de suar, até que o corpo se regenera, descasca e fico com a pele normal novamente voltando a suar. Esta pomada também é usada por escaladores como você para evitar o suor nas escaladas. O que temos em comum? Quando faço uso desta pomada, meus pés e mãos ficam exatamente como os seus nas fotos do tratamento de 30 dias, acho que se eu usar com muita frequência ficarão como os seus antes do tratamento com LDN. Também me queixo de ressecamento, dores e rachaduras, mas uso um bom hidratante, que resolve. O incomodo do suor não é superado pelo incomodo do ressecamento. Enfim, você usava ou ainda usa algum produto nas mãos para as escaladas ? Como não consultei nenhum médico antes de iniciar o uso da pomada fico pensando se não pode ser alguma intoxicação por uso excessivo destes produtos ? Bem, na dúvida, acho que vou consultar um dermato, e talvez quem sabe voltar a usar lenços de papel e meias de algodão para absorver o suor ! Achei muita coincidência escaladas X ressecamento - pomada X psoríase.
    Valeu pelo esclarecimento ! Forte abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Ines. Nas escaladas, uso magnésio para manter as mãos secas, mas tenho evitado. Prefiro compensar o suor das mãos com mais empenho e técnica. A hiperidrose tb pode ser considerada uma doença autoimune. A LDN tb pode ser indicada para corrigir esta informação equivocada do seu sistema imuno. Considere experimentar por uns 30 dias, já que não tem efeitos colaterais. Obrigado por seu depoimento. Grande abraço e melhoras.

      Excluir
  7. Esse medicamento pode ser comprado sem receita médica é em qualquer farmácia ?? Tenho um grupo no zap sobre essa doença quem se interessar e só add 987056967

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulla. Não. É medicamento manipulado. Precisa da receita BRANCA de substância controlada. QQ médico pode receitar. Vou me add no seu grupo. Qual o código de área? Abs

      Excluir
    2. Boa tarde pessoal, incrivel Carlos seu post; tambem queia saber o codigo de area, tenho psoriase e hoje a pesquisa no google foi "psoriase não aguento mais"!! se alguem tiver algum outro grupo, me add por favor. Obrigada pelo espaço.

      Excluir
  8. Tenho exatamente as mesmas lesões no pé que você, fiz biopsia e constatou-se psoriase. Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  9. Oi Carlos tudo bem? Gostaria de saber qual o valor da consulta com esse médico ortomolecular, tenho psoríase à 11anos e já tentei de tudo mas sem resultados significativos, fiquei sabendo do uso da vitamina D para o tratamento da psoríase mas minha dermatologista disse que não pode receitar porquê são altas doses aí descobri um médico aqui em BH onde moro que fez o estágio do protocolo do Dr. Cicero Coimbra, ja estava para marcar a consulta quando vi o vídeo do Dr. Lair Ribeiro sobre a LDN e pesquisando sobre o assunto chequei até você. É confesso que me animei bastante com esse medicamento e talvez seja mais eficaz do que a vitamina D. O que você acha? Tenho psoríase gutata nas costas, barriga, pernas e principalmente no couro cabeludo, um inferno. Desculpa o desabafo. Abraços. Vanusa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maurício. Desculpe a demora na resposta. Estava em viagem, em locais com pouco acesso a internet. O meu me´dico, Dr. Artur Lemos pode ser alcançado pelo telefone 21-96767-6119. Este telefone é exclusivo para o tema Psoríase. Para marcar, chame pela Sra. Vânia. O atendimento no consultório dele está na ordem de R$ 700,00. Contudo, vc pode pode pleitear ser atendido no ambulatório dele, às terças e sextas, onde ele ministra treinamento para outros médicos. Eu uso Vitamina D duas vezes por semana, além da Naltrexona diariamente, conforme explico acima. Seu caso de psoríase se encaixa perfeitamente no tratamento pela LDN.

      Excluir
  10. Nossa...minha psoríase é igual a sua, exatamente nas pontas dos dedos e na planta dos pés. Obrigada Carloa, vou procurar minha homeopata e solicitar essa medicação urgente. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcia. Que bom. Sucesso no controle de sua psoríase. Depois me mande o nome, telefone e demais dados de seu médico, para atualizar a relação de médicos, visando ajudar outras pessoas.

      Excluir
  11. oii estou com a mesma doença e pior nao posso fazer o tratamento pois estou amamentando e meus dedos estao so piorando estu desesperada. meu dermo passou uma pomada espero q melhore pois doi muito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beatriz. Não li nada sobre efeitos nocivos da Naltrexona em fase de amamentação, mas cabe uma consulta para certificar-se. Essas pomadas são paliativas. Logo seu corpo se habitua e passa a não mais reagir. Se vc é de São Paulo ou do Rio, tente um dos médicos listados acima.

      Excluir
  12. Tenho tomado o LDN 3 mg e tem controlado minha dermartite da qual estava tomando fortes antibioticos, o que eu nao sabia que eu tenho que tomar o LDN pelo resto da vida. Realmente quando decidi parar os sintomas começaram a voltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Paulo. Como essa nossa doença não tem cura e sim controle, a LDN deve ser tomada para sempre. Entretanto, da mesma forma como a doença apareceu (no nada), pode também estacionar sem razões claras. Como tem relação direta com nosso emocional, tudo pode ocorrer. Eu, de vez em quando, paro a Naltrexona por uns 10 dias e vejo se há regressão. Torço para numa dessas descobrir que estou livre, mesmo que temporariamente. A vantagem é que esta substância é inofensiva e de custos ínfimos. Abs

      Excluir
  13. legal amigo, gostei do que li. sou portador a mais de 35 anos. Vou tentar conseguir o medicamento por aqui. na minha cidade não tem ortomolecular e a dermatologista não quer indicar o medicamento que ela não conhece. Já tomei MTX sei anos. neotigason 5 anos. Agora ela quer voltar ao mtx (metotrexato ) mas eu não quero. o efeito rebote dele é ruin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga obter a receita da LDN. Depois conte como foi a sua melhora e o médico que prescreveu, para atualizar nossa lista. Abs

      Excluir
  14. Amarilza Morette Azeredo7 de maio de 2016 12:05

    Bom dia Carlos.
    Gostaria de lhe agradecer muito pela informação do NALTREXONA.
    Minhas mãos e pés voltaram ao normal.

    Já passei várias vezes essa informação no grupo do Wathzap, porém as pessoas não dão a devida importância, insistem em pomadas com corticóide.
    Tenho enviado o seu link para várias pessoas.
    Consegui a receita com o meu oncologista do COI da Barra da Tijuca Dr. Luiz Guilherme Branco.
    Outro médico que também prescreve é o ortopedista da Clínica CRIAR Dr. Paulo Monte, no bairro do Riachuelo -RJ.
    Muito obrigada.
    PARABÉNS por sua iniciativa!!!
    Saúde e sucesso para você e sua esposa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine o quanto estou feliz com seu retorno. Aproveito para agradecer aos nomes dos 2 médicos que me enviou. Já atualizei a lista constante do post. Espero que mais pessoas possam se beneficiar desta substância, valendo-se de seu depoimento. Saúde.

      Excluir
  15. Minha esposa tem psoriase. Obrigado em ter escrito o nome do remédio que lhe curou. Naltrexona e Óleo de Andiroba "Tegum". obrigado. abraços do amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Max. Que bom que foi útil. Eu não diria cura, mas sim controle total da doença com a Naltrexona. O Tegum foi muito importante na fase em que minhas rachaduras estavam profundas e sangrando. O efeito cicatrizante e calmante da Andiroba ajudou bastante. Sempre a disposição e obrigado pelo retorno.

      Excluir
  16. Olá.. vi esse post somente hoje.. na verdade tinha visto antes na lateral do blog e achado que era uma propaganda.. rs. hj, com mais tempo, vi q não.. Li tudo e resolvi compartilhar no meu face e incluir em um de meus blogs (não nesse que segue a assinatura do comentário, mas esse: https://sorriaeemagreca.wordpress.com/).. Pq é de extrema valia. Minha avó e minha mãe, tiveram psoríase.. minha mãe teve de forma muito braba.. nenhuma pomada resolvia.. a doença tomou seus cotovelos, joelhos, pernas, braços, costas e parte da barriga... ela morreu com a doença e não por conta dela.. Mas os tratamentos sempre foram ineficientes. Eu sempre tive pavor dessa doença.. e sempre acreditei q um dia ela viria me assombrar.. Até hoje, não veio.. talvez pela preocupação em me manter sempre "afiada" em relação a minha imunidade.. Mas sua dica muito me alegra.. pessoas com essa doença, qd são tomadas como minha mãe, sofrem alem dos sintomas, do preconceito e da ignorância dos demais..
    Fico-lhe grata por esse post.. :) Saúde e paz para vcs..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Moni. Saúde pra você também. Grande abraço

      Excluir
  17. João Vieira - Portugal1 de junho de 2016 14:08

    Pode ajudar alguém de Portugal? Precisava que me informassem um medico que trabalhe com Naltrexona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Miguel Alberto Damas (Portugal) Cidade: Porto Endereço: Rua Alexandre Herculano, n. 371, 3o, 4000-055 Site:www.cristinasales.pt Telefone: 22 208 19 82

      Este médico é discípulo do Dr. Cicero Coimbra, conhece a Naltrexona e usa a Vitamina D como coadjuvante no tratamento de doenças auto-imunes. Sucesso e muita saúde.

      Excluir
  18. Boa tarde, Carlos! Tomei conhecimento de seu artigo através de meu irmao, trouxe para mim hoje bem cedo. Estou desesperada, como você, estou com Psoríase Palmo-Plantar, de acordo com diagnóstico clinico de três dermatologistas. Já fiz exame Micótico Direto e Cultura de Fungos, deram negativos. Somente agora consegui um dermatologista que concordou em fazer a biópsia, farei no dia 08/06. Cansei de achismos desses médicos. Já está terrível meus pés e essa semana apareceram as bolinhas nas mãos, como começou nos pés. Eu sou uma senhora de mais de 50 anos, com 3 filhos, só o mais velho já formou e casou, mas mora longe, sempre transferido, os dois mais novos estudam em outra cidade. Sou eu que resolvo tudo, sou uma mulher que uma vida inteira usei salto e sapato mais fechado (dizendo isso pois até sandálias mais abertas, que fui obrigada usar já nao estou conseguindo). Já nao estou saindo de casa. Entao, quando li seu artigo, senti uma esperança, pois já usei quatro pomadas diferentes e só piorando. Me chamou atençao também que vc e sua esposa mudaram para Teresópolis e eu ja fui algumas vezes em Terezópolis consultar com um médico ortomolecular Dr. João Carlos Pereira Corrêa, por sinal um ótimo profissional, acho que ele atende no Rio tb. Estou tentando contato com ele, quem sabe ele trata com essa substância. Terezópolis é bem mais fácil para mim, sou de Muriaé, MG, divisa com o estado do Rio, perto de Juiz de Fora. Tomei coragem e estou lhe escrevendo pois queria se possivel, vc me dar mais informaçoes. Enfim, alguma coisa que possa amenizar meu desespero. Quem sabe mais algumas orientaçoes. Conto com sua ajuda nesse sentido. Nao sei se fiz entender, pois nao estou conseguindo organizar ideias, pensamentos... Me desculpe por estar lhe incomodando... Obrigada e abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maysa,

      Não há o que desculpar. Fique a vontade de me chamar.

      Não conheço este médico de Teresópolis, mas com certeza ele conhece o Dr. Artur Lemos (meu médico), que é o papa da medicina ortomolecular no Brasil e América do Sul, hoje fazendo seminários na Europa também. Dito isso, é certo que ele vai lhe ministrar a Naltrexona sem dificuldades. Qdo obtiver a receita, me passe todos os contatos dele, para ser útil a outros amigos com psoríase. Lembre-se de que a dosagem deve ser de 4,5mg, manipulado (requer receita branca de produto controlado) e deve ser tomado após as 23 hs, pouco antes de dormir.

      Caso o médico queira mais informações, pode passar para ele o meu texto, onde falo sobre o processo, a melhora e sobre o Dr. Artur Lemos. O link para o texto é http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/psoriase-ha-solucao_11.html

      Se vc pode ler na íntegra o artigo que escrevi, viu que passei também por poucas e boas, até diagnosticar a Psoríase. Em 10 dias de Naltrexona já percebi que estava no caminho certo e em 30 estava quase limpo.

      Na fase em que minhas rachaduras estavam muito doídas e sangrando, usei a Emulsão de Óleo de Andiroba, que além de hidratar a pele, é cicatrizante. Foi muito importante na fase crítica. O nome comercial é TEGUM. Eu consigo comprar nas lojas Princípio Ativo, mas deve estar disponível em outras similares.
      Espero ter ajudado. QQ outra informação, estou a sua disposição. Saúde

      Excluir
  19. Oi Carlos tudo bem!
    Estou tão emocionada com as suas conquistas! Tenho Psoríase e outras doenças auto imune doença mista do tecido conjuntivo, síndrome de Sjogren, fenômeno de Renault, agora pré diabetes tive quatro internações todas bem traumatizantes e doloridas. Fiz vários tratamentos + de 04 anos de uso de Humira, metotrexato e Leflunomida,mudaram o Humira pelo Enbrel 2 anos seguidos com as demais medicações. Hj uso Daivonex pomada as doenças bem ativas lesões por todo o corpo Qro engravidar tem alguma contra indicação para o uso do Naltrexona!? E qto de vitamina D faz uso e sem tb contra indicação!? Aguardo respostas e desde já agradeço por tudo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Seu comentário veio sem sua identificação. Não sei se vc vai ser avisada de minha resposta, mas vamos lá. Essa pomada tem corticóide, acaba trazendo mais problemas que soluções. Olha a Naltrexona é praticamente inofensiva. Não sei com certeza sobre gravidez, mas vou perguntar ao meu médico. Uso sim a vitamina D, (Addera D3-7000 UI), somente 2 dias da semana (seg e quinta). Nunca soube de contra indicações. A Naltrexona é indicada para todo o seu quadro. Imagino o quanto vc deve ter sofrido com toda essa medicação violenta. Caso veja esta resposta, se identifique melhor, para podermos manter contato. Abs e saúde.

      Excluir
  20. Nossa muito bom saber que há uma luz no fim do túnel, tenho psoríase há 8 anos,já usei todo tipo de remédio caseiros ou manipulados... Vou tentar esse pra ver se tenho resultados pois não aguento mais,tenho manchas pelo corpo inteiro da cabeça aos pés,tenho 29 anos e sofro demais com isso!!! Carlos se quiser entrar em contato pra conversar 011980446410 esse é meu watts

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Ediane. Vc está no caminho certo. A Naltrexona vai lhe devolver a qualidade de vida que merece. Pode contar comigo para o que precisar. Meu WApp é 21 99770-6446. Abs e Saúde

      Excluir
  21. Boa Noite Carlos, primeiramente gostaria de agradecer por compartilhar todas essas informações conosco, com certeza ajudará a melhorar a vida de centenas de pessoas pelo Brasil.

    Carlos, gostaria de saber se existe alguma contra-indicação para o tratamento com Naltrexona?

    Infelizmente não consigo achar um médico que conheça esse tipo de tratamento, porém tenho um médico que me disse que se eu precisar poderá me receitar sem problemas.

    Grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei vc vai ver a resposta, já que na condição de anônimo não deve receber aviso de minha resposta. Não. Na dosagem de 4,5mg por dia, tomada após as 23h e antes das 2 da madrugada (ou seja, antes de dormir), é inofensiva. Consiga a receita e deixe a Psoríase e muitas outras doenças auto-imunes no passado. Saúde.

      Excluir
  22. Vi um link seu no amigos da cura e vi seu blog falando sobre a naltrexona e como ela agiu na psoriase. ..espero que esteja bem e cada dia melhor.Minha mãe tem mal de Parkinson e vi que a naltrexona pode ser usada no caso dela tb, só que os neuros da minha cidade são retrógrados demais e não aceitam esse tipo de utilização. Só queria que vc tirasse uma dúvida se puder pra mim com seu médico. A naltrexona tem q ser ingerida na hora de deitar e eu ouvi dizer que é a partir das 21 horas que deve ser ingerida, mas minha mãe vai deitar as 19 horas.Se ela tomar essa hora vai ter o mesmo resultado? Se puder verificar pra mim eu agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gleice,

      Conversei com o Dr. Artur. Ele foi enfático em dizer que se o período de sono se inicia às 19 rotineiramente, a cápsula de Naltrexona deve ser tomada logo antes de dormir. É no período do sono que a medicação atua sobre o sistema imuno, dentro das primeiras 2 horas.
      Portanto, vc não deve acordar sua mãe às 23h para tomar a medicação. No caso dela, é para tomar logo antes de deitar e dormir. Situação similar ao pecuaristas, que dorme muito cedo e acorda também muito cedo, para ordenha e tratar dos animais. Espero ter sido claro.
      Quando obtiver sua receita de Naltrexona, me mande o contato do médico, para poder ajudar outras pessoas.
      Abs e Saúde

      Excluir
  23. Show seu depoimento, e sua iniciativa de levar adiante esses conhecimentos e discutir com as pessoas a respeito do mesmo.
    Eu tenho Colite Ulcerativa, achei por acado um vídeo do Lair Ribeiro falando sobre o assunto, isso fazem 2 horas, já naveguei por diversas páginas (inclusive o site que ele diz ser o mais completo sobre o assunto e administrado pela equipe que desenvolveu esse tratamento - www.lowdosenaltrexone.org ) e eventualmente parei aqui, no seu depoimento, e queria te parabenizar, por dedicar esse tempo e falar desse assunto tão importante, já faço uso de D3 em altas doses e fiquei extremamente curioso de experimentar esse tratamento paralelamente (depois de ver que o Dr. Coimbra é um dos que apóia então... só me deixou mais confiante!).

    Enfim, obrigado pelo seu tempo e por sua generosidade e saúde, agora e sempre! Abraço!

    Alexandre Cardoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Alexandre. Sucesso e saúde. Precisando de qq coisa, me procure. Abs

      Excluir
  24. Boa tarde Carlos, como vai? Em primeiro lugar gostaria de deixar aqui o meu agradecimento pela iniciativa de compartilhar algo tão maravilhoso e que poderá ajudar a melhorar a vida de muitas pessoas pelo mundo.

    Carlos, se vc puder tenho uma dúvida. Devido a psoríase tenho muita coceira pelo corpo, todo o corpo. Vc saberia me informar se o tratamento com o Naltrexona age também inibindo essa coceira ou se só funciona na parte do aparecimento das feridas?

    Muito obrigado, um abraço!

    ResponderExcluir
  25. Boa noite,achei muito interessante esse assunto sobre Psoríase.Pois bem,meu pai tem 48 anos e é dependente químico durante muitos anos(cocaína).Pois o que apareceu nele é exatamente o que vc postou nas fotos.E ele sente muita dor,parece até que um pé esta inchado.Estamos desesperados porque encontramos um médico que passou 19 exames pra ser feitos.Então gostaria de saber qual o valor da consulta de seu médico.Porque eu tenho certeza que a doença que ele esta é exatamente esta.Moramos no Rio.Muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ronie,
      A Naltrexona é indicada nas dosagens altas para, exatamente, o tratamento de dependentes químicos. Vai ser muito útil para seu pai. A Psoríase vai ser controlada por consequência.
      O Dr. Artur Lemos é um médico com consultas caras (na faixa de 1300,00), mas vc pode conversar com ele e pedir que seja atendido no ambulatório, onde as consultas são, smj, gratuitas.
      Para falar com ele, vc pode tentar o telefone 21 99856-6119. Considere que é um médico muito ocupado. Precisa de paciência para conseguir captar a atenção dele. O caso de seu pai é interessante, pq agrega 2 problemas (dependência química e psoríase). Ele deve se interessar em tratar pessoalmente.
      De qq forma, segue lista com outros médicos que conhecem a Naltrexona e receitam.
      Dr. Luiz Guilherme Pinheiro Branco, Oncologista – Rio de Janeiro – RJ 21 99692-5341 e 21 7828-2489
      Dr. Paulo Monte, Ortopedista – Rio de Janeiro – RJ – 21 2223-1033 e 3024-2217
      A médica abaixo é seguidora do Dr. Cícero Coimbra, tb uma sumidade no uso da Vit D e da LDN.
      Dra. Monica B. L. Barros
      Cidade: Rio de Janeiro
      Endereço: Avenida Ayrton Senna, 1850 sala 339 – Barra da Tijuca
      Telefone: (021) 98719-8194
      Boa sorte e mande notícias. Necessitando de qq outra infromação, estou à disposição.

      Excluir
  26. Janaina Gambardella13 de julho de 2016 19:42

    Boa Noite Carlos.... achei sua página pesquisando sobre LDN no Rio de Janeiro...o medicamento foi receitado pelo ortopedista da minha mãe depois de muitos problemas reumáticos e dependência química...ela está super otimista com a previsão de resultado com o tratamento mas estamos tendo muita dificuldade em encontrar farmácia de manipulação de confiança que manipule a dosagem da Naltrexona em 3mg....Poderia me indicar algum local? Também peguei os contatos dos médicos para tentar também com eles....desde já agradeço a atenção...

    arq.janainaferreira@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaína. Já enviei a lista de médicos do protocolo do Dr. Lair Ribeiro para vc, mas repito abaixo. Já a Naltrexona só compro manipulada em farmácias de confiança, como Office Lab. Sei que existe uma medicação, tb controlada, à venda nas farmácias, que pode ser diluída para obter dosaens menores, mas de qq forma vai necessitar de uma receita de substância controlada.
      Antonio Waldir Teixeira Cons.: 81 3465-3442 – Recife
      Emilton Dias e Helena Nery Cons.: 81-3033-0826 / 81-99152-2616 / 81-99535-6790 / 98835-6790 – Recife
      Amaro Galdino Filho Cons.: 81-3459-3519 – Camaragibe – PE
      Sávio José Cons.: 81-3019-0909/0808/9910-6226 – Recife

      Mande notícias

      Excluir
  27. Olá, boa noite Sr Carlos!
    Meu nome é Brida, tenho 22 anos e sou portadora de psoríase há 2 anos. Meu diagnóstico também foi bem demorado, passei por vários dermatologistas e sempre me passavam tratamentos para N dermatites... Uns 2 meses atrás encontrei no seu blog uma esperança, pois só eu sei como é dolorosa e constrangedora essa doença, minha psoríase é no couro cabeludo, comecei com pequenas lesões na nuca, hoje ja tenho 85% do couro tomado, esses dois ultimos anos já perdi a conta dos milhares de medicamentos que já usei, entre comprimidos, injeções, cremes, gel, sprays, shampoos, loções e por ai vai... todos caríssimos. Procurei um homeopata e apresentei para ele sua proposta do LDN, ele gostaria de saber mais a fundo para que eu possa fazer um teste. Qual a dose exata que o Sr usava? Só durante a noite? Ou mais vezes ao dia? Se você puder gostaria que me explicasse melhor para passar pra ele. Até hoje não achei nenhum tratamento que fez efeito, faço uso do metotrexato em comprimido e já fiz uso injetável, faco o metodo PUVA como tratamento e uso shampoos e loçoes em casa. Seria de grande ajuda, aguardo sua resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Brida,

      A dosagem correta é de 4,5mg diária (1 (uma) cápsula manipulada em laboratório de confiança), tomada às 23horas ou logo antes de dormir. A rotina do mesmo horário é muito importante.

      A Naltrexona é inofensiva nesta dosagem. Ela atua sobre o sistema imunológico, somente de 3 a 4 horas, durante seu sono, regulando suas funções. Por consequência a psoríase para de agir, por ausência de estímulos equivocados do sistema de defesa.

      Em paralelo vai lhe ajudar em inúmeras outras formas de doenças que costumam vir associadas à psoríase e que nem damos atenção, como dores nas articulações, desânimo e etc...

      Vou anexar a receita de meu médico, que é autor de muitos livros sobre o assunto, e também a receita branca que precisa ser preenchida pelo médico e que será retida pela farmácia de manipulação.

      Se não leu na íntegra minha experiência, aí vai o link novamente. Meu médico acaba de lançar novo livro, onde expõe meu caso como um dos estudos de sucesso. Seu médico devia comprar um para estudo.

      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/psoriase-ha-solucao_11.html

      Estou a sua disposição para qq outro esclarecimento.

      PS.: Fuja de todas essas medicações biológicas e de corticóides. Isso está te destruindo, além de não resolver nada. O rebote é violento

      Excluir
  28. Boa tarde Carlos Roberto

    Estava fazendo uma pesquisa na internet para encontrar um tratamento eficaz contra psoríase.
    E acabei encontrando seu blog,e gostei muito da sua matéria sobre o Naltrexona para tratar essa doença de pele que é super difícil de controlar.
    Tenho 29 anos e a psoríase apareceu quando eu tinha apenas 17.No começo era no couro cabeludo e depois
    conforme o tempo ela piorou.
    Já passei em vários dermatologistas que sempre receitam pomadas,cremes e loções que não resolvem nada.
    E pra piorar a situação de dois anos pra cá comecei a sentir dores nas costas,e procurei um reumatologista,segundo ele pode ser começo de artrite psoriática,porem estou fazendo alguns exames ainda pra ver se é realmente.
    Mas ai que entra o x da questão,pois o doutor me receitou Tecnomet (Metotrexato) para tomar toda segunda e
    uso continuo.
    Porem pesquisando na internet esse medicamento tem sérios efeito colaterais e resolvi não tomar.
    Resolvi achar uma solução mais tranquila.
    Gostaria de saber qual a dose diária recomendada ?
    Tem efeito colateral ?
    Devo tomar para sempre ?
    Outra pergunta se eu pedir para meu médico receitar para tomar,como ele deve escrever na receita ?
    Só quem tem psoríase sabe o tanto que sofremos.
    Obrigado por compartilhar essas valiosas informações.


    Atenciosamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Felipe.

      A dosagem é de 4,5 mg (em forma de cápsula, tomada 1 vez ao dia, as 23 hs ou antes de dormir), sempre da mesma forma, todos os dias, a princípio para toda vida (como qq outro medicamento, a psoríase não tem cura, mas tem controle)
      Não tem qq efeito colateral. É inofensiva. Como estou usando o celular, depois te mando mais material para vc entender como a Naltrexona funciona.
      Vou enviar em anexo a receita de.meu médico e a receita branca de produto controlado. Escolha um laboratório de confiança para manipular. O custo é da ordem de 60,00 para 30 cápsulas (1 mês).
      Qq outro problema me chame.
      Oriente seu médico a ler este livro abaixo. É um pouco técnico para o leigo, mas muito esclarecedor para o profissional.

      - Suporte Terapêutico para Doenças Degenerativas (trata com profundidade da LDN, K2 e Vit. D, além de mostrar vários casos de sucesso)

      Minha cura é um dos casos mencionados no livro.

      Abs e saúde

      Excluir
  29. Olá Carlos Roberto,
    Encontrei seu site e as informações são esclarecedoras.
    Estava pesquisando sobre a psiorise, pois minha mãe está diagnostica com ela e seus pés e mãos estão como os da sua foto. Já faz alguns anos que procura muitos tratamentos, no momento com corticóides.
    Porém o que me deixa muito preocupada é o fato de minha avó materna ter falecido está semana e estou angustiada para que não haja nenhuma piora.
    Peço que me envie maiores esclarecimentos sobre tratamento em meu email nataliaasddi@gmail.com ,
    Grata
    Natália

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natália. Estou escrevendo para seu e-mail, como pediu, mas a Naltrexona é exatamente o que postei acima. Uma substância inofensiva, que regula as atividades de nosso sistema imuno, e com isso controlando a disfunção de se apresenta na forma da psoríase, como inúmeras outras doenças auto imunes.

      Excluir
    2. Olá Carlos Roberto eu tenho psoríase a mais de vinte anos já usei tudo que é remédio mas sem sucesso eu de pergunto esse Naltrexona não é parecido com o Metotrexato pois eu já usei e fui obrigado a fazer exames seguidos por causa do remédio se quiser me retornar este é meu Imail.osmarjb46@gmail.com

      Excluir
    3. Olá Osmar. A Naltrexona não tem qq relação com o Metotrexato ou Humira (medicações biológicas pesadas). A Naltrexona é inofensiva, na dosagem de 4,5mg ao dia. Não há necessidade de exames para avaliar possíveis doenças hospedeiras (como no caso do metotrexato). Alías, fuja destas medicações.
      Abs e Saúde

      Excluir
  30. Bom dia amigo, minha filha foi diagnosticada com dermatite atópica quando tinha 4 aninhos e agora com 6 o dermatologista disse que ela tem psoriase nos pés e mãos, sente muitas dores a ponto de não poder andar. comentei com ele sobre o tratamento com LDN, mas ele desconhece. Você poderia enviar a receita de seu médico para que possa mostra-lá ao dermatologista como prescrever.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Aloisio, Estou mandando a receita e a receita branca de produto controlado para seu e-mail. Lembre-se de escolher uma farmácia de manipulação de confiança.
      Sugira tb ao seu médico o livro a seguir, para obter os esclarecimentos necessários ao entendimento da LDN.
      Suporte Terapêutico para Doenças Degenerativas (trata com profundidade da LDN, K2 e Vit. D, além de mostrar vários casos de sucesso, incluindo o meu). Este é o link para compra do livro. http://www.tecbook.com.br/livros/AAA822/9788590641421/suporte-terapeutico-para-as-doencas-degenerativas.html

      Excluir
  31. Boa noite Carlos!Vc não imagina o quanto sou grata a vc de me apresentar a Naltrexona em minha vida!!!Pessoal,meu nome é Iracema Colavite,tenho 36 anos e a 4 anos a psoríase surgiu de forma devastadora em mim.Tenho a palmo-plantar,exatamente igual a do Sr.Carlos Roberto.Resultado,fiquei 4 anos sem fazer nenhum exercício físico,pois meus pés e maos tinham rachaduras profundas,seguidas de sangramento e Muita dor.Minha auto estima foi lá embaixo,me sentia pior q tapete.Procurei neste período vários dermatologistas e reumatologiastas sem nenhum sucesso.Usei todos os tipos de pomadas existentes no mercado p pso,tomei muitos remédios com efeitos colaterais onde até minha pressão ia lá nas alturas.Mas hoje,a exatamente 40 dias,tomando Naltrexona 4,5 mg 1 cap à noite,estou limpa...Minhas mãos já estão lindas e meus pés melhoram a cada dia....Me sinto até emocionada qdo olho p eles.Me sinto muito bem,disposta e feliz.Pessoal,Naltrexona é saúde! Nunca mais vou parar de tomar....Sr Carlos Roberto,um anjo q apareceu p mim e acredito p muitas pessoas com psoríase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Iracema. Seu testemunho é a melhor forma de convencer as pessoas do bem que é a Naltrexona. E não somente para a Psoríase. A lista de doenças auto-imunes atingidas pela Naltrexona é imensa. Muito sucesso tb vem sendo obtido contra várias formas de câncer. Obrigado mais uma vez. Abs e Saúde.

      Excluir
  32. Marli de Jundiaí4 de agosto de 2016 08:59

    Olá Carlos Roberto,
    através do site nas estradas do planeta cheguei até o Sr.
    Meu esposo tem psoríase e lendo sobre o tratamento LDN - naltrexona - ficamos interessados pois como o Sr. deve saber, já tentamos inúmeros tratamentos, cremes, pomadas, etc.
    A maioria deles com sérios efeitos colaterais (acitretina, metrexato...) e apenas com efeitos paliativos.
    Gostaria de saber se esse tratamento é seguro e recomendado.
    Moramos na cidade de Jundiaí e peço indicação de algum profissional que faça esse tratamento ou então próximo daqui (SP) poer exemplo.
    Aguardo e desde já agradeço seu retorno que será de muita ajuda.
    Marli/Jundiaí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marli,
      Em Jundiaí tenho estes dois médicos, que são ex-alunos do Dr. Lair Ribeiro, precursor do protocolo da LDN.

      Anamelia Guerra 11- 4805-5707 - Jundiaí – SP
      Michele Souza- Nutricionista 11 2816-7707- Jundiaí –SP

      Sim. É extremamente seguro. Sem efeitos colaterais e a custos muito compatíveis (60,00 por mês). Além de ser muito eficiente. Veja meu caso e muitos outros amigos que já estão se tratando com a Naltrexona.
      A dosagem não pode ser diferente de 4,5mg por dia, em cápsula tomada às 23hs, ou logo antes de dormir. Meu médico acaba de lançar livro de teor bem técnico, que deve interessar ao seu médico. Nele, inclusive, está detalhado o meu caso de sucesso e muitos outros.

      Suporte Terapêutico para Doenças Degenerativas (trata com profundidade da LDN, K2 e Vit. D, além de mostrar vários casos de sucesso)

      Fuja o quanto antes destes medicamentos pesados (metotrexato, hulmira e outros), além das pomadas com corticóides, que não resolvem nada e levam a um rebote violento depois.
      Estou a sua disposição para qq outro contato ou informação. Como creme enquanto a psoríase estiver ainda com rachaduras , sugiro o uso do TEGUM, à base de óleo de Andiroba (cicatrizante muito bom) e calmante da eventual coceira.
      Saúde

      Excluir
  33. Olá, tenho esclerose sistêmica progressiva (esclerodermia, há mais de 5 anos, porém, somente agora descobri (porque a minha não tinha alterações na pele, é "sine escleroderma), há pouco tempo começaram as manifestações externas (com síndrome de raynauld). Interessei-me muito pelo LDN, já venho fazendo tratamento com vintamina D e melhorei bastante, mas queria fazer com o LDN também, como consigo a receita? Se puder me add no grupo do Wats (65) 981489230
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulla e Eduardo. Já pedi a inclusão de vocês nos 2 grupos de psoríase do WhatsApp. Para obter a receita vocês precisam de um médico para isso. Como é um produto controlado, requer a receita branca, que deve ficar de posse da farmácia de manipulação (escolha uma de muita confiança). O código 65, se não me engano é de Mato Grosso. Tenho 2 médicos que conhecem e receitam a Naltrexona. Aí vão:

      Ulisses Navarrete Hernandes 65-3326-2425 – Tangará da Serra- MT
      Luciano Martins 65-3308-1319 – Nova Mutum – MT

      A lista completa de todos os médicos vc pode encontrar no link a seguir:
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      À disposição para qq outro esclarecimento. Abs e Saúde

      Excluir
  34. Carlos, boa tarde. Minha esposa tem artrite reumatoide e cheguei no meu limite. Liguei para o escritório do Dr Lair Ribeiro e a secretária dele não indica os médicos treinados por ele. Já copiei a lista, porém ainda não entrei em contato com nenhum. Minha esposa conseguiu contato com uma médica treinada no protocolo do Dr Cícero Coimbra no Rio. Não a Dr Mônica, mas uma outra. Foi muito atenciosa, porém disse que não trabalha com a LDN. Realmente preciso encontrar alguém que mude esse caminho. Moro no Rio mesmo e como disse ainda não tentei os médicos da lista do Dropbox Lair. Seu Dr como percebi é muito ocupado, porém gostaria de tentwr. Ele trabalha com as altas doses de vitamina C e K2 também?
    A única coisa que me chateia nesse processo, é eu me sentir um bandido, um viciado em drogas ou tentando achar um médico que tenha uma visão diferenciada da medicina aplicada no momento. Não vi nenhum reumatogista nessas listas...minha esposa ainda é nova e sei que pode melhorar, porém gostaria de ir em uma pessoa que saiba dos tratamentos e que a ajude e não fique dando voltas. Meu email é danielserra_rov@hotmail.com e whatsapp 21994333293. Se alguém puder me ajudar nessa luta contra essa artrite eu agradeceria. Cheguei nesse ponto de querer achar um médico depois de horas e horas pesquisando, me achando um detetive, e/ou tentando achar algo proibido de saber. O rígido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel. Não desista. Meu médico pode parecer difícil de obter uma consulta, mas é ao mesmo tempo, muito justo e sempre que pode abre espaço para casos muito sérios. Vou te mandar pelo e-mail o contato direto com ele. COnte a história de sua esposa, da mesma forma que fez aqui. Tenho certeza que ele vai recebê-la. Aproveite muito o contato com ele. É um médico que vê o paciente como um todo. Além de tratar a artrite reumatóide, vai produzir em sua esposa uma reviravolta de saúde. Pode falar em meu nome.

      Excluir
  35. Oi Carlos consegui a receita com a dra q eu trabalho. Graças à Deus sem maiores resistências, porém a mesma ficou com um pé atrás por enquanto acho melhor ela ver os resultados e depois eu pedir a autorização para fornecer os seus dados. Será que posso manter a Naltrexona durante a Gravidez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim. Veja este artigo que esclarece com bastante riqueza este assunto. https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.lowdosenaltrexone.org/further_q_and_a.htm&prev=search

      Excluir
  36. Carlos to sofrendo muito meu corpo ta cheio nao sei msis oque fazer vc pode entra em contato comigo 033) 999492737 meu nome e marcos Vinicius

    ResponderExcluir
  37. Carlos eu estou tomando naltrexona,tenho psoríase na perna,braços,ainda não vi resultado,E só com mais 30 dias pra vê o resultado? Por favor me informe,posso usar esse hidratante nas pernas e braços o tegum? Fico no aguardo...Obrigado amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sílvia, Os resultados começam a aparecer entre 15 e 30 dias. TEM QUE APARECER. Se nada está acontecendo, desconfie do laboratório que manipulou sua Naltrexona. Já vi muitos casos assim. Sim. Pode passar o TEGUM onde quiser. Além de hidratante, é também cicatrizante. Veja que ele é bem concentrado. Vc pode umedecer a pele antes com um água e depois passar o TEGUM, para economizar um pouco, se achar necessário. Sempre a disposição. Abs e Saúde

      Excluir
  38. Boa tarde,
    Preciso saber sobre médicos ortomolecular na cidade de Caxias do Sul/RS, é possível informar, ou até mesmo em Porto Alegre/RS.

    Grato

    Roberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberta.
      Tenho na lista os seguintes médicos de RS.

      - Dr. Victor Sorrentino Rua João Berutti, 515 – Chácara das Pedras (51) 3328-9533 - Porto Alegre
      - Emanuele Peixoto 51-3333-4228 – Porto Alegre
      - Édio Schaurich –SPA Tour Life 51 3632-0440/08006010880 – Montenegro
      - Tatiane Souza Louzada 53 3227-9583 – Pelotas
      - Letícia Nunes Beckenkamp Cons.: 51- 3346-2441 – Porto Alegre
      - Jorge Gioscia Filho 51 3311-3989 ou 51 3502-5646 (SPA Xangrilá)- Porto Alegre
      - Diego Padão da Silva 55-3431-4272 – São Borja

      Não tenho ninguém em Caxias do Sul exatamente. Saúde

      Excluir
  39. Boa tarde,Carlos.
    Primeiramente gostaria de agradecer o seu post tao explicativo e importante.
    Voce tem contato de medicos orto que atendam em sp e receitem o devido remedio?
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DIego,
      Além dos 2 médicos abaixo:
      Dr. Naif Thadeu, Nutrólogo – São Paulo – SP – 11 94758-3032
      Dra. Haládia Pessotti de Campos Simião – nutróloga, ortomolecular – São Paulo, SP – 11 38848984

      E nesta outra lista, existem muitos outros em SP.

      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Abs e Saúde

      Excluir
  40. Oi Carlos, meu nome é Eduardo e descobri a doença em 2015, meus pés e mão além de descamarem racham muito e ficam horríveis (vermelho)e como voce disse, é muita dor, gosto de corrida e também estou sendo privado de praticar esporte por conta dessa terrível doença, faz 4 meses que tomo o Humira mas não vi melhoras significativas e também estou preocupado com os efeitos colaterais, voce sabe de algum medico em SP que receita esse medicamento? Obrigado amigo e aguardo seu contato. Meu Zap é 11 97548-0900

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Eduardo. Vc vai encontrar nesta lista.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html?showCom

      Qq. outra duvida, pode me chamar pelo Wapp tb. Saúde

      Excluir
    2. Valeu Carlos, vou passar com minha médica amanhã e vou pedir pra ela ler o seu blog e quem sabe ela me da a receita! Abs e obrigado

      Excluir
    3. Pode sugerir a ela o livro Suporte Terapêutico para Doenças Degenerativas (trata com profundidade da LDN, K2 e Vit. D, além de mostrar vários casos de sucesso) do Dr. Artur Lemos. Link para compra: http://www.tecbook.com.br/livros/AAA822/9788590641421/suporte-terapeutico-para-as-doencas-degenerativas.html

      Excluir
  41. Possuo tambem essa doença e preciso de ajuda, pois tomo humira a 4 meses sem uma resposta desejavel e meus pés e mãos cada vez piores tem algum medico em SP abs e aguardo retorno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Bruno, VEja nesta lista.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html?showCom

      qq. outra duvida pode me chamar. Abs e Saúde

      Excluir
  42. Olá Carlos Roberto boa noite,

    Quero lhe agradecer por esta sua maravilhosa iniciativa de compartilhar com todos, esta sua experiência de vida, pois esta ajudando muitas pessoas, que como eu, nunca tinha ouvido falar nesta "enfermidade" e que de repente aparece assim como se fosse do nada.... e nem todos médicos conhecem, para lhe dar uma orientação deixando você assim como num vaco sem um norte e totalmente perdido.... é assim que eu me sentia antes de encontra este seu blog com a ajuda de Deus.
    Marquei um consulta pra próxima semana com meu medico e gostaria de saber como eu devo pedir para ele a receita para tomar Naltrexona, como ele deve escrever na receita ?
    Será que você poderia por gentileza enviar a receita de seu médico para que possa mostrar ao meu medico como prescrever?
    Por isto muito obrigado e que Deus lhe abençoe!

    WhatsApp: (31)98747-7540
    Email: linghston@bol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabo de enviar para seu e-mail. Abs e Saúde

      Excluir
    2. Ola Carlos,
      Obrigado!!! e me add no seu grupo de Whatzapp.

      Excluir
  43. Carlos, bom dia! Gostaria de saber se fazendo uso do tratamento com o Naltrexona terei que parar de ingerir bebida alcoólica?

    Obrigado desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Na dosagem de 4,5mg não há qq contra indicação. EU sou apaixonado por cerveja e gosto muito de vinho. Seja feliz e Saúde

      Excluir
  44. Cara muito obrigado por dividir sua experiência, convivo com isso há uns 30 anos, antes só nas pontas dos dedos dos pés, sumiu por um tempo e de uns 8 anos pra cá apareceu nas pontas dos dedos das mãos e dos pés, já deixei de fazer muita coisa por sentir receio do que as pessoas iriam achar, isso influencia até o nosso psicológico é terrível, já tentei de tudo (mudança alimentar, homeopatia, autohemoterapia,...)vou procurar um medico e tentar essa dica OBRIGADO!!! Se tiver grupo me add ai (13) 992015232, vamos nos juntar pra encarar esses LABS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me passe seu nome, para poder incluir nos grupos. Tem tb o grupo de discussão do Google Groups que sugiro vc se inscrever. https://groups.google.com/forum/#!forum/amigos-com-psoriase

      Abs e Saúde

      Excluir
  45. O nome é Alexandre, vou me inscrever, obrigado

    ResponderExcluir
  46. Meu Deus do céu!!!!!Tô boquiaberta!!!Não pode ser..isso é um milagre!!!tenho nos pés,dói demais,fico sem andar,com meus pés dilacerados,vermelhos.inchados,ressecados,desgostosa,da minha vida!!!Já gastei horrores,não sei mais o que fazer...Agora que preciso ir embora pros Estados Unidos e lá é muito frio,sei que vou piorar,mas antes de ir, vou buscar esse remédio.Muito agradecida pela postagem.Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Melinda. Prazer poder ajudar. A Naltrexona resolve sim. Trate-se o quanto antes puder. O frio é mesmo um inimigo, mas a Naltrexona vai deixar vc protegida e com sua psoríase controlada. Saúde e seja muito feliz nos EUA. Qual parte vai morar por lá? Eu vivi por 4 anos em Malibu.

      Excluir
  47. (48)9105322 se puder me add no grupo ficaria muito agradecido, quero encontrar médicos que receitem aqui em minha cidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O telefone está incompleto. E preciso do nome também. Abs

      Excluir
  48. Bom dia Carlos!! Gostaria que me passasse o contato de algum médico de Goiânia-GO que receite esse medicamento.Desde já, muito obrigada!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosanna. Olhe nesta lista. http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  49. Oi Carlos tenho artrite, estou sem tomar reuquinol e metotrexato ha três meses, e gostaria de usar esta medicação, moro em Palmas-TO. (63) 984132546 me add no grupo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhe nesta lista. Tem médico daí de Palmas, treinado pelo Dr. Lair Ribeiro. http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  50. Boa tarde, Carlos Roberto!

    Lí seu artigo no site NAS ESTRADAS DO PLANETA" . achei muito interessante e bem esclarecedor, então resolvi entrar em contato para pedir uma opinião. Minha sogra tem 62 anos e há aproximadamente 2, foi diagnosticada com psoríase e esta passando por uma crise, com as mão e os pés muito ressecados e trincados, a situação me parece ser pior que o seu caso, analisando superficialmente as fotos pois os pés e mãos dela estão cheios de ferimentos e trincas. Ela já foi a inúmeros médicos, de inúmeras especialidades e tomou inúmeros remédios, alguns fizeram efeito durante um curto espaço de tempo, mas depois perderam o efeito. Moramos em Rio Verde, cidade do interior de Goiás e algumas vezes ela já foi até a capital Goiânia, mas ainda sem obter o resultado que você mostra ter obtido. Há uns dias ela recebeu de uma amiga um pedaço de uma reportagem falando sobre o tratamento com Vitamina D, com Dr. Cícero Coimbra e esta decidida a ir pra São Paulo consultar com ele pra ver a possibilidade desse tratamento para o caso dela. Eu vi na reportagem que ele é seu médico ha 25 anos, apesar do seu tratamento com o Dr. Arhur Lemos. O que você acha ou indica sobre esse tratamento e esse médico? Acha que se viajássemos pra São Paulo conseguiríamos consultar com os dois médicos ai? Você fez algum tratamento com o Dr. Cícero?

    Desde já eu agradeço sua atenção e sucesso com a doença!

    Lucia Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucia,

      Me trato somente com o Dr. Artur Lemos, já se vão mais de 26 anos. Além de ser meu cardiologista, é espelista em medicina ortomolecular e também geriatria.

      Quando a psoríase apareceu, foi somente ele que conseguiu controlar com a Naltrexona. Também uso vitamina D3, como parte do tratamento.

      Tomo a Naltrexona diariamente, na dosagem de 4,5mg e a vitamina D3 (7000ui) às segundas e quintas-feiras. Não conheço pessoalmente o Dr. Cícero, mas as referências que tenho são muito boas. Ele mesmo vai poder lhe receitar a Naltrexona, em conjunto com a vit D3. É a combinação de sucesso para a psoríase e para inúmeras outras doenças auto-imunes. http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/ldn-patologias-que-terapia-ldn-pode-ser.html

      Já que pensa em viajar, pode marcar com o Dr. Artur Lemos. Como sua sogra já é idosa, vai estar nas mãos do médico ideal. A consulta dele é cara, R$700,00. Não sei quanto está o Dr. Cícero.

      Outra forma, é encontrar um homeopata ou ortomolecular mais próximo de você e apresentar seus objetivos, para que ele faça a receita, já que a Naltrexona exige a "receita branca de produto controlado".

      Estou a sua disposição para qualquer outra informação

      Excluir
    2. Boa noite, Carlos Roberto!
      Nos falamos por email no início deste ano sobre minha sogra, ela tem a psoriase e iria consultar o Dr Cícero Coimbra. Bom, como o Dr Cicero não atende mais, mas tem uma equipe que segue seu tratamento e instruções, marcamos e ela foi atendida. Ele receitou uma medicação manipulada em uma farmácia de confiança dele e ela iniciou o tratamento, mas logo teve complicações, ficou internada por vários dias por efeitos colaterais no fígado e pulmão e suspendeu o uso. Nesse período ela já recorreu à outros médicos sem sucesso. E lembrou da sua reportagem e pediu para que eu marcasse uma consulta com o seu médico, Dr Arthur Lemos. Infelizmente a secretária nos informou que ele não atende mais, apenas da palestra. Ficamos tristes, pois de fato ficamos muito confiantes no seu tratamento. Então queria te pedir um favor. Queria uma copia de sua receita. Com a dosagem e horário dos seus medicamentos e vamos tentar conseguir a receita com um médico aqui pra que ela tente se curar. Ou se nos conseguisse um agendamento de uma consulta com ele, por ja ter contato. Estamos sofrendo muito com a situação dela. Esta muito machucada, com muitas trincas nos pés e nas mãos e está cada vez mais desacreditada. Se puder de alguma forma nos ajudar, fico muito grata. Desde já agradeço sua atenção e compreensão.

      Excluir
    3. Oi Lúcia,

      O Dr. Artur está mesmo cada dia mais difícil de consultar. Ele já está na fase de transferir conhecimentos, quase não clinicando mais. Seria ótimo para sua sogra uma consulta profunda com ele, porque além de tudo ele também é geriatra. Eu mesmo já estou me tratando com outro médico aqui em Petrópolis, que foi treinado pelo Artur.

      Mas olha, muitos seguidores do Dr. Artur e do Dr. Lair Ribeiro, que conhecem a Naltrexona(LDN) estão por aí. Em Goiás tem os seguintes:

      Ronaldo Freua Filho 62 3224-0098 / 62 8125-9999 – Goiânia
      Neusa de Oliveira Brisolla Maisonnett 62 3213-3721 – Goiânia
      Antonio Mendes de Oliveira 62-332-46281/62-3327-1128/62-9974-1477

      Rio Verde fica a 232kms de Goiania. Pq não tenta um destes. No link a seguir, estão a receita da Naltrexona na dosagem ideal para o controle da Psoríase e também a receita branca, que deve ficar retida na farmácia de manipulação. O horário de tomar é por volta das 23 horas, ou logo antes de dormir, para quem deita mais cedo, criando um hábito diário. A Naltrexona vai atuar no sistema imunológico em torno de 2 horas após a ingestão, e por somente uns 30 minutos, não deixando rastros ou efeitos colaterais. Em algumas pessoas ocorre uma dificuldade de sono na primeira semana, mas sua sogra pode tomar alguns chás relaxantes no início, até se habituar.

      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html



      Sempre a disposição

      Excluir
    4. Boa tarde, Carlos Roberto!
      Me desculpe a demora em retornar, mas tenho dois bebês e fico numa correria louca por aqui. Mas não poderia deixar de agradecer com todo meu carinho por sua atenção e cuidado nos emails. Assim que recebi o email já consegui a receita e mandei manipular e minha sogra já está tomando há 10 dias e já vimos melhora. A mão dela havia escurecido e agora já está clareando e com menos rachaduras. Jamais vou conseguir agradecer você e muito menos expressar a importância do seu gesto pra gente. Desde o primeiro email que respondeu, já fiquei encantada com sua educação e presteza. Pode ter certeza que nossa família colocará você sempre em nossas orações, você é muito abençoado por conseguir passar isso adiante, de fato é um tratamento de baixo custo e sem efeitos colaterais, algo que ajuda e ajudará muitas pessoas. Desejo a você e sua família tenham muita saúde, paz e sucesso sempre. Muito obrigado! Depois mando fotos da evolução da pele dela pra que entenda um pouco da nossa gratidão.

      Excluir
  51. Carlos boa tarde!!
    Obrigada pelo carinho em responder as minhas mensagens e principalmente por me ajudar muito!

    ResponderExcluir
  52. Carlos Roberto, boa tarde! Meu nome é Fernando, gostaria de parabeniza-lo pela sua colaboração com todos que sofrem desta doença, não há palavras para descrever os benefícios deste tipo de boa ação. Você poderia me adicionar ao grupo de Whataspp? (11) 993489377. Desde já agradeço sua atenção, iniciarei o tratamento e postarei aqui a evolução. Pelo grupo consigo o modelo da receita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pegue os modelos aqui: http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html

      Estou pedindo sua inclusão nos grupos. Obg pelas palavras. Sempre a disposição. Abs e Saúde

      Excluir
  53. Amigo carlos, faço o uso do imunobiologico humira, será que eu posso usar a naltrexona?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa,em paralelo nunca. Vc precisa parar o Humira, descansar uns 7 a 10 dias para então iniciar a Naltrexona diária.

      Excluir
  54. Boa tarde!
    Minha esposa esta com essa mma doença das fotos e o estado dela esta um pouco semelhante, como faço para conseguir esta medicação e o creme ela esta muito mal, meu email: psp.presentes@gmail.com WhatsApp 92-98183-9780 gostaria de ser add no grupo, fico feliz com pessoas como vcs isto esta em estinção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Nilson. Já conversamos por chat. Sua inclusão nos grupos já foi pedida. Abs e muita saúde.

      Excluir
  55. Boa noite Carlos!! Fazendo uso de naltrexona podemos fazer uso de bebidas alcoolicas??? Não faz mal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana, Pode sim. Na dosagem indicada, 4,5mg não tem qq interação com a bebida alcoólica. Bons brindes e saúde

      Excluir
  56. Em qual farmácia de manipulação você costuma comprar a Naltrexona? Tô com a receita mas queria indicação de uma farmácia de confiança

    ResponderExcluir
  57. Carlos Roberto, gostaria de ser adicionada no grupo 11-97684 7681.
    Agradecida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vânia. Já pedi a inclusão no 3 grupos que participo. Depois vc decide se deseja sair de algum. Eu sugiro que vc tb se inscreva na lista de discussão a seguir. Lá rolam boas conversas, com a vantagem de manter a memória de tudo que se passou.
      https://groups.google.com/forum/#!forum/amigos-com-psoriase

      Excluir
  58. Olá!
    Assim como a grande maioria dos psoriáticos, todos meus tratamentos são frustrados. Atualmente estou tentando controlar com Metotrexato, mas ele simplesmente "estacionou" a doença.
    Você saberia me informar se na região de Ribeirão Preto tem algum médico que segue o protocolo LDN??
    Agradeço as informações!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim. Veja nesta lista. http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  59. Olá Carlos . Muito prazer meu nome e manuel Comecei o tratamento indicado por meu endocrinologista que me disse dos efeitos positivos para psoríase. Estou com ldn há 1 mês e meio mais ou menos sinto a psoríase estacionada mas sem muita melhora. Se puder me adicinar no grupo de whats app eu agradeço. Estou com esperança graças ao seu depoimento. Se deus quiser este tratamento se tornará uma esperança de controle para todos nós. Com o tempo vou informando também como as coisas estarão evoluindo comigo. Um grande abraço. 11 94751-0114

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Manuel. 1 mês e já percebe a psoríase estacionada, já é muito bom. Aguarde mais um pouco que vai começar a regredir. Peça a seu médico a inclusão de vitamina D. Para nossa pele é muito importante e um pouco de sol mais ainda. Eu tomo ADDERA D3 7000 Ui as segundas e quintas-feiras no almoço. Faça um exame de sangue com medição dessa taxa e peça uma receita para equilibrar essa vitamina no seu corpo. Vai dar td certo. Vida nova e muita saúde. Vou pedir sua inclusão nos grupos que conheço. Grande abraço e obg por dividir. Mande o nome, endereço e telefone de seu médico, para passar para os outros.

      Excluir
  60. Bom dia Carlos, bastante esclarecedor e muito útil o teu comentário. Parabéns!
    Sou portador de psoríase vulgar e gutata há mais de 25 anos. Sabe se algum médico daqui de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, faz aplicação do LDN?
    Grande abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Atapoã. Sim, na nossa lista tem 3 médicos de sua região. Veja no link a seguir: http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  61. Olá Carlos, tenho dermatite seborréica no couro cabeludo e principalmente na face. Quando entro em crise a situação fica muito feia, descamações e placas vermelhas pelo rosto. Uma colega me indicou Naltrexona 4,5mg (ela tem psoríase e teve uma regressão de uns 90%) porém na época por estar tão desacreditada deixei pra lá.
    Hoje buscando mais informações sobre a Naltrexona achei seu relato e apesar de não termos a mesma doença acho que a LDN vai ser bem eficaz pra mim.
    Eu trabalho numa empresa da área da saúde porém os médicos ficam receosos de receitar.
    Gostaria de saber se na Baixada Santista (Santos, São Vicente ou Praia Grande) tem algum médico que siga esse protocolo. E se vc pode enviar o modelo da receita (pq viu insistir com algum médico colega de trabalho, rs), o meu whatsapp é 13 997777192.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabi. Entendo que os médicos tenham receio de receitar sem estudar. No link a seguir, tem um livro médico que explica a LDN na linguagem médica. Sugira a eles a leitura.
      http://www.tecbook.com.br/livros/AAA822/9788590641421/suporte-terapeutico-para-as-doencas-degenerativas.html

      A LDN vai sim ser muito útil para vc. Qq doença relacionada ao nosso sistema imunológico é controlada pela Naltrexona. Veja a lista de doenças recomendadas no link a seguir:
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/ldn-patologias-que-terapia-ldn-pode-ser.html

      Os modelos de receita vc pode pegar aqui: http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html

      Na lista de médicos que mantemos, tem sim médicos nas áreas que vc precisa. Veja neste link: http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Sempre a disposição. Abs e Saúde

      Excluir
  62. Pode indicar um médico em Porto Alegre que não seja o Dr. Vitor sorrentino?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - Emanuele Peixoto 51-3333-4228 – Porto Alegre
      - Letícia Nunes Beckenkamp Cons.: 51- 3346-2441 – Porto Alegre
      - Jorge Gioscia Filho 51 3311-3989 ou 51 3502-5646 (SPA Xangrilá)- Porto Alegre
      Alguma problema com o Dr. Vitor?

      Excluir
    2. Dr. Antônio Tadeu Costa Martins
      Cidade: Porto Alegre (RS)
      Endereço: Rua Dr. Florêncio Ygartva, 429 – Rio Branco
      Tel: (51) 3333-1528

      Excluir
  63. Alguém pode indicar um médico em Sorocaba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto temos somente esse.
      Augusto Ferreira 15 3202-5092 - Sorocaba – SP

      Excluir
  64. Olá Carlos encontrei suas postagens quando procurava alguma imagem de problema de pele com características parecidas com as minhas pq normalmente alergias coçam, fazem bolhas ou ficam vermelhas, que não é o meu caso, tenho trincas como VC tinha. Agora tenho quase certeza de que tenho psoríase.. vi na sua lista apenas o Dr Paul, mas a consulta é muito cara.. tem mais alguma indicação para Londrina-Parana ?
    Pode me adicionar num grupo de psoríase ? 043 999282206
    Super obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tina. Já pedi sua inclusão nos grupos do WhatsApp. Por enquanto só tenho este médico em sua região. Eles são caros mesmo. Talvez por não contarem muito com o suporte das grandes indústrias farmacêuticas. Essa sua forma reage muito rápido com a Naltrexona. As tipo bolhas e manchas vermelhas demoram mais um pouco. Seria muito bom que vc conseguisse a receita. Médicos costumam ler este texto e as listas. Aos poucos vão pedindo inclusão. Temos conseguido fazer com que alguns abram espaço para consultas populares num dia no mês, que seja. Mas poucos aderiram. De vez em quando, retorne às listas para ver as atualizações. Abs e Saúde

      Excluir
  65. Carlos vc pode me adicionar no grupo meu teĺefone 051982270679...Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvia. Já foi pedida a inclusão nos grupos. Sugiro tb inscrever-se no grupo de discussão do Google sobre o tema. link a seguir:
      https://groups.google.com/forum/#!forum/amigos-com-psoriase

      Abs e Saúde

      Excluir
  66. Parabéns pelo resultado do tratamento e pelo blog. Você escreve muito bem, de forma inteligente e de fácil entendimento. Eu tenho psoriase há 39 anos e não é fácil conviver com ela. Não uso no momento nenhum medicamento,apenas hidratante. Obrigada pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg pelas palavras. Considere experimentar a LDN. Abs e Saúde

      Excluir
  67. Olá, parabéns pela paciência em responder a todos os comentários. Meu irmão tem psoriase, gostaria de saber se tem médico em Cuiabá-MT que receita Naltrexona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gislene, Lamentavelmente só temos estes aí abaixo. Em Cuiabá ainda não conseguimos garimpar nenhum.
      Ulisses Navarrete Hernandes 65-3326-2425 – Tangará da Serra- MT
      Luciano Martins 65-3308-1319 – Nova Mutum – MT
      Sempre estamos atualizando, Volte a esta lista com frequencia.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Abs e saúde

      Excluir
  68. Que bom, pelo menos tem aqui no estado, ajuda muito, vou entrar em contato. Obrigada Carlos.

    ResponderExcluir
  69. Boa noite, Carlos
    Meu esposo foi diagnosticado com psoriase. Somos de Belém/Pará, há algum médico aqui que receite essa medicação? Se não, qual seria o local mais próximo?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Keyla,
      Sim. Temos alguns médicos na sua região. Veja na lista abaixo:
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html#pa

      Saúde

      Excluir
  70. Olá, Tenho Psoriase ha 5 anos. A minha é no couro cabeludo. Além das placas cascudas e descamativas, meu cabelo caiu absurdamente. Imagina toda a dor, a vergonha, a coceira e pior ainda se achando horrorosa. Vou conversar com o meu médico. Mas queria saber sobre a questã do peso, pois em um post seu, você disse que peso estava voltando ao normal. Então a psoriase faz o paciente engordar, ou é pelo uso que fazemos de corticoides.
    Obrigada
    solange

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Solange. Não é bem isso. O aumento de peso não está conectado com a psoríase. Talvez com os corticóides, mas meu depoimento se refere ao fato de que todo indivíduo possui um peso ideal. Este peso é alterado pelo nosso sistema imuno também, quando em desajuste. Com a modulação provocada pela Naltrexona e com o passar do tempo, seu metabolismo vai se ajustar aos padrões adequados ao seu corpo. Tudo passa pela correção do funcionamento de seu corpo como um todo, e o peso corporal (massa magra, gordura, esqueleto, ...) são parâmetros que precisam de regulação também. Se há algum desvio, a tendência é ser regulado. Sempre a disposição. Saúde

      Excluir
  71. Boa tarde!/consegue me incluir no grupo 18 981482934. TB tenho o problema e estou bastante interessado

    ResponderExcluir
  72. Carlos Roberto Boa noite!

    Desde já quero agradecer muito a você, pela iniciativa em fazer o blog e assim divulgar esse tratamento maravilhoso.

    Estou 90% melhor das mãos e 60% dos pés. Incrível. Ainda não tenho sessenta dias de tratamento mas já estou muito feliz.

    Deus te abençoe cada vez mais por isso.


    Eu quero saber se devo continuar tomando a medicação ou se basta tomar por 60 dias.


    Aguardo sua resposta.

    Muito obrigada,

    Margarida Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Margarida,



      A Psoríase não tem cura, mas tem controle. É o que está ocorrendo com vc no momento. Se parar a medicação vai regredir e retornar.

      Já fiz essa experiência algumas vezes e foi isso que aconteceu. Considere a Naltrexona como sua companheira pro resto da vida. Como não faz mal e seu custo é bem acessível, siga em frente e deixe a psoríase para trás.

      A Naltrexona vai lhe ajudar em muitos outros aspectos, todos ligados ao seu sistema imuno, que tornou-se instável e irregular. A Psoríase é a forma exteriorizada desse problema. Perceba em mais alguns meses que seu peso ideal vai ser encontrado novamente, (caso esteja acima do peso). Sua disposição, seu humor e outros fatores, aos poucos, vão sendo reconquistados.


      Enfim, seja feliz.

      Saúde

      Excluir
  73. Bom dia, eu gostaria muito de agradecer a essa maravilha de artigo.
    Estamos passando por tratamentos com minha mãe a mais de 3 anos, muita rachaduras em pés e mãos e tudo que os dermatologistas passam são pomadas. Eu moro no MS e ela em SC, uma tia esteve la essa semana e disse que esta saindo muito pus das rachaduras... estou apavorada e vim pesquisar por "fotos, rachaduras dos pés" e vi que as tuas iniciais são iguais as dela.
    Minha irmã em SC ja pegou o telefone do médico em Criciuma que receita naltrexona, para ver se ele indica algum em Chapecó... que Deus abençoe o Senhor. Se conseguir a receita por la, voltarei a comentar para passar o contato. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leidiane,
      Que bom. Espero que encontre logo o médico para usar o protocolo da LDN. Vida nova para sua mãe. Qq coisa estou sempre a disposição. Abs e Saúde

      Excluir
  74. Bom Dia Carlos. Voce tem informação de algum médico de ES que receite o remédio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Veja em http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  75. Agradeço a Deus primeiramente por ter me guiado para ler esta maravilhosa materia pq a minha esposa estava exatamente igual as fotos desta materia sem excluir nenhuma foto, achei incrivel a semelhança e por isso conversei com ela e passou a tomar Naltrexona Low ao dormir e o resultado foi igualzinho e tiramos fotos tbm, hoje ela esta com 50 dias de Naltrexona e esta na minha opnião 95% a pele dela.
    Obrigado pela materia sei que é muito dificil acreditar em materias de medicamentos ou cosmeticos mas eu acreditei!
    Parabens a todos os envolvidos na materia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nilson,

      Ficamos muito felizes com as notícias. Essa é a ideia dentro do meu relato. Só quem convive com a doença sabe o que passa.
      Muito obrigado por compartilhar.

      Seu depoimento vai estimular outras pessoas a confiar e pelo menos, tentar.

      Grande abraço e Saúde

      Excluir
  76. Boa tarde, tenho psoríase desde meus 22 anos, este mês completo 55, gostaria de saber se no RS tem algum médico q seja adepto deste medicamento, mais precisamente em Porto Alegre.
    Abusando mais um pouco, li em algum depoimento q este medicamento tb é bom p quem Temaki de Parkinson, tenho um irmão com esse problema. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. No link abaixo vc vai encontrar a ista de médicos que precisa.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html#rs

      Não temos notícia da Naltrexona na melhora dos sintomas de Parkinson. Na lista abaixo estão as enfermidades em que a LDN pode ser aplicada com bons resultados.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/ldn-patologias-que-terapia-ldn-pode-ser.html

      Excluir
  77. Olá Carlos. Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela generosidade em compartilhar seu depoimento e tratamento, isso é coisa rara hoje em dia. Sou nutricionista e pesquiso muito sobre alternativas para os tratamentos convencionais (alopáticos), que apesar de úteis e necessários em determinados casos, estão atualmente extremamente induzidos e manipulados pela máfia da indústria farmacêutica. O que é triste é saber que muitas doenças podem ter controle através de mudança de hábitos e tratamentos alternativos bem orientados por profissionais estudiosos e comprometidos com a saúde mas que essas informações não estão amplamente divulgadas e ás vezes são retidas. Por isso mais uma vez Parabéns por sua generosidade em compartilhar seu conhecimento e responder com toda a atenção a todos que se manifestam aqui. Mas enfim, cheguei até aqui pois preccisava de respostas para tratamento de psoríase de minha filha adolescente, com 17 anos. Ela tem a doença desde muito nova e assim como muitos dos depoimentos aqui ela também foi tratada durante anos como tendo dermatite. Após eu insistir com o dermatologista da possibilidade de ser psoríase uma vez que a doença exista na família do meu marido foi que começou o tratamento para psoríase. Porém, assim como você o tratamento não surte o efeito esperado e só traz reações colaterais ruins (especialmente a longo prazo). Agora com a fase de pré vestibular, ela está extremamente ansiosa, o que fez a necessidade de inclusive tomar uma ansiolítico. Mas o fato é que com tudo isso a psoríase piorou muitíssimo, apareceram inúmeras lesões novas além daquelas que nunca cicatrizaram. Por isso a sua história e depoimento vieram como uma luz para nós!!! Vou procurar na próxima segunda feira um médico que faça a receita. Já levei-a em inúmeros médicos, já paguei consultas caríssimas e nunca tive solução para as questões. Espero um dia poder encontrar um médico que a olhe como um todo e realmente dê uma orientação (prescrição) de trate da saúde dela. Um grande abraço e muito obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elaine,
      O melhor médico para sua menina é o ortomolecular. Ele vai olhá-la como um todo, não somente controlando a psoríase. É certo que sua menina já está com o sistema imunológico alterado e isso requer atenção para o resto da vida.
      Como ela é ainda jovem, vai tomar muitas vacinas no decorrer da vida e isso vai atacar mais ainda seu sistema de proteção. Fique atenta a esta questão tb. Leia este artigo.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2017/02/doencas-auto-imunes-entendendo-o-gatilho.html

      Qual sua cidade? Se for Rio de Janeiro, sugiro meu médico. Se for outra cidade do Brasil, pesquise nesta lista.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Alguns médicos prescrevem dosagens erradas da Naltrexona para psoríase. O correto é 4,5 mg e é manipulada (escolha farmácia de qualidade). Modelo de receita no link a seguir.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html

      Neste trecho do livro de meu médico, ele esclarece o funcionamento da Naltrexona, detalha vários casos de sucesso, inclusive o meu.
      https://www.dropbox.com/s/hpjndznlpp20bhz/LDN-Livro-Dr-Artur.pdf?dl=1

      Qq coisa estou sempre à disposição

      Excluir
  78. Gostaria saber se aqui em Portugal também poderei encontrar médicos com conhecimento da Naltrexona, e onde encontrar o produto à venda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José. Veja na clínica abaixo:
      Lisboa, Portugal Clínica Karma - http://karmaclinic.pt Medicina Natural 218 479 635

      Temos ainda este:
      Dr. Miguel Alberto Damas (Portugal)
      Cidade: Porto
      Endereço: Rua Alexandre Herculano, n. 371, 3o, 4000-055
      Site:www.cristinasales.pt
      Telefone: 22 208 19 82

      A Naltrexona pode ser manipula em qualquer farmácia de manipulação de qualidade. Aqui no Brasil precisa de receita. Deve ser assim aí tb.
      Este é o modelo da receita, com a forma de tomar.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html

      Abs e Saúde

      Excluir
  79. Sr Carlos.
    O senhor e sua família continuam morando em Petrópolis? O médico posto na lista daqui foi treinado para trabalhar com o LDN? Estou com psoríase plantar e desconfio que com a artritica. O se poder me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá. Sim. Moro nos dias úteis em Petrópolis e nos fds em Teresópolis. O Dr. David é sim, adepto da LDN e já trata alguns de nossos amigos com psoríase. Vc vai gostar muito dele. QQ ajuda estou à disposição. Abs e Saúde

      Excluir
  80. Olá Carlos.
    Necessito de uma ajuda.
    Estou tentando marcar consulta com o dr David , contudo não obtive sucesso. O senhor poderia viabilizar? Tento pelo whatsapp que ele mesmo me deu hj mas não obtive resposta. Estou com caso de Psoríase plantar e preciso muito da ajuda de um especialista. Agradeço a atenção e ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consegui falar com ele sem problemas. ME chame no WhatsApp que lhe passo o contato de novo (21) 997706446. Abs

      Excluir
  81. Parceiro, boa tarde.
    Depois de anos procurando qual seria o problema que vivia com minhas mãos, agora achei o resultado.
    Por quantos médicos passei, quantos cremes utilizei....
    Todos me falavam ser Dermatite de contato ou alguns chegaram a alertar sobre a possibilidade de ser Desidrose.

    Enfim, pelas fotos que vi(especialmente das mãos) percebi que tenho psoríase.
    Agora é levar ao conhecimento do médico para fazer o diagnóstico preciso com base nas suas declarações.
    Cheguei até publicar algumas fotos em um blog,
    http://forum.saude.doutissima.com.br/doutissima/Saude/Dermatologia/doenca-ressecamento-fotos-topico_5187_1.htm
    Obrigado irmão, você está ajudando muita gente.
    Continue assim.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Rodrigo. Via as fotos. É mesmo psoríase. Não sei sua idade nem a partir de quando a doença apareceu, mas são muitos os motivos para acionar o gatilho dessa doença.
      Procure sua médica e passe para ela este trecho do livro de meu médico. Obtenha a receita da Naltrexona e comece vida nova.
      https://www.dropbox.com/s/hpjndznlpp20bhz/LDN-Livro-Dr-Artur.pdf?dl=1
      Abs e Saúde

      Excluir
    2. Obrigado pelo envio do arquivo. Uma pena não ter como enviar uma foto de como minhas mãos estão hoje(muito rachadas), como havia dito, a sua primeira foto é inconfundível com as minhas lesões que tenho hoje.
      Desde criança tive esses problemas, mas nunca descobri o motivo e origem das lesões. Realmente existem muitos médicos despreparados para cuidar dos pobres mortais.
      Atualmente tenho 35 anos, mas o que mais me chama atenção é que depois de mais velho, minhas lesões nos dedos diminuíram e ficaram mais localizadas na mão direita, todavia, continuam muito dolorosas.

      Excluir
    3. Querendo enviar as fotos mais atuais, mande para carlos.roberto.paiva@globo.com. Abs

      Excluir
  82. Olá Carlos, boa tarde!

    Desde 2015 estou com psoríase e de lá para cá já foram cremes, pomadas, corticoides, alopatia e manipulados e nada de resultado. Me animei agora, passando pelo google e caindo na sua página. Tomara que eu consiga controlar essa doença, fico muito desanimada em colocar sandálias. A minha é no arco do pé direito e está crescendo e descendo... te enviarei as fotos pelo e-mail, não consegui acessar o link da sua receita, sou do RJ.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaína. Desculpe a demora na resposta. Estava fora do país, muito envolvido com a viagem. Pode me atualizar como está no momento? O link da receita acabo de tstar e está normal. Pode obter por aqui tb se desejar.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/09/naltrexona-modelo-de-receita-e.html

      Excluir
  83. Ate agora não tive nenhum resultado com Naltrexone,estou cada vez ficando pior...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvia. Não sei qto tempo está usando, mas em média, após os 35, 40 dias já se nota a melhora, que é sempre progressiva. Em 90 % dos casos de falta de resposta, o problema estava na qualidade da manipulação. Pense nesta hipótese.
      A depender do tipo de psoríase, a resposta tb é mais lenta.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2017/03/psoriase-e-suas-formas.html
      Estou sempre à disposição

      Excluir
  84. Olá Carlos
    Obrigada por compartilhar sua experiencia. Voce é muito generoso e nos dá esperança, indicando um novo caminho a seguir. Os médicos não nos informam sobre essa terapia. Dizem que não conhecem, que pode fazer muito mal, mas não se importam com os terríveis efeitos colaterais dos medicamentos tradicionais, indicados para psoríase. Que vc seja muito feliz em tudo que fizer. Saúde, felicidade, prosperidade e muitas viagens para você e a Gleidys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg Sueli. O objetivo de compartilhar essa terapia foi e tem sido atingido. Muitas pessoas tem retornado com sucesso no uso da LDN e por outro lado, muitos médicos tem se aproximado da medicina mais integrativa. Saúde para vc e toda a sua família.

      Excluir
  85. boa tarde, meu nome é Rosilene,moro em BH,sofro com psoríase desde os 11 anos,tenho 58,a atrite apareceu com 44 anos,dói muito.Me recuso a tomar remédios,vou me virando fazendo hidro para não piorar.Descobri a clinica AIME em BH e iniciei o tratamento com LDN,estou na espectativa da melhora.Mando notícias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosilene,
      Obrigado. Vamos atualizar a lista de médicos. Você deve experimentar também a ozonioterapia. Muito bom para seu caso.
      Abs e Saúde

      Excluir
  86. Olá Carlos, parabéns pela sua iniciativa, peço que me inclua nos seus grupos 21 97197-4541, grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg pelas palavras. Pedi sua inclusão no último grupo que ainda participo. Sabe como são estes grupos de WhatsApp. Sempre acabam se auto detonando por conta de msgs totalmente adversas do objetivo. Sugiro que vc entre no grupo que mantenho dentro do Google Groups. Segue o link.
      https://groups.google.com/forum/#!forum/amigos-com-psoriase
      Abs e Saúde

      Excluir
  87. Carlos Roberto, gostaria de saber de quantos miligramas mando manipular cada comprimido. Quiser me adicionar no Whats 42 999119910. Obrigado, aguardo retorno breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá.
      Para controle da psoríase, a medida correta é de 4,5mg, a ser tomada 1 vez ao dia, por volta das 22 horas. Procure manipular em farmácia de confiança. Não são poucos os casos de má qualidade. Aqui no Rio uso a OfficiLab.
      QQ outra dúvida, estou à disposição.
      Abs e Saúde

      Excluir
    2. Bom dia Carlos. Meu nome é Claudia, moro em Juiz de fora. Meu marido, Marco, tem 59 anos e há 3 está sofrendo muito com feridas e dores. Já fez centenas de exames,biópsia e, apesar de incobclusivos, está tratando de psoríase. As mãos e os pés dele estão iguais aos seus na primeira foto. Atualmente ele está tratando com Dr. JORGE no hospital da Gamboa no Rio de Janeiro, com Neotigason e passando a pomada Daivobet nas mãos. O remédio quase mata ele com os efeitos colaterais e a pomada é só paliativo, para dar uma sensação de que a mão está menos seca. É uma doença muito ingrata pq o sistema nervoso ativa a doença, mas como a pessoa fica calma sentindo dor, com feridas expostas. Ele já teve muito na cabeça também, mas melhorou. Sente vergonha das mãos do jeito que Estão, fica com medo das pessoas sentirem nojo ou terem medo de pegar a doença, pq quem não tem informação olha de forma estranha. O psicológico fica muito abalado. É difícil até para os relacionamentos. Ele ficou sabendo pelo sobrinho do meu vizinho sobre o Naltrexona. Ele está tomando e melhorou demais e, procurando mais informações na internet encontrei a sua página. Será que podemos entrar em contato com vc pelo wattssap? Deus te abençoe e proteja por ser tão bom para as pessoas. Obrigada. Aguardo sua resposta.

      Excluir
    3. Olá Cláudia. Sim claro. Pode me chamar no WhatsApp 21 99770-6446. Sei o que seu marido está passando e conheço bem estes medicamentos que vc comentou. Já que vcs são do Rio, nada melhor que ir ao meu médico e passar a tomar a Naltrexona. Vida nova, sem efeitos colaterais. Aguardo seu contato. Abs e Saúde

      Excluir
  88. Bom dia Carlos, Muito bom o seu blog, obrigado pelas informações, eu tenho interesse por que minha filha de 6 anos apresenta os sintomas de psoriase nas mão e nos pés a 6 meses, imagina as limitações para uma criança super ativa como é a minha Julia!!! Por isso eu te pergunto se este tratamento com Naltrexona é aconselhado para crianças, antes que eu procure um especialista. com sua experiencia oque você me diz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Robner.
      SIM. É aconselhado e pode ser normalmente aplicado em crianças. Não sei o estado em que vc mora, mas veja na lista de médicos que temos pesquisado, para ver se algum está próximo de sua residência. Se morar no RJ, me avise que lhe indico meu médico.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Excluir
  89. amado Carlos meu chara , td bem ? espero q sim ! gostaria de saber se esse medicamento e eficas para espondelite anquilosante ? pra consequir a medicacao aqui em recife pra mime facil tanto a propria naltrexona como o ldn eu consigo porem estou com duvidas a respeito de como comecar a tomar vou comecar com doeses de 1,5 e aumentando aumentando a cada semana ate chegar a 4'5 mg pois estou desmspregado e sem condicoes de pagar uma consulta com um medico q aqui custa em torno de 700 reais vou fazer o tratamento por conta propria valei por seus esclareciemntos vou mostrar pra uma amiga q esta com pisoriase valeu . fica na paz !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa chará. Td bem? Sim. A Naltrexona é indicada no tratamento da espondilite anquilosante. Não há motivos para vc começar com a dosagem progressivamente. Inicie direto com 4,5 mg, diariamente, às 22 horas. Não há efeitos colaterais. Em 10% dos usuários, pode ocorrer que o sono fique um pouco superficial, mas costuma desaparecer depois de 15 dias. Se persistir, me avise. De fato as consultas são muito caras. Essa linha da medicina integrativa é mesmo inflacionada.
      Sempre à disposição. Abs e Saúde.

      Excluir
  90. Vou correndo no dr Artur, obrigado pela dica, tenho psoriase ha anos e não aguento mais a fototerapia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel. Dr. Artur está cada vez mais difícil de consultar, mas não é impossível. Sugiro ir no meu médico atual, Dr. Roberto Borlido, que trabalha com ele. Pode dizer que falou comigo, para obter um desconto no valor da consulta. Segue o telefone dele. 21 98711-2781 – Copacabana

      Excluir
  91. Bom dia Carlos,meu nome é Ezequiel, sou Lajeado-RS minha mãe tem psoríase plantar e Palmira. Hoje em pesquisa no Google achei o seu artigo e achei muito bom, li e expliquei pra ela é incentivei ela a usar e tentar...ela tem as mesmas rachaduras e fissuras que você tinha nas mãos e pés, fico triste de ver ela assim sofre até pra andar vamos ir atrás de uma medica homeopata que ela conhece para ver se consegue a receita. Dês de ja agradeço seu compartilhamento para ajudar quem sofre com a Psoríase, obrigado pela ajuda. Que Deus o abençoe Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ezequiel. Faça isso sim. A chance de viver sem estes incômodos não tem preço. Caso tenha dificudades com médicos na sua região, veja nesta lista se há algum próximo. Abs e Saúde.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html#rs

      Excluir
  92. Olá! Daniel!Descobri seu relato por acaso...Estava pesquisando sobre tratamento para alopecia fibrosante frontal e vi seu relato e muitos dos comentários. Entendi que o remédio que vc toma é para doenças auto-imunes.Será que a Naldrexona é indicada para este tipo de alopecia? Em Campinas têm algum médico que segue este protocolo? Grata desde já

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Rosa.

      Sim. A Naltrexona é aplicável no seu caso. a alopecia fibrosante frontal é uma variante do liquen Plano Pilar, que é tratado com sucesso pela LDN. Veja todas as doenças em que a Naltrexona atua no link abaixo.
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2015/09/ldn-patologias-que-terapia-ldn-pode-ser.html

      Quanto a médicos em Campinas que seguem o protocolo LDN, veja na lista abaixo:
      http://www.nasestradasdoplaneta.com.br/2016/05/medicos-treinados-pelo-dr-lair-ribeiro.html

      Abs e saúde

      Excluir
  93. Olá Carlos Roberto tudo bem? Acabei de ler seu relato e confesso estar um pouco assustado rs. Descobri a psoríase há 3 anos e sempre usei o halobex. Exatamente essa semana comecei a usar o Metrexato mas tenho pesquisado muito sobre o assunto e nunca gostei de remédios, sobretudo os muito fortes, apesar de ainda não ter tido nenhum efeito colateral. Me interessei pelo seu relato e sou morador de copacabana, inclusive encontrei o número do consultório do Dr. Artur. Você sabe me dizer qual o valor da consulta ou se ele atende por plano?Como está sua psoríase hoje? Ainda mantém o LDN? Agradeço de antemão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Pablo,
      Fuja assim que puder dessa medicação. É muito pesada e cheia de efeitos poderosos secundários.
      O Dr. Artur Lemos não atende mais. Ele agora está na fase de seminários e congressos. Meu médico atual é o Dr. Roberto Borlido, que atende no mesmo consultório do Dr. Artur. É tão bom quanto Dr. Artur, como se isso fosse possível de medir. Medicina Integrativa e ortomolecular.
      Ligue para ele e pode falar em meu nome e da minha esposa (Carlos e Gleidys).
      Ele vai fazer um valor diferenciado para você. Algo em torno de R$300,00 pela consulta. Você já vai sair de lá com a receita da Naltrexona. Aproveite a consulta sobre todos os aspectos. Um médico como esse não se encontra com facilidade.
      Roberto Borlido, Ortomolecular, Geriatra, Ozonioterapia, 21 98711-2781 – N.S. Copacabana, 769, 10 andar.
      Quanto a minha psoríase, está totalmente controlada. Já se vão 3 anos sem qq problema. Sim. Ainda mantenho a LDN. Nossa doença não tem cura, mas sim controle.
      Qq dificuldade, pode me chamar.
      Abs e Saúde

      Excluir